Quem nunca ouviu falar de garrafada? Quem tem origem nordestina, algum parente ou amigos desta região, certamente já teve contato com a garrafada ou com a fama que ela leva consigo. Garrafada é uma mistura de ervas e, também, de elementos da natureza que, juntos, podem ajudar a quem quer engravidar e também tantos outros fatores, inclusive problemas de saúde. A garrafada é original dos estados do norte e nordeste do Brasil, que foi onde a cultura se estabeleceu há muitos anos. Apesar de não ter nenhum embasamento científico é usada ainda hoje por muita gente. Muitas misturas de ervas e elementos são de conhecimento popular e passadas de geração para geração.

A garrafada para engravidar é usada por mulheres que desejam estabelecer um equilíbrio hormonal para ajudar a natureza e a concepção. Ela pode ser eficiente, mas deve ser tomada com extrema cautela, pois em excesso trará o efeito contrário do esperado. Além da garrafada, se você está tentando engravidar e deseja fazer um acompanhamento mais detalhado do seu ciclo e da sua ovulação, uma ótima forma de dar uma forcinha a mais é utilizar testes de ovulação que irão indicar se a ovulação está se aproximando, se está acontecendo ou se já terminou. Você pode adquirir seu teste de ovulação Famivita aqui em nossa loja virtual.

Normalmente, as garrafadas são encontradas em feiras livres, casas de produtos nordestinos e, até mesmo, em casas de produtos naturais. A principal recomendação é sempre adquirir a garrafada em locais de referência, para não comprar um produto sem procedência e que possa provocar transtornos.

Também é extremamente importante ter certeza de que tipo de ingredientes aquela garrafada contém. Algumas delas tem como ingredientes produtos que provocariam aborto caso a mulher venha a engravidar e tomar na época errada.

A maioria das garrafadas tem em seu rótulo a composição da mistura a ser tomada. O problema está na junção de ervas naturais e medicamentos farmacológicos e a incompatibilidade que eles possam ter. Não é recomendado ingerir a garrafada em conjunto com medicamentos que contenham clomifeno, nem com medicação que combatam a pressão alta. Se você é hipertensa ou diabética, a garrafada pode não ser a melhor opção, pois pode provocar efeitos colaterais indesejáveis agravando estas doenças. Quanto ao clomifeno, a dose deste hormônio cortaria o efeito desejado dos demais ingredientes da garrafada e, assim, não é aconselhável usar concomitantemente.

Garrafada Para Engravidar Feita em Casa

Se quiser fazer a garrafada em casa é um processo simples; porém, devemos saber que não é para ser tomado durante todo o ciclo, mas sim no início durante, no máximo, 10 dias.

Receita para garrafada para engravidar caseira:

  • 2 xícaras de açúcar mascavo
  • 2 inhames com casca
  • 1 punhado de uxi amarelo
  • 1 punhado de unha de gato
  • 1 romã
  • 4 cravos da índia
  • 1 litro de vinho branco seco

Modo de fazer:

Derreta o açúcar mascavo em uma panela e, em seguida, coloque o vinho já com a panela desligada e mexa até misturar completamente. Em seguida, coloque todos os demais ingredientes cortados em pedaços pequenos em uma garrafa que possa ser tampada e cubra a mistura com o vinho já adoçado. Esta mistura deve ficar pelo menos uma semana em repouso antes de ser consumida. Deve-se utilizar em, no máximo, 2 ciclos de 10 dias cada e deve ser refeita após esses ciclos. A dose deve ser baixa, já que esta mistura contém álcool, e deve ser usado, no máximo, um copo diário, mas separado em 3 doses. Preferencialmente, antes das principais refeições.

Esta garrafada para engravidar funciona, sim! Ela ajudará a reduzir problemas que possam existir, como inflamação, miomas, ovários policísticos, microcistos e aumentará o muco cervical, que é tão necessário para quem quer engravidar. Além disso, a romã traz o benefício de organizar os hormônios que, por ventura, estariam fora de seus lugares.

O segredo é saber tomar. É recomendado que não use por mais de 10 dias, e se o ciclo for bem curto, reduza este prazo para uma semana. Apenas muito cuidado em garrafadas que contém agoniada ou arruda. Elas ajudam a regular o ciclo, mas também podem ser prejudiciais para mulheres que estão grávidas e não sabem. É importante que você entre no período fértil quando já deixou de tomar essa garrafada para engravidar, pois ela traria alguns problema como má formação fetal e também poderia provocar aborto.

Veja também: Chá para engravidar

Foto: Suelene Couto, Monica Kaneko