Na última parte da entrevista do Dr Felipe Lazar sobre fertilidade, as leitoras tiveram espaço garantido, então vamos ver quais dúvidas elas têm sobre esse assunto.

Homem com baixa produção de esperma podem ser pais e sem intervenções de Inseminação Artificial ou Fiv apenas tomando suplementos vitamínicos?

Existem poucos tratamentos para fatores masculinos de fertilidade para um homem que não tem nenhuma quantidade de espermatozoide. Os tratamentos de fertilidade existem para aqueles homens que tem quantidade limítrofes de espermatozoide e que apresentam condições de fazer algum tipo de tratamento para restabelecer então a fertilidade e uma quantidade relativamente boa de material para conseguir uma gravidez. Antioxidantes, vitamina E, vitamina C, ajudam a diminuir a fragmentação da forma do espermatozoide e assim consegue melhorar a qualidade do esperma, porém para casos mais severos como ausência de esperma ou ausência de motilidade, não há uma solução.

Para um resultado satisfatório o tempo que o casal está tentando engravidar tem e deve ser levado em consideração. Se o casal tenta há muito tempo e não tem uma causa aparente do lado feminino, as chances de uma gravidez podem ser muito maiores. Indutores para produção de esperma podem não funcionar mas existem, são:

Porém podem não ser úteis em caso do material masculino (espermas) forem ausentes ou não tiver em condições de serem recuperados. Homens que usam anabolizantes podem ter problemas de fertilidade pois o excesso de testosterona pode diminuir a quantidade de espermatozoide. O homem é capaz de produzir espermatozoide e ainda estar com fertilidade mesmo com 80 anos de idade, enquanto a mulher na corrida da fertilidade pode ficar bem mais atrás e aos 38, 40 anos é considerada “velha” para ter filhos pela idade dos óvulos que produziu. Lembrando que a mulher nasce com um determinado número de óvulos e esses são usados a cada ciclo durante a vida se ela não usa nenhum método contraceptivo. Com 35 anos a mulher tem aproximadamente 12% dos óvulos com os quais ela nasceu e são no total 16 mil, e com 40 anos esse número pode cair para apenas 3%.

Quais as chances de Sucesso na Primeira Tentativa de Fertilização?

Na parte médica, a melhor chance para fertilização é na primeira tentativa. Quando o tratamento é inicial, as causas sejam elas quais forem de infertilidade como laqueadura, endometriose e outras, a primeira tentativa dá chances de 60, até 70% de sucesso no procedimento de fertilidade para casais com boas condições de conseguir já na primeira. O tratamento de fertilidade como a FIV ou ICSI, tem que ser totalmente cronometrada, para o embrião ser transferido no momento perfeito para o útero. No caso de o útero ter ficado em condições inapropriadas para transferência por passar do tempo, o embrião pode ser congelado e aí, no próximo ciclo com condições necessárias para a transferência e então a gravidez acontecer. Normalmente a primeira vez do tratamento para fertilidade é mais eficaz então a segunda e terceira tentativa podem ser classificadas como 60, 40 e 20% de dar certo, claro que tudo vai depender do laboratório e dos profissionais envolvidos e se houver condições para o casal, certamente uma das três pode dar certo sim.

Quais os Tratamentos de fertilidade caso a mulher não tenha as trompas ou o homem seja vasectomizado?

Quando se é tirada a possibilidade do esperma chegar até o óvulo, outras formas de ajudar na fertilidade devem ser adotadas então, a ICSI ou Fertilização in Vitro são as melhores soluções. Se o casal for jovem e a vasectomia ou laqueadura for recente, pode-se tentar sim a reversão. Se o casal for mais maduro, então a melhor forma é aspirar o esperma do homem ou coletar os óvulos da mulher para uma fertilização artificial. No caso de mulheres laqueadas que tiveram suas trompas cortadas, as chances são muito menores, pois a trompa é parte fundamental na gravidez natural, então o encaminhamento para a fertilização ou ICSI é o ideal.

Recado do Dr Felipe ás mulheres que desejam engravidar.

“O fator idade é fundamental, prestar muita atenção a verificar a saúde reprodutiva para saber se há algum problema de saúde reprodutiva como endometriose ou outro problema que possa dificultar a gravidez. Se a mulher for saudável prestar muita atenção em relação á idade, pois a idade não tem tratamento, a mulher tem que tentar ser mãe mais jovem para não ter maiores problemas ou caso haja algum problema, tenha tempo hábil para reverter e engravidar naturalmente. Fazer um planejamento é fundamental e usar pílula pode manter os óvulos jovens.”

Agradeço o Dr Felipe por disponibilizar seu tempo para ajudar todas as mulheres que querem e tentam engravidar, seja por meio de fertilização in vitro, Fiv, ICSI ou mesmo naturalmente. Um muito obrigada também a toda equipe do dr Felipe, a Suely, e todas as meninas da clinica que receberam o Trocando Fraldas com muito carinho de de braços abertos.

Dr Felipe Lazar atende em São Paulo na Clinica Lazar na Rua Vergueiro 3086 cj 12, 13 e 14 vila Mariana SP.
www.clinicalazar.com.br

Veja também: Fertilização in Vitro – Como é feita Com Dr Felipe Lazar Junior Parte 1
Fertilização in Vitro Com Dr Felipe Lazar Junior – Fator Idade Parte 2

Foto: Acervo Pessoal