A necessidade de escolher um alimento complementar para os lactentes pode ocorrer por diversas razões que impossibilite a exclusividade do aleitamento materno. Mas hoje em dia isto não é um problema, temos disponível no mercado ótimas fórmulas de leite para o bebê, preparadas com todos os nutrientes para suprir suas principais necessidades para um perfeito desenvolvimento.

Aleitamento Materno

A Organização Mundial da Saúde (OMS) como também o Ministério da Saúde recomenda incansavelmente o leite materno como única fonte de alimento para o bebê pelo menos até o 6° mês, já que o leite da mãe é considerado o alimento ideal por atender todas as necessidades nutricionais dos pequenos além de fortalecer o vínculo mãe e filho.

Mas quando não é possível seguir à risca esta orientação, não há necessidade de se preocupar, as fórmulas de leite para o bebê são também capazes de suprir estas necessidades, inclusive podemos dizer que são ótimas “imitações” do leite materno.

Leite Infantil

Já sabemos da importância do leite materno e a recomendação como única fonte de alimento para o bebê pelo menos até o 6° mês de vida e junto com outros alimentos até 2 anos de idade. Mas algumas mamães, por motivos diversos, não podem sustentar com exclusividade o aleitamento materno, sendo necessário complementar a alimentação com um leite infantil ou fórmula apropriada.

As fórmulas de leite para bebê são desenvolvidas para substituírem o leite materno com muita qualidade e com equiparado valor nutritivo. Marcas renomadas e de grande confiabilidade fabricam estas fórmulas em diversos tipos, cada uma adequada a uma fase da vida do bebê desde os primeiros dias de vida até os primeiros anos, como também fórmulas que atendem às necessidades alimentares especiais, como restrições alimentares, alergias, entre outras situações onde se torna necessário um leite com uma preparação específica.

As grandes marcas oferecem linhas completas de fórmula infantil com leites diferenciados para bebês com intolerância a lactose, por exemplo. Fórmula hipoalergênica, à base de soja, antirefluxo e específica para cada fase e idade da criança.

Dúvidas das Mães

É muito comum este assunto ser abordado em fóruns na internet e nas rodinhas de mamães ansiosas para conhecer todas as opções e saber todos os prós e contras de cada uma delas. Diante de tantas opções de leite infantil de excelente qualidade e com ótimas referências, difícil mesmo é escolher qual deles é de fato o ideal para o seu bebê não é mesmo?

Vamos tentar te auxiliar nesta pesquisa, trazendo informações relevantes para você conhecer um pouco mais sobre toda as opções disponíveis e poder tomar uma decisão sem nenhuma dúvida! Mas não se esqueça. Esta decisão deve ser tomada em conjunto com o pediatra que vai sempre levar em consideração a condição e as necessidades do seu bebê.

Conhecendo a Composição da Fórmula de Leite

É inquestionável a preocupação das mamães que querem conhecer a fundo os componentes das fórmulas dos leites infantis, afinal estamos falando da saúde e desenvolvimento das nossas preciosidades, e realmente na primeira fase da vida a alimentação é extremamente importante.

De fato, existem muitas opções disponíveis atualmente e todas elas são bem semelhantes. Porém cada marca disponibiliza uma linha de fórmulas infantis com diferentes densidades calóricas e com componentes nutricionais específicos, atendendo à diversas necessidades: dos lactentes até o 6° mês (de partida), bebês prematuros, alérgicos, etc.

Existem sempre as marcas que se destacam, por possuírem ótima aprovação das mamães e que acabam sendo as mais recomendadas por muitos pediatras. As necessidades de cada bebê, o quadro clínico que apresentam, se a fórmula servirá apenas como alimento complementar ou único alimento do lactente é levado em consideração na hora do médico optar por uma delas.

Não deixe de conversar com o pediatra sobre sua composição e entender os motivos da indicação, não hesite em esclarecer qualquer dúvida ou insegurança, perfeitamente compreensíveis neste momento, mas que devem ser sanadas para que você possa alimentar seu bebê com segurança e a certeza de que ele está recebendo tudo que precisa para crescer forte e saudável.

Tipos de Fórmula

Existem no mercado inúmeras marcas que desenvolvem fórmulas ricas em nutrientes indispensáveis para um crescimento saudável. O leite é em pó e vendido em latas, geralmente em dois tamanhos e dependendo do tipo da fórmula e da marca, o preço pode variar bastante.

Basicamente, há quatro tipos de fórmula: à base de leite, à base de soja, sem lactose e hipoalergênica.

Importante: estes produtos somente devem ser usados na alimentação de crianças menores de 1 (um) ano de idade com a indicação expressa do médico ou nutricionista. O aleitamento materno evita infecções e alergias e fortalece o vínculo mãe-filho.

Alergia a proteína do leite de vaca

Existem fórmulas à base da proteína do soro do leite extensamente hidrolisada, indicada para dietoterápica de lactentes e crianças de primeira infância que apresentem alergia à proteína do leite de vaca ou de soja.

Geralmente contém nucleotídeos e prebióticos, LC-PUFAS, que são ácidos graxos polinsaturados de cadeia longa, muito importantes para o desenvolvimento neurológico das crianças. Grande parte de fórmulas deste tipo não contém em sua composição glúten, sacarose, frutose e a grande parte dos seus carboidratos são lactose.

Estes componentes são transferidos para o feto através da placenta e estão presentes no leite materno. Alguns bebês podem não ser capazes de converter esses ácidos graxos em quantidades suficientes para ARA e DHA, sendo então necessário a complementação destes nutrientes através do leite.

Leite infantil para cada fase

Muitas marcas oferecem uma fórmula infantil adequada para cada fase da criança, geralmente representada pelos numerais, 1, 2 e 3. Os leites para a fase 1 são indicados para lactentes de 0 a 6 meses de vida. Normalmente possuem prebióticos que fortalecem o sistema imunológico, além de gorduras vegetais de fácil digestão. Os carboidratos contidos nestas fórmulas são 100% lactose, que é o açúcar do leite.

Já as fórmulas para a fase 2 são conhecidas como fórmula de seguimento. Produzidas com a dosagem de nutrientes adequadas para ajudar no desenvolvimento de crianças entre 6 e 12 meses de vida, é também enriquecida com ferro e a quantidade de carboidratos contidos nestas fórmulas é geralmente equilibrada entre lactose e maltodextrina.

Já para os bebês maiorzinhos (já a partir do 10° mês) a fórmula indicada é a fase 3, que além de conter todos os nutrientes importantes para as crianças nesta faixa etária, acrescenta-se ainda o Ômega 3 (DHA).

Leite Infantil de soja

As fórmulas à base de proteína de soja isolada não contêm lactose, sacarose, nem proteínas do leite de vaca. É um leite enriquecido com ferro e também com o aminoácido. Este tipo de leite é indicado para bebês até 6 meses de idade ou a partir desta idade, sob indicação médica principalmente para os casos de intolerância à lactose, onde se faz necessário tirar da alimentação o leite de vaca.

Bem, estas são algumas das opções de leite infantil que atendem as principais necessidades de alimentação de lactentes e de seguimento. Mas cada bebê tem suas particularidades mas lembre-se: decidir qual a fórmula mais adequada é uma decisão que deve ser recomendada pelo pediatra.

Veja Também: Como Aumentar o Leite Materno – Início da Amamentação
Fotos: Beeki, ProjectManhattan