Após muita espera ou uma surpresa, o positivo chega! Aí você imagina como será que está acontecendo tudo dentro do seu corpo e do seu organismo. Como será o início da gravidez e o que esperar e o que está realmente acontecendo nas primeiras semanas de gestação? Como o bebê está e como o seu corpo está reagindo a gravidez inicial?

Como Tudo Começa

Ao contrário que muitas mulheres pensam, a gravidez começa mesmo no primeiro dia menstrual, você sabia? Para a conta correta, os médicos passam a considerar o primeiro dia da menstruação com sangue vivo da mulher para definir as 40 semanas ou cerca de 280 dias. Contudo essa conta pode se modificar conforme o primeiro exame de ultrassom. Nesse caso, o que passa a valer mesmo é a data que mostrará lá e não a data da última menstruação. Isso porque a ovulação pode ter sido em outra data, antes ou depois da prevista pela DUM (data da última menstruação).

O período fértil é o ponta pé inicial para a gravidez. Quando a mulher fica apta a engravidar, seu corpo passa a dar sinais, isto é, mostra com pequenos sinais como modificação do muco cervical (secreção vaginal) e até mesmo comportamental como aumento da libido, da vontade de manter relação sexual.

Um óvulo fica disponível na trompa e é capaz de receber apenas 1 espermatozoide, após isso, a película inferior se transforma em uma carapaça onde os demais não conseguirão passar. Com a concepção propriamente dita, se dá início ao projeto gravidez, isso porque apenas podemos dizer que a mulher está realmente grávida após a implantação do embrião no endométrio, a nidação.

O Grande Encontro

Após o encontro do óvulo com o espermatozoide, que são apenas duas células, começa a multiplicação celular do bebê. No primeiro dia são duas que se juntam e após isso se dividem em 2 que se dividem em mais 2 que se dividem em mais 2 e assim por diante.

No terceiro dia após a fecundação, o bebê que por enquanto é uma mórula tem cerca de 7 a 10 células. Já entre o 5 e o 12 dias, se transforma em blastocisto e tem cerca de 400 células. Nessa fase acontece a implantação. O bebê finalmente chega ao útero após uma viagem de dias, lentamente conduzido pelas pequenas “mãozinhas” que estão dentro do útero, o bebê viaja tranquilo e com todo cuidado possível.

A Implantação

Ao chegar ao fundo do útero, ele se fixa, criando uma espécie de raiz para a gestação toda. Esse acontecimento é esperado entre o 7 e o 15 dias após a concepção. A partir daí, a mulher sim está grávida e é possível descobrir a gravidez através de um exame de urina para gravidez ou de um exame de beta HCG.

A implantação do bebê é muito importante, nela é determinada a saúde da gravidez e a viabilidade do embrião, caso esteja mau fixado, poderá haver problemas como o descolamento do saco por exemplo. Ha um local específico em que ele se aloja, o endométrio (camada de sangue que deveria ser menstruação) fica em uma espessura apropriada, normalmente acima de 8mm e assim, segura o bebê com ajuda de hormônios como a progesterona por exemplo, que faz a manutenção da gravidez nesses primeiros dias.

Um pequeno detalhe que muitas mulheres desconhecem, é que, após a implantação, pode haver um pequeno sangramento causado pela nidação. Não é um volume grande e pode ser percebido em pequenas quantidades por 1 até 3 dias no período em que deveria menstruar. Um sangue rosado, avermelhado, porém mais claro que o sangue da menstruação.

Após a Implantação

Após a implantação o blastocisto (projeto do bebê) se divide em duas partes, uma delas será a placenta, saco gestacional, vesícula vitelina e tudo que dá suporte ao bebê. Já a segunda parte formará o bebê. Tudo começa no tubo neural, por isso, a suplementação de L-metilfolato ou ácido fólico é tão importante, eles previnem a má formação do tubo neural que é a base da formação do novo indivíduo.

Recomenda-se o uso do L-metilfolato 3 meses antes de começar a tentar engravidar e continuará até as 12 semanas de gestação. As 12 primeiras semanas são cruciais para a formação adequada. Ha nesta fase o início da expansão do útero para acomodar as mudanças recentes e futuras.

Primeiros Sintomas de Gravidez

No começo da gravidez, com a implantação do bebê, o corpo lúteo (cicatriz de onde saiu o óvulo lá no ovário durante o período fértil) fica bastante ativo. Ele estimula a produção de progesterona no organismo, consequentemente o HCG, hormônio exclusivo da gravidez sobe a cada dia, é possível já ter cerca de mais de mil mUI de hormônio de gravidez nesta fase, vezes mais, vezes menos, o importante é estar sempre em progressão.

O apropriado é fazer um beta quantitativo e repetir após 3 dias, assim saberá na calculadora de HCG se o seu organismo está produzindo o hormônio da gravidez corretamente. Com o aumento da progesterona aparecem os primeiros sintomas de gravidez, como:

  • Náuseas
  • Sonolência
  • Salivação
  • Dor abdominal fraca (semelhante à cólicas)
  • Salivação
  • Aversão a cheiros
  • Inchaço do abdome inferior

Você pode estar sentindo alguma coisa diferente, então faça um teste! Deu positivo? Comemore muito! Estar grávida é uma benção que milhares de mulheres buscam todos os ciclos, sinta-se privilegiada por receber o milagre da vida!

Curta seu pingo de gente cada dia, cada sintoma e cada novidade que ele proporcionará. Não esqueça de marcar seu pré-natal e fazer todos os exames necessários ok? A ultrassonografia é aconselhável que faça apenas após 6 semanas de gravidez, para que não haja sustos, ver apenas o saco gestacional e vesícula vitelina. O bebê aparecerá com cerca de 6 semanas e os batimentos com 7. Aproveite o momento!

Descobriu quem está grávida? Vamos te dar uma dica: quer melhorar o prazer do sexo durante a fase gestacional? Use gels lubrificantes a base de água que fazem o papel do muco cervical e ainda controlam o pH vaginal, reduzindo as chances de proliferação de fungos e bactérias responsáveis por infecções. A Famivita desenvolveu o lubrificante perfeito para as tentantes e gestantes, o FamiGel. Você pode compra-lo aqui em nossa loja virtual.

Veja também: https://www.trocandofraldas.com.br/5-semanas-de-gestacao/

Foto: lunar caustic