Quando uma mulher descobre o sexo do seu bebê, ela escolhe o nome, pensa nas roupinhas, no quarto, na cor da decoração, mas um cuidado que não é muito pensado é na higiene da genital de bebês e crianças.

Algumas dúvidas são comuns em aparecer em relação à higiene da genital. Se for um menino, como devo proceder? E se for uma menina? Será mais trabalhoso? Para essas dúvidas existem soluções que facilitarão a vida de quem está embarcando nessa nova jornada!

A higiene dos meninos parece ser mais simples, e já das meninas essa higiene deve seguir determinados padrões, de modo a não resultar em nenhuma infecção.

Como é Feita a Higiene da Genital das Meninas?

Nas primeiras semanas de vida, os órgãos das meninas são geralmente inchados e vermelhos. Às vezes, há uma secreção mucosa transparente que pode ser branca ou ligeiramente vermelha com sangue. Esta é uma situação normal causada por hormônios.

Um dos princípios mais importantes da higiene das meninas é limpar a área perineal de frente para trás, e nunca ao contrário! Desta forma, irá evitar a transferência de bactérias do ânus para a vagina.

A limpeza inadequada pode causar assaduras ou vermelhidão. Também pode ser a causa de infecções graves, então é preciso que a higiene da genital de bebês e crianças do sexo feminino seja feita gentilmente, e com precisão.

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!

Limpe cada cantinho, principalmente depois dela fazer cocô. Limite-se a limpar a zona coberta pela fralda e, como os bebês costuma a fazer uma quantia bastante grande de cocô, se houver a possibilidade, é recomendável lavá-la com água corrente.

Lencinho Umedecido

Pode dar um pouco mais de trabalho, mas a limpeza com lencinhos umedecidos não pode ser comparada à lavagem com água e sabão. E como isso acontece com bastante frequência é bem melhor do que tentar retirar as fezes que ficam entre os pequenos lábios com toalhinhas.

Embora o banho seja o mais recomendável para fazer a higiene genital de bebês e crianças, muitas vezes estando longe de casa outras técnicas devem ser adotadas

Lembre-se, tente ser gentil, para não irritar a delicada pele do bebê. Após limpar todo o excesso com lencinhos umedecidos, usar cotonetes e água morna para os cantinhos mais difíceis.

Para isso é preciso em primeiro lugar, separar gentilmente as dobras da pele e as limpar com firmeza, mas sempre tomando com cuidado com o cotonete úmido.

Sempre limpar de dentro para fora, de modo que as fezes não entrem na vagina e uretra. Tenha certeza de que retirou tudo com o cotonete. Após cada banho e mudança de fralda, aplique uma fina camada de creme para assaduras com na pele limpa e, acima de tudo, seca.

É importante frisar na camada fina, pois, infelizmente e repetidamente é possível ver mães aplicarem uma espessa camada de creme que em parte fica entre os pequenos lábios.

O que pode ser irritante e causar infecções depois de ser usado por um tempo. O talco apesar de ser o queridinho entre a maioria das mamães não é recomendado na higiene da genital de bebês e crianças do sexo feminino uma vez que o pó fica preso nos pequenos lábios e até na uretra.

Existem alguns relatos sobre o talco. Em um deles, a mãe contou que o talco se tornou uma massa e tapou a abertura uretral de sua filha, causando infecção urinária pois a bebê tinha problemas para urinar.

Como é Feita a Higiene da Genital dos Meninos?

Cuidar de um menino é muito menos trabalhoso. Mas, como a urina se espalha por todas as partes, é necessário ao lavar ou trocar fraldas, limpar completamente a área da parte inferior do abdômen, nádegas, entrepernas, pênis, sem esquecer a região do escroto abaixo. Os bebês podem urinar no momento em que você for tirar a fralda.

Por essa razão, é aconselhável segurar a fralda por alguns segundos. Lembrese de não puxar a pele que recobre a glande, conhecida como prepúcio, porque ela não pode ser separada do pênis durante os primeiros meses ou mesmo anos.

Alguns pediatras recomendam erroneamente que se retraia a pele do prepúcio para a limpeza, mas a realidade é que não precisa, e se você tentar fazê-lo a força, provavelmente irá machucar o bebê causando irritação, o que pode resultar em infecção.

Nos meninos, a direção de lavar seus órgãos genitais realmente não importa. Aplique uma camada fina de pomada de assaduras na pele limpa e seca. Lembre-se de secar completamente a pele sob o escroto. Algumas vezes, eu não fiz da maneira correta e, infelizmente, a pele do meu filho ficou irritada causando assaduras bem feias.

Se o bebê fez a circuncisão, as mesmas regras ditas acima devem ser seguidas. É importante somente observar especialmente logo após o procedimento de remoção de prepúcio, se a ferida irá se curar adequadamente.

A vermelhidão e a secreção amarelada são sintomas normais, mas se o inchaço persistir por mais tempo, houver vermelhidão grave ou aparência de bolhas amareladas são sinais que exigem uma consulta imediata com um médico.

Além disso, é importante observar se seu filho urina adequadamente. Se o fluxo é interrompido, ou há apenas gotas, a abertura pode não estar suficientemente exposta, ou seu ele tem uma infecção. Em qualquer caso, é recomendável não esperar e apresentar o problema ao pediatra.

Como é Feita a Higiene da Genital das Crianças Maiores?

Igualmente feita em bebês, a higiene da genital das crianças maiores seguem o mesmo padrão: Meninas sempre limpar da frente para trás e quando for possível lavar com água e sabão.

Nos meninos não é necessário retrair a pele do prepúcio para a limpeza, mas é bem importante manter a área seca, especialmente após a criança urinar e após o banho.

No mais, a medida que a criança vai crescendo, ensine a se limpar sozinha. A lavar as mãos sempre depois de ir ao banheiro. Também é importante trocar a roupa íntima todos os dias, depois do banho, ou caso se suje.

A limpeza da genital de bebês e crianças deve ser cuidadosa, mas não compulsiva, sendo realizada pelo menos uma vez ao dia em crianças que já não usam fraldas. No entanto, no caso dos bebês deve-se limpar a região genital todas as vezes que se troca a fralda, o que pode acontecer entre 5 a 10 vezes por dia.

Veja Também: Candidíase em Bebê – É Possível Meu Bebê Ter Isso?
Fotos: Gridkid