Para muitos a gestação é sinônimo de cuidados excessivos, fragilidade e impossibilidade de exercer qualquer prática física. Desse pensamento nada correto vem à frase popular “gravidez não é doença”.  Exercícios físicos na gravidez só não podem como devem ser praticados, pois auxiliam a manter uma gestação mais saudável.

Médicos atualmente indicam a prática de exercícios na gravidez para que além de manter a boa saúde durante esse período, ajude a controlar o ganho de peso e no alivio das dores rotineiras causadas pelas transformações que o corpo ganha ate o nascimento do bebê. Outro ponto muito importante e beneficio que os exercícios na gravidez trazem é a de melhora no equilíbrio da mulher, já que com o crescimento rápido da barriga a gestante tende a perder seu equilíbrio ao evoluir da gestação. Age de forma importante também, no preparo para o parto fortalecendo todas suas articulações e músculos.

Obviamente existem casos que não é recomendado os exercícios na gravidez, que podem invés de trazer benefícios causar danos sérios a saúde da mãe e do bebê. O que é o caso de mulheres que sofrem com pressão alta, batimento cardíaco acelerado e com placenta baixa. Lembrando que todo exercício praticado não só na gravidez como no dia a dia, deve ser acompanhado por um especialista e com o controle do batimento cardíaco. No caso de gestantes os batimentos não devem passar de 140 batimentos por minuto.

Dicas de Exercícios Físicos

O exercício físico mais indicado para gravidez é a caminhada. Essa prática traz muitos benefícios para uma evolução saudável gestacional, melhorando o condicionamento cardiovascular e aumento o fluxo sanguíneo do corpo. Músculos são fortalecidos, além das articulações que sofrem tanto com o peso da barriga ao longo dos meses. O ritmo a ser seguido depende da disposição de cada gestante e da recomendação medica. Sendo liberada a prática da caminhada, 3 vezes por semana por 40 minutos é o suficiente para se obter resultados satisfatórios.

Se você já tem o costume de correr antes mesmo de engravidar, pode continuar. Mantendo uma corrida leve e com controle dos batimentos cardíacos. A indicação é para até o inicio do segundo trimestre, já que se trata de um exercício de impacto e pode causar acidentes durante a prática com a barriga um pouco mais pesada. Corridas leves em um período de 30 minutos por duas ou três vezes por semana são o bastante para se alcançar o objetivo, que é manter a saúde.

Uma atividade muito procurada nos últimos tempos e tem aumentado cada dia mais é o pilates. Não só faz sucesso com as mulheres no seu dia a dia, como atrai as gestantes por auxiliar de forma poderosa no fortalecimento do musculo pélvico e controlar melhorar a respiração. Mas infelizmente não são todos estúdios de pilates que estão preparados e especializados para atender grávidas. No pilates grande parte dos exercícios não é indicado para a prática de gestantes portanto só deve ser praticado caso tenha acompanhamento de um fisioterapeuta especializada em gestantes. A prática desse exercício é recomendado pelo menos 3 vezes na semana com duração de 1 hora a aula.

Outra opção para exercício na gravidez é a natação que por se tratar de um esporte realizado dentro da água, oferece um risco menor de impacto no corpo, lesões e traumas. Auxilia na melhora da postura, no controla da respiração e no alivio de desconfortos causados pelo peso da barriga. É recomendada a prática de duas a três vezes na semana em média por 30 minutos, sendo analisadas melhorias durante a evolução gestacional, caso contrário o exercício deve ser suspenso.

Mais um exercício dentro da água, a hidroginástica é recomendada por auxiliar no relaxamento e diminuição do stress causado pelo período. Também oferece menor chance de impacto durante a prática, sendo um exercício seguro. Alguns cuidados como a temperatura da água devem ser tomados, para evitar possíveis desmaios e aumento de pressão sanguínea. Além do PH da água, que fora dos padrões recomendados pode oferecer risco de contaminação de infecção urinária. Portanto o local a ser realizado deve estar favorável para receber gestantes.

Existem outras opções de exercícios na gravidez, como a bicicleta ergométrica ou a pratica de Yoga também. O  exercício físico na gravidez mais indicado será aquele onde a mulher se sente a vontade em pratica-lo e sente-se segura. O médico responsável pela gravidez deve estar ciente da prática e autoriza-la.

Veja também: Início da Gravidez – Vivenciando Esse Momento sem Medos

Foto: Valentina Yachichurova, Sangudo