Nos tempos antigos eram citados muitos cuidados no pós-parto que eram colocados como essenciais para a saúde da mulher, que hoje são descartados. Um dos principais, era sobre quando lavar o cabelo após o parto e sobre os sintomas intensos se não fosse guardado essa regra.

Era dito que se fosse lavado o cabelo após o parto, as mulheres poderiam ficar “loucas, “devido a intensas dores na cabeça, que poderiam ocorrer pelo resto da vida. Outra versão é que o sangramento intenso do pós-parto poderia inclusive subir para a cabeça, sendo responsável pelas dores intensas da cabeça. Mas obviamente com o passar dos anos, essas histórias foram sendo desvendadas e esclarecidas.

Algumas mulheres ainda temem pelas lendas contadas pelas mães e avós, e ainda preferem seguir à risca esse “cuidado” para garantir que nada ocorra. Fora a pressão dos antigos quando acompanham a mãe novata, principalmente na maternidade. Mas afinal, pode ou não pode lavar o cabelo após o parto?

Posso Lavar o Cabelo Ainda na Maternidade?

E a resposta é: claro que pode! Obviamente tomando todos os cuidados necessários para garantir a sua saúde, afinal você acabou de ganhar bebê e querendo ou não, seu corpo está muito fragilizado e merece alguns cuidados a mais.

Você pode lavar os cabelos após o parto ainda na maternidade, mas é bom garantir que não pegue friagem ou até mesmo ficar deitada com os cabelos molhados. Após anos seguindo com esse mito, hoje é comprovado que não existe razões para as mulheres mudarem seus hábitos de higiene por conta do parto.

Caso ainda tenha dúvidas, pergunte ao seu obstetra e esclareça todas as questões que ainda sondam sua cabeça. É melhor pecar por excesso de perguntas, do que fazer algo com medo das consequências.

Mitos e Verdades da Quarentena

Quando se trata dos pós-parto, é um assunto bem delicado já que envolve a proteção do corpo e saúde da mulher. Claro que existem muitos cuidados um tanto quanto exagerados, mas outros devem ser seguidos rigorosamente como garantia do bem-estar feminino.

Prisão de ventre: (VERDADE) alguns alimentos causam sim maior acumulo de gases intestinais, causando um grande desconforto. Acrescente alimentos ricos em fibras que ajudarão o trabalhar intestinal, como mamão e laranja, lembrando de se hidratar muito.

Carregar peso: (VERDADE) após o parto, o corpo demora um certo período para se recuperar totalmente de todas as transformações da gestação. Não carregar peso nessa fase não só garantirá que os pontos (se tiver tomado) não abram, como o corpo se recupere de forma segura.

Relação sexual: (VERDADE) após o nascimento do seu filho é indicado esperar o final da quarentena para ter relação sexual com seu parceiro. A quebra dessa indicação pode causar infecções, dores intensas abdominais e na vagina, além de dores na penetração. Por isso o recomendado é aguardar os 40 dias para ocorrer a cicatrização e recuperação 100% do corpo.

Emagrecimento na amamentação: (VERDADE) A amamentação exclusiva do bebê, acelera o metabolismo da mulher. A produção acelerada do leite materno e de todas as substancias que nele contém são comparados a 30 minutos de corrida, que equivalem a aproximadamente 400 calorias eliminadas.

Queda de Cabelo Intensa: (VERDADE) com o grande aumento de hormônios durante a gravidez é normal ocorrer um aceleramento no crescimento dos cabelos. No pós-parto essa variação hormonal (queda) causa o efeito contrário, fazendo com que os cabelos caiam. Claro que em grande quantidade, o médico deve ser consultado para avaliação.

Enquanto a mamãe amamenta as chances de engravidar não existem: (MENTIRA) a mulher pode engravidar sim enquanto amamenta e por isso é indicada a prevenção para que isso não aconteça. São indicados como métodos: pílulas anticoncepcionais apropriadas para quem amamenta e preservativo íntimo. Converse com seu ginecologista para encontrar o melhor contraceptivo.

Mulher não poder lavar o cabelo após o parto: (MENTIRA) não tem risco nenhum e se trata somente de histórias dos antigos. Os cabelos podem ser lavados assim que a mulher tiver autorização para se levantar após o parto.

Fazer exercícios físicos sem nenhum problema: (MENTIRA) a pratica de exercícios físicos após o parto é proibida. O corpo precisa se recuperar de todas as transformações da gravidez e isso leva um certo período. Para voltar a praticar qualquer atividade física após o parto é necessária liberação do seu ginecologista.

Amamentar deixa o peito caído: (MENTIRA) A questão dos seios caídos depende muito da genética da mulher, além claro do modelo de sutiã que opta em usar nessa fase. Existem modelos de sutiã que sustentam melhor o aumento dos seios e que são mais confortáveis para esse momento.

Vagina muda após o parto vaginal: (MENTIRA) algumas mulheres relatam que depois do parto normal as relações sexuais não são mais as mesmas, já que suas vaginas acabaram alargando. Mas não se engane, o parto não muda a estrutura da vagina, já que ela retorna totalmente ao seu estado anterior após o parto. Mas vale alertar que é indicado esperar os 40 dias para ter relação sexual, garantindo a saúde intima da mulher.

O leite materno fraco para o bebê: (MENTIRA) não existe leite materno fraco e muito menos que não sustente o bebê. O que pode acontecer é ocorrer dificuldade de o bebê mamar (pega incorreta do seio) e por isso a produção do leite materno ser influenciada, já que quanto mais mama mais leite é produzido. É só alinhar as dificuldades que a mamãe tem para amamentar, que o leite volta a ser produzido na quantidade exata e garantindo todos os nutrientes para o bebê.

Veja Também: Por que Acontece a Queda de Cabelo Pós-Parto?
Foto: marmaladelane