O palato ou fenda labial ou também conhecido como lábio leporino pode aparecer ainda intra útero mas você sabe o porque o lábio leporino acontece? Engraçado como a natureza é sábia, duas minúsculas células dão origem a um bebê em poucas semanas e mais precisamente próxima a 40ª semanas nasce um bebê cheio de vitalidade. Por mais que essa formação seja minimamente perfeita, as vezes erros e má formações podem acontecer, inclusive o fechamento incompleto do lábio dando origem ao lábio leporino.Lábio Leporino, o Que é e Porque Acontece nos Bebês 1

Em torno da 16 semana, há um fechamento, um encontro das duas partes do rosto, e onde antes tinha uma fenda divisória de formação (lado direito e esquerdo do rosto) e passa a existir o sulco abaixo do nariz. Se esse sulco não se fecha completamente, o lábio leporino aparece ou em uma ultrassom ou mesmo na hora do parto. O lábio leporino nada mais é do que a não junção dos ambos lados da face verticalmente, céu da boca e até mesmo o palato ou ambos os lados, direito e esquerdo em alguns casos raros. Um caso de lábio leporino pode acontecer 1 entre 1000 crianças então, é um caso totalmente comum de se acontecer.

As causas do lábio leporino não são uma certeza, se sabe que alguns fatores na hora da formação podem ser levados em conta e medidas como uso de ácido fólico podem ajudar a impedir essa “má formação” porém, não se sabe ao certo o motivo de não acontecer a junção da face dando origem ao lábio leporino na hora da formação fetal. Uma hipótese das causas do lábio leporino é a genética ou seja, se um membro da família tem o gene do lábio leporino, esse pode acontecer no feto, mas também é uma hipótese.

Como Diagnosticar e tratar o lábio leporino?

O diagnóstico do lábio leporino pode se dar mesmo antes do nascimento por meio das ultrassonografias de rotina como a morfológica embora, seja detectado de fato depois do nascimento. A boa notícia é que o lábio leporino tem um tratamento muito simples, fácil e efetivo. Na maioria das vezes o tratamento para lábio leporino é apenas a cirurgia plástica.Lábio Leporino, o Que é e Porque Acontece nos Bebês(2)

Os cuidados com um bebê com lábio leporino são quase os mesmos com um bebê sem essa formação de fissura. Se a fissura do lábio for somente externa não haverá maiores problemas porém, o médico e os pais do bebê devem ficar atentos se a fissura for também no céu da boca e palato. Os dentes podem ter problemas na hora do crescimentos, e raras vezes a criança pode ter problemas de fala se a fissura for grave ou não tratada em quanto bebê. O tratamento do lábio leporino pode acontecer mesmo antes do primeiro mês de vida. Cabe ao médico decidir a hora de começar os procedimentos para reverter o quadro e também verificar a gravidade do caso. Sabe como é ser a mãe de um lindo menino que nasceu com lábio leporino? A leitora Helymara conta um pouco da sua experiência com seu lindo bebê chamado Dominic, Leonardo, cheio de saúde e vida acompanhem.

Trocando Fraldas: Quando você descobriu que o Bebê teria lábio leporino?

Helymara: Eu descobri quando meu bebê nasceu mas poderia ficar sabendo no ultrassom morfológico

Trocando Fraldas: Qual foi o sentimento inicial? e depois, como foi lidar com essa “diferença”.

Bem eu na hora me senti culpada, fiquei com medo pois pensei que eu tinha feito aquilo com a boquinha do meu bebê. Bem, lidar com isso foi muito fácil pois na maternidade tive ajuda da psicóloga e das enfermeiras e em casa foi normal os familiares nem se abalaram tão quanto eu.

Trocando Fraldas: Você tinha conhecimento dessa “má formação”?Tinha informação que lábio leporino existia?

Helymara: Não nunca tinha ficado sabendo de nada sobre.

Trocando Fraldas: Como foi o caminho até a cirurgia do bebê?

Helymara: Bem assim que ele nasceu já na maternidade mesmo fizeram o encaminhamento para o centrinho de bauru. E lá fiquei sabendo o que era o lábio leporino e me informarão sobre a cirurgia. E quando meu bebê completou 4 meses então ele fez a cirurgia e ficou perfeito.

Trocando Fraldas: Um recado para gestantes que receberam a noticia do bebê com lábio leporino…

Helymara: Bem não se assustem pois isso não e uma luta sem uma vitória, isso tem cura e fica perfeito. Eu tenho meu bebê que nasceu com lábio leporino e hoje já fez a cirurgia e esta super bem, come, mama, brinca, super bem.

Nota da Blogueira: Lábio leporino não é um caso grave, o médico saberá orientar assim como aconteceu com a Helymara. Na verdade as aparências não importam para as mães, o amor é maior que todas as adversidades que possam aparecer. Acho super importante que populações carentes tenham sim um respaldo de médicos cirurgiões plásticos. Inclusive existem várias ações de grupos de médicos que se dedicam uma vez ao ano para cirurgia de lábio leporino em lugares mais carentes, você é cirurgião plástico? porque não ajudar a fazer um sorriso mais bonito?

Veja também: O que é Cranioestenose e Qual o Tratamento?

Foto: ReSurge International