Tudo aconteceu tão rápido! Mas no momento em que pegou o resultado do exame positivo nas mãos parecia que 9 meses demoraria uma eternidade a passar. E foi só piscar os olhos que o final da gravidez chegou. O final da gravidez é cercado de muito cansaço, muita correria com preparativos, muitos incômodos pelo corpo e principalmente muita ansiedade. De pensar que a qualquer momento o bem mais precioso e sonhado da sua vida estará em seus braços, que aquele pequeno ser que te chutou por meses, que fez seu apetite mudar, seu humor ir de 0 a 10 em segundos se alterar chegará ao mundo, dá um gelo na barriga.

Final da gravidez é tenso para todas as mulheres, acredite! Por mais tranquila que a gestação inteira tenha sido, o final será cansativo. Cada dia menos roupas servirão, sapatos dificilmente ficarão confortáveis em seus pés, sua bexiga terá que ser esvaziada constantemente, inclusive durante as madrugadas.

Uma dica para as gestantes: quer melhorar o prazer do sexo durante a fase gestacional, principalmente nessa reta final tão cansativa? Use gels lubrificantes a base de água que fazem o papel do muco cervical e ainda controlam o pH vaginal, reduzindo as chances de proliferação de fungos e bactérias responsáveis por infecções. A Famivita desenvolveu o lubrificante perfeito para as tentantes e gestantes, o FamiGel. Você pode compra-lo aqui em nossa loja virtual.

Principais Incômodos do Final da Gravidez

O corpo da mulher ao longo dos 9 meses de gestação sofre diversas mudanças, de peso, de estrutura e tudo trabalha em prol do grande dia, o parto. A bacia se abre, órgãos que saem do lugar para dar espaço ao útero crescer com o bebê dentro e com isso as dores e incômodos ocorrem inevitavelmente.

Algumas mulheres podem sentir esses incômodos de formas mais intensas do que outras, isso dependerá de como seu corpo responde a essas mudanças ou até mesmo o preparo físico que tinha antes de engravidar. Os principais incômodos são:

Azia

A azia é um sintoma que pode perseguir a gestante desde a descoberta da gravidez até o dia do nascimento. Isso dependerá do tipo de alimentação que você tem, dos seus hábitos e no geral da sua sorte. O obstetra pode receitar medicamentos para oferecer alivio, porém na grande maioria das gestantes o que oferece um resultado mais satisfatório são os cuidados com os alimentos ingeridos e com a quantidade, além de certos hábitos como evitar se deitar após as refeições.

Dores nas Costas

As dores nas costas é um dos sintomas inevitáveis da gravidez, principalmente no final da gravidez. Com o crescimento da barriga e o peso do bebê as costas da gestante é obrigada a suportar um peso extra além de afetar totalmente as posições e facilidade de se sentar e deitar, resultando em dores intensas. Algumas formas de aliviar esse incômodo é usar uma cinta especifica para gestantes que auxiliam a suportar o peso da barriga, compressas com panos quentes na região lombar e evitar fazer esforços físicos.

Inchaço das Pernas e Corpo

O inchaço é um dos sintomas comuns e já esperados por toda gestante. Pode ser iniciado já no começo da gestação, mas é mais comum durante o segundo e terceiro trimestre. O inchaço ocorre devido a retenção de líquidos no corpo da mulher resultando em áreas como pés, tornozelos e mãos ficarem completamente “inflados”. Para aliviar o inchaço, a gestante deve repousar com as pernas elevadas ao corpo ou sempre que estiver sentada utilizar um apoio de elevação. Evitar ficar sentada ou de pé por muito tempo, não usar sapatos apertados e se possível praticar exercícios que ajudem na circulação do corpo.

Câimbras

As câimbras é um dos incômodos mais frequentes do final da gravidez. Dores intensas e inesperadas na região das pernas e pés ocorrem sem avisar deixando a gestante praticamente paralisada. Uma forma de aliviar os sintomas é fazer alongamento e durante a ocorrência alongar os membros afetados. Ingerir muito líquido e consumir alimentos ricos em magnésio diminuem as câimbras nesta fase.

Falta de Ar

No final da gravidez é muito comum gestantes se queixarem de falta de ar. Isso ocorre devido à compressão do útero sobre os pulmões dificultando a passagem de ar. A melhor forma de controlar o incômodo é sentar, tentar relaxar e respirar profundamente afim de controlar a respiração novamente.

Insônia

Muita ansiedade, medos, preocupações unidos de uma montanha russa hormonal no final da gravidez resulta em noites de insônia. Muitas mulheres sofrem com esse incômodo no terceiro trimestre e acabam agravando todos os outros incômodos devido ao cansaço físico e mental. Criar uma rotina do sono, evitar tirar cochilos na parte da tarde farão com que sua qualidade do sono noturno seja mais saudável. Tome um banho morno, um chá de camomila relaxante e relaxe.

Como Relaxar no Final da Gravidez?

Relaxar na reta final da gravidez parece ser uma tarefa complicada para as mulheres, já que é um momento incrível de total entrega e espera. Mas existem maneiras de controlar essa ansiedade e conseguir aproveitar e curtir cada segundo dessa reta final.

Evitar o stress e controlar a ansiedade trarão um final de gravidez mais saudável e um preparo psicológico maior para o dia do parto e para após o nascimento do bebê. Vamos dar 10 dicas para que você consiga passar por esse momento de forma mais prazerosa possível.

Dormir – A maioria das grávidas sentem um sono incontrolável, mas relutam com esse sintoma por não se permitirem ser “preguiçosas” (exceto as que sofrem com insônia). Dormir fará com que você relaxe, se sinta mais disposta e fique mais calma. Faça uma rotina de sono e durma o máximo que puder, isso ajudará seu bebê ser tranquilo também após o nascimento.

Relaxe com uma música agradável – Evite locais muito agitados nesta fase que deixarão você ainda mais ansiosa. Descanse com os pés elevados ao som de uma música agradável e relaxante e aproveite o momento para acariaciar e conversar com seu bebê.

Passeios- Procure fazer programas que te proporcionem paz e tranquilidade, como um passeio ao ar livre. Por todas as cidades existem opções de parques, clubes que você poderá se desligar do stress diário, ler um bom livro e relaxar.

Companhias agradáveis – Em qualquer fase da sua vida terá aquelas pessoas “palpiteiras” e desagradáveis, porém nesta época da sua vida tudo que não precisa é delas a sua volta. Tenha próximo de você pessoas agradáveis, pra cima e de bom papo e que te ajudarão a deixar esse momento mais tranquilo e mágico.

Banho morno – Por mais que a economia de água e energia elétrica deva ser feitas, se dê ao luxo de tomar um banho morno e longo às vezes. Deixe a água cair por suas costas, barriga, feche os olhos e relaxe. Aproveite o momento para acariciar a sua barriga e sentir o momento.

Exercícios – Mesmo que não tenha uma vida fitness o exercício sempre será uma forma de relaxamento. Se já não tem uma rotina de exercícios, comece a fazer caminhadas, alongamentos que além de ajudar a preparar o seu corpo para o parto te proporcionarão uma paz de espirito e um auto controle da ansiedade muito maior.

Televisão e Internet – Por mais que seja opções deliciosas de distração é necessário tomar cuidado com seu uso. Evite ver programas, notícias e até mesmo ler matérias que te deixarão ainda mais ansiosa e nervosa neste momento. Opte por filmes, vídeos e matérias que te relaxarão ou quem sabe te instruirá sobre os cuidados com o bebê?

Preparação do Enxoval – Aproveite cada segundo do seu tempo no final da gravidez para checar os detalhes, finalizar o que falta e ocupar sua cabeça com deixar tudo como você imaginava para a chegada do seu filho. Cuide das roupinhas, do quarto e das lembrancinhas.

Escalda pés – Uma maneira deliciosa de relaxar e ainda ajudar a desinchar as pernas e pés, o escalda pés é maravilhoso. Prepare uma bacia com água morna e saches de chá de camomila, erva doce ou da sua preferência e se quiser poder pingar algumas gotas de shampoo de bebê. Coloque os pés, feche os olhos e relaxe.

Se alimente bem – A alimentação saudável é recomendada em todas as fases da vida, principalmente na gravidez. No final da gravidez frutas, legumes e sucos naturais servirão não só para nutrir a gestante e o bebê, mas estimularão as vitaminas que controlam a ansiedade e os níveis de stress.

Veja também: Como Calcular o Tempo de Gravidez? – Entenda o Cálculo Médico

Foto: Greyerbaby