Salto alto é sinal de feminilidade e faz parte do look de praticamente todas as mulheres. Mas e quando estão grávidas, podem continuar usando? O argumento de que gravidez não é doença e não é porque esta grávida que deve deixar de se cuidar é o que muitas utilizam para continuar elegantíssimas e em cima do salto alto. Mas será que toda essa vaidade não é prejudicial à saúde?

A gravidez normalmente já é acompanhada de alguns desconfortos e dificuldades devido ao inchaço que acomete aos pés, pernas e mãos, mas mesmo com tudo isso, algumas mulheres não abrem mão de compor seus looks com lindos sapatos de salto alto. Saltos 10, 12 ou 15 cm, plataformas, anabelas ou salto agulha, são lindos?

Usar ou Não?

São sim, mas se já é difícil andar normalmente imagina se equilibrando com um barrigão? Por isso os médicos não aconselham a utilização de salto alto durante o período gestacional principalmente a partir do 5º mês de gravidez onde a barriga já esta bem maior e a gravidade do corpo fica cada dia mais alterada.

Gravidez realmente não é uma doença e muito menos força que a mulher se descuide, mas é necessário abrir mão de certas coisas e mudar alguns hábitos. Assim como o tamanho do salto, roupas adequadas, tinturas de cabelo e até mesmo alguns tratamentos estéticos devem ser evitados visando a saúde do bebê e da mãe.

Quanto a proibir a utilização, alguns médicos se dividem nas opiniões, mas todos tem a mesma afirmação, que o salto alto altera totalmente a postura da mulher assim como o centro de gravidade, pontos estes bem afetados durante o período gestacional de qualquer mulher.

Outro ponto citado pelos especialistas é o dos ligamentos que garantem a estabilidade da coluna que ficam mais frouxos durante o período gestacional, o que aumenta os riscos de lesões na área.

Dores na Gravidez

Por isso é tão comum ouvir queixas de gestantes em relação a dores lombares, além claro devido as grandes alterações e transformações que ocorrem em seu corpo ao longo dos 9 meses. Esse afrouxamento de ligamentos aumenta as chances de quedas e torções de pé que se ocorrer com um salto alto, pode se agravar ainda mais a situação.

É indiscutível como uma mulher fica linda em cima de um salto alto e também é nitidamente visível como sua postura é alterada. Portanto, essa postura tão elegante que o salto proporciona durante a gravidez não é tão boa assim, já que a pressão que ocorre na lombar pode ocasionar dores intensas na coluna.

Com o peso elevado, a barriga muito maior e o centro de gravidade alterado, todas as mulheres grávidas caminham de uma forma diferente, então se podemos evitar acidentes e quedas, porque correr o risco por vaidade?

Quais os Sapatos Indicados Para Grávidas?

Para aquelas que têm o costume de utilizar salto alto e não conseguem abandonar o estilo, existe a opção de substituir por saltos mais baixos, mais grossos e mais confortáveis e que proporcionam uma estabilidade ao corpo muito maior.

As sandálias e sapatos de tiras finas devem ser evitados ao máximo, já que não dão segurança alguma e aumentam os riscos de acidente. Existem muitas opções de sapatos lindíssimos com salto mais confortável e que não oferecem risco algum.

As plataformas e anabelas mais altas podem ser mais confortáveis do que saltos finos, mas oferecem risco tanto quanto ou ainda mais por não oferecer tanto equilíbrio. Possuem maior facilidade de torcer e virar o pé, principalmente em pisos e calçadas irregulares como a de nossas cidades. O solado do sapato também deve ser analisado, já que alguns muito lisos podem ser motivo de acidentes graves também.

Mais Confortáveis

O mais indicado para o período gestacional são sapatilhas mais confortáveis, sandálias de salto baixo e que não possuam tiras finas que possam aumentar o inchaço dos pés “estrangulando-os” e ainda machucando a mulher.

Tênis e rasteirinhas também são boas pedidas, mas evite aquelas que são totalmente sem salto já que forçara e pressionará os calcanhares e a coluna também. Encontrar um meio termo, confortável, elegante e que não ofereça riscos a saúde é sempre a melhor decisão.

Se tiver algum evento que o salto alto é indispensável, você pode ir com um sapato mais confortável e levar o salto na bolsa e colocar somente no local. Não esqueça que os pés aumentam de tamanho durante a gravidez e aquele sapato confortável que você tinha o habito de utilizar para dançar a noite inteira, hoje pode te incomodar e acabar te apertando. Então sem abusos, ok?

Veja Também: Que Tipo de Roupa Devo Usar Durante a Gestação?

Fotos: Marcelo Druck, Wagner Cezar