De tempos em tempos o Brasil sofre com algum tipo de doença causada pela picada de mosquitos. A dengue por muito tempo foi a protagonista desse sofrimento, principalmente pela rápida proliferação que os mosquitos Aedes Aegypt possuem e a falta de informação da população sobre o combate ao mosquito, agora chegou a vez da febre amarela.

O assunto que tem tomado diversas partes do Brasil nos últimos tempos, a febre amarela é uma doença transmitida de maneira silvestre pelos mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes. A doença também pode ser transmitida pelo Aedes Aegypt, mas nesse caso ela é chamada de febre amarela urbana. Não há nenhum caso desse segundo tipo de febre amarela no Brasil desde o ano de 1942.

Ainda que seja uma doença perigosa, muitas pessoas acabam não se informando corretamente sobre a febre amarela e acabam cometendo alguns erros ao tentar se prevenir. São muitas informações que as pessoas precisam assimilar em um momento onde muitos estão com medo. Por isso, separamos as principais informações sobre a febre amarela para que você entenda o que ela é, quais são os reais perigos e como é feito o seu tratamento.

O que é a Febre Amarela?

A febre amarela é uma doença infecciosa aguda, que ocorre em regiões da América do Sul, América Central e também em alguns países do continente africano. Ela recebe esse nome exatamente pela coloração do corpo da pessoa que é infectada, que fica com um aspecto amarelo, além de também ter hemorragia em diversos graus. A doença normalmente dura 10 dias e pode ser fatal caso não seja tratada a tempo.

É importante ressaltar que a febre amarela não é contagiosa nem de pessoa para pessoa e nem de macacos para pessoas, já que muitas vezes os macacos são alvos dos mosquitos. Por conta dos perigos que traz consigo, a febre amarela é uma doença que causa muito medo nas pessoas, mas que possui cura e que pode até mesmo afetar apenas de maneira leve.

Sintomas da Febre Amarela

Os sintomas da febre amarela ocorrem pouco tempo depois do contágio, mas podem aparecer de forma leve e fraca. Os primeiros sintomas sentidos normalmente são:

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
  • Febre e Calafrios
  • Náuseas e Vômitos
  • Fortes Dores de Cabeça
  • Fraqueza
  • Cansaço
  • Dores musculares
  • Icterícia (amarelidão no corpo e nos olhos)

A doença quando está em sua forma mais grave, costuma apresentar outros sintomas como:

  • Icterícia (aparece também nesse estágio)
  • Cansaço intenso
  • Hemorragias
  • Insuficiência hepática
  • Insuficiência renal

A gravidade de cada doença pode variar muito de pessoa para pessoa, dependendo de diversos fatores.

Tratamento da Febre Amarela

Não existe um tratamento específico para a doença, já que não há um medicamento para destruir o vírus da febre amarela (vírus RNA). No entanto, existem recomendações médicas para a pessoa que está infectada. Elas são:

  • Permanecer em repouso em ambiente hospitalar
  • Permanecer hidratado
  • Remédios que equilibrem a pressão arterial
  • Remédios para aliviar os sintomas como febre e dores no corpo

O paciente deve permanecer sob cuidados médicos e em ambiente hospitalar para que os médicos tenham certeza de que a doença não irá trazer nenhuma outra complicação. Manter o paciente hidratado e com o uso de alguns remédios normalmente resolve o problema, mas em casos muito graves onde a doença acaba causando insuficiência renal, é necessário que sejam feitas diálises e transfusões de sangue.

Quem Precisa Tomar a Vacina da Febre Amarela?

Todas as pessoas que moram em áreas de risco, ou seja, em áreas de matas, e que moram em países onde pode ocorrer a febre amarela devem tomar a vacina. Pessoas que irão viajar para essas áreas também devem tomar a vacina cerca de 10 dias antes da viagem, que é o tempo que a vacina demora para que seu efeito seja completo.

Também é preciso ficar em alerta quando há campanhas do governo e entender se a sua região se tornou uma área de risco ou não. Nesse caso, exceções são abertas para que a vacina seja tomada. É também importante estar atento às contraindicações, pessoas que são contraindicadas como idosos ou pessoa que possuem alergia a ovo, por exemplo, podem sofrer graves consequências ao tomar a vacina.

A vacina é a única maneira de se prevenir completamente contra a febre amarela. Normalmente, uma única dose da vacina garante a imunidade para a vida toda, mas em épocas de campanha, postos de saúde podem oferecer doses fracionadas, que duram entre 8 e 10 anos.

Consequências da Febre Amarela

Não é à toa que a febre amarela causa tanto medo em tantas pessoas, já que ela pode trazer consequências realmente muito graves em alguns casos. Elas vão desde sérios problemas hepáticos e renais, que podem fazer com que uma pessoa necessite da hemodiálise, até mesmo à morte, dependendo da gravidade, do tipo de tratamento ou até mesmo da falta dele.

A febre amarela é uma doença que existe em países como o Brasil e, mesmo que muitas vezes pareça controlada, existem momentos em que ela atinge mais pessoas do que esperamos. Mas ainda assim, ela é uma doença fácil de ser prevenida e que pode ser curada muitas vezes, mas para que isso aconteça, a população de um lugar precisa estar atenta e entender como é o processo de vacinação, além de também saber quando uma pessoa está com febre amarela e não com os sintomas de outra doença similar.

É claro que é uma doença assustadora, mas a febre amarela pode ser controlada, como a história já nos mostrou. Então, siga as instruções corretas para tomar a vacina (apenas se realmente precisar) e preste atenção nas contraindicações.

Veja Também: Reação de Vacina É Normal?
Foto: James Gathany