“Era uma vez, um óvulo faceiro que aguardava impaciente na trompa, o espermatozoide chegar para enfim começar uma nova vida… Eles se encontraram e nove meses depois, nasceu um lindo bebê e fim.”

Ei!! Mas será que é assim que tudo acontece mesmo. Será que basta o esperma encontrar o óvulo e ponto, 9 meses depois a magia da vida acontece? Seria mais fácil acreditar na cegonha minha gente! Curiosidade de 9 entre 10 gestantes, como será a gestação passo a passo logo no inicio? Como será que o bebê começa a se desenvolver logo que o óvulo encontra com o espermatozoide?

Tudo começa na estimulação ovulatória, vários hormônios fazem parte de um processo onde o ovário começa o processo de amadurecimento dos óvulos e os estimula para que ele fique maduro o suficiente para ser liberado pelo folículo e então, capturado pela trompa para que o espermatozoide o fecunde. Após a ovulação, o folículo se torna um corpo lúteo que é parte principal do processo de gravidez inicial. Se a mulher que acabou de ovular mantiver relações antes ou até 24 horas depois da ovulação, é possível que fecunde e então o óvulo virá a se tornar um bebê. O sêmen ejaculado pelo homem, começa a seguir em direção à trompa, onde apenas um espermatozoide fecundará o óvulo enfim.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

O Bebê já Existe!

Após este acontecimento inicia-se a fusão dos núcleos de DNA e então a multiplicação das células começa a acontecer. Inicialmente uma célula se divide em duas que se dividem em mais 2 e assim por diante. A multiplicação de células começa aqui e é constante, até mesmo em adultos. Porém a gravidez passo a passo, realmente acontece quando após a fecundação, o zigoto (amontoado de células) se fixa no endométrio. Este ato de fixar, se chama nidar, ou a famosa nidação. Esta nidação pode ocasionar sangramento, que é também um dos sintomas de gravidez, porém o sangramento visível de nidação é a exceção e não a regra. É muito mais comum que uma mulher tenha nidação sem perceber!

A partir daí é considerado oficialmente o inicio da gestação. Daí em diante, a quantidade de células irá crescer consideravelmente e o zigoto se dividirá em 2 partes, uma virará a placenta primitiva, a bolsa amniótica e futuro cordão umbilical, a outra se formará de fato o bebê. Em caso de gêmeos idênticos, é nesse estágio que o segundo bebê aparece! As células se dividem igualmente mais uma vez e outro bebê será formado.

As células irão formar aos poucos os órgãos vitais, até a 4ª semana de gestação a espinha e o tubo neural estão em formação. É muito importante nesta fase que a mulher esteja tomando ácido fólico, porque ele ajuda na formação do tubo neural que futuramente será o cérebro do bebê. Por isso, é desejável começar a ingerir ácido fólico 3 meses antes das tentativas de engravidar, ele ajudará e muito o feto nas semanas iniciais.

Nas primeiras semanas de vida, o que sustenta o feto é a vesícula vitelina. Ela faz às vezes da placenta nutrindo de sangue e oxigênio o ser que virá a ser o bebê perfeito em algumas semanas. No inicio, o bebê cresce muito rapidamente, é possível verificar a mudança de uma semana para outra em um ultrassom. Nesta fase é possível que a mulher sinta a falta da menstruação. Lá pela 5ª semana de gestação, é possível encontrar bastante HCG no organismo da mulher e enfim o teste dar positivo. Os órgãos do bebê começam a serem formados. O fígado, pulmão, rins, inicio de braços e pernas (brotos) e também o tronco além de fechar o tudo neural dando inicio à cabeça do bebê.

Aliás, o corpo da mulher começa a sofrer algumas mudanças perceptíveis, como seios doloridos, cólicas, náuseas, fadiga, sonolência, aumento ou falta de apetite, aumento da temperatura corporal e outras mudanças como a de humor por exemplo.

Na sexta semana o bebê já pode ter batimentos cardíacos! Uma contração involuntária de um dos músculos do pequeno coração desencadeia uma série de batidas e agora, ritmadas formam os batimentos e pulsação para levar o sangue para o pequeno corpo. Os batimentos cardíacos são muito rápidos! As batidas do coração são tão rápidas que podem chegar a 180 batidas por minuto! Quanto menor o bebê, mais rápido seu coração tem que bater para levar sangue e oxigenação para o organismo.

O útero materno já estará maior, está globoso e com a camada endometrial bastante espessa para segurar o saco gestacional fixado. É possível sentir o inchaço pela pressão que o útero fará sobre a bexiga. Por isso, a grande maioria das gestantes fica com muita vontade de urinar no começo da gravidez. Isso, sem comentar que os hormônios estão a todo vapor, a progesterona está trabalhando muito para ajudar a gravidez se manter e, pode inclusive causar uma montanha russa de emoções. Nem estranhe se você pegar nojo do marido, realmente isso pode acontecer.

Veja também: 7 Semanas de Gestação

Foto: jrmyst