A hipertensão portal recebe esse nome por se tratar de uma questão ocasionada pela intercorrência na comunicação da veia porta, que é a responsável por mandar sangue dos órgãos localizados no abdômen até o fígado, através de pequenos vasinhos nomeados de sinusoides. O problema pode causar várias complicações, entre elas: hemorroidas, varizes no esôfago, ascite e aumento no baço, que provoca um grande inchaço abdominal.

Muitos fatores podem levar a ocorrer a hipertensão portal, mas entre elas as principais são a cirrose e a esquistossomose. Por isso é mais comum o diagnóstico acontecer em pacientes hepáticos.

Sintomas da Hipertensão Portal

Os sintomas da hipertensão portal nem sempre são facilmente identificados, no entanto, pessoas que já sofrem com condições hepáticas ou já apresentaram quadro de cirrose tem um grau mais elevado da condição acontecer, e já no decorrer de seus tratamentos é acompanhado qualquer tipo de alteração no corpo ou sintomas que podem indicar o a existência da hipertensão portal. Entre os principais sintomas estão:

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
  • Inchaço abdominal;
  • Vômitos com sangue;
  • Fezes escuras e com odor muito forte;
  • Pés e pernas com inchaço;
  • Hemorroidas;
  • Varizes esofágicas

No caso de agravamento do quadro, é possível que o paciente sofra com confusões mentais e desmaios repentinos ocasionados pelas toxinas que chegaram ao cérebro devido a incapacidade do fígado em filtrar o sangue adequadamente. Esse agravamento também pode ocorrer em qualquer outro tipo de doença que atinja o fígado. Outro sintoma característico da hipertensão portal e de demais doenças que acometem o fígado, é o da icterícia, que provoca um amarelão característico na pele e olhos de pacientes com problemas no fígado.

Diagnóstico

Na grande maioria dos casos, o hepatologista que faz o acompanhamento médico irá identificar a hipertensão portal através dos sintomas relatados pelo paciente, além de ser avaliado o histórico de doenças no fígado. Durante a consulta, será examinado para análise de sintomas evidentes como inchaço abdominal, inchaços nas pernas e a ocorrência de hemorroidas ou veias dilatadas.

Após a análise clínica, com base em todo histórico e sintomas relatados, pode ser necessário a realização de alguns exames que irão concluir e diagnosticar a condição. Os exames necessários nesses casos são laboratoriais como: endoscopia, raio X e exames de sangue.

Tratamento da Hipertensão Portal

Infelizmente, a hipertensão portal é uma condição que não tem cura, mas graças a evolução da medicina e de diversos estudos afim de controlar os sintomas é possível dar uma melhor qualidade de vida ao paciente diagnosticado, além de controlar o surgimento de demais complicações. Os principais tratamentos indicados nesse caso são:

  • Remédios de pressão alta – como os medicamentos para controle da pressão arterial ajudam a reduzir a pressão nos vasos sanguíneos, naturalmente reduzem as chances de rompimento de varizes no esôfago e também no surgimento de hemorroidas.
  • Laxantes – É indicado o uso de medicamentos com efeito laxante, como o lactulose, focando na eliminação do excesso de toxinas e amônia do corpo, o que ajuda na prevenção do agravamento do quadro, ocorrendo confusão mental e desmaios.
  • Terapia endoscópica – É indicada para tratar e evitar o rompimento das varizes no esôfago.
  • Procedimento Cirúrgico – É uma das últimas opções no tratamento, e normalmente é indicada quando o paciente não responde bem ao tratamento à base de medicamentos. Em alguns casos, para reduzir a hipertensão portal, pode ser indicada a correção de algum desvio da circulação sanguínea no fígado ou até mesmo ser uma indicação/possibilidade o transplante de fígado.

Além do tratamento à base de medicamentos e terapia são necessários cuidados específicos na saúde de um paciente com hipertensão portal, o que ajuda a controlar a doença e a reduzir as chances de agravamento e complicações hepáticas. Uma alimentação saudável, rica em alimentos integrais e com baixo teor de gordura é fundamental, além de cortar definitivamente o consumo de álcool, mesmo que socialmente.

Para que tenha eficácia no tratamento é necessário controlar outras condições de saúde, como diabetes e colesterol e manter consultas regulares para acompanhamento médico. Alguns exames podem ser solicitados para acompanhamento e até mesmo ajusta de medicamentos indicados para o tratamento. O tratamento não tem período para finalização e na maioria dos casos, os pacientes precisam seguir o tratamento por toda vida.

Aproveitando o espaço que estamos falando de saúde, quero contar uma novidade para nossas leitoras que estão tentando engravidar. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos uma linha de produtos especializados para a saúde e fertilidade. Entre eles temos vitaminas da fertilidade da mulher FamiFerti, vitamina para fertilidade do homem ViriFerti, testes de ovulação e o gel lubrificante amigo da fertilidade FamiGel, que faz o papel do muco, aumentando a mobilidade dos espermatozoides além de aumentar o prazer. Você pode encontrar cada um desses produtos aqui em nossa loja virtual.

Dieta de um Paciente com Hipertensão Portal

A mudança dos hábitos alimentares é essencial e indispensável para o tratamento de um paciente com hipertensão portal, assim como no tratamento de qualquer outra doença hepática. A alimentação saudável auxilia na regeneração celular do fígado, permitindo que o órgão continue exercendo sua função de conversão de alimentos em energia, além de eliminar as toxinas do corpo. A dieta para o paciente com hipertensão portal deve ser saudável, com alimentos de fácil digestão e zero gordura.

  • Frango, carne e peixe grelhado;
  • Frango cozido ou assado sem pele;
  • Verduras, de preferência as de folha escura;
  • Legumes em geral;
  • Frutas de preferência sem casca e cozidas;
  • Gelatinas;
  • Saladas de folhas em geral.

Além da alimentação natural, leve e saudável, é recomendado o consumo de cerca de 2 litros de água por dia, para se manter hidratado e ajudar na eliminação das toxinas. Alimentos gordurosos, frituras em geral, refrigerantes, embutidos, alimentos muito condimentados e temperos prontos como os de cubo ou saches, doces, café, chocolate e enlatados devem ser cortados da alimentação de qualquer paciente com problemas hepáticos.

O consumo de álcool é estritamente proibido para pacientes hepáticos, já que o consumo de álcool tem efeito toxico que prejudica ainda mais as células hepáticas. A prática de exercícios físicos também é recomendada para potencializar o tratamento.

Tratamento Natural Para Doenças Hepáticas

Existem ótimas alternativas e opções naturais para auxiliar no tratamento de problemas hepáticos, que ajudam a desintoxicar, reduzir a inflamação e até mesmo regenerar as células do fígado. Mas temos que alertar que nenhuma dessas dicas deve ser substituída pelo tratamento indicado pelo médico, mas sim ser utilizado como tratamento complementar para obter melhores resultados.

  • Chá de boldo;
  • Infusão de cardo-mariano;
  • Alcachofra

As dicas naturais acima, são ótimos aliados a saúde do fígado. Ajudam na eliminação das toxinas, tem ação anti-inflamatória, protegem e regeneram as células do fígado, ajudam na digestão, possuem ação depurativas e ainda auxiliam a controlar os níveis de colesterol e açúcar no sangue. É possível encontra-los facilmente em feiras livres e lojas de produtos naturais.
Foto: LeonardoG