Ser Mãe de Gêmeos, Como É? – Thais Ujvari

Como será ter uma gravidez gemelar? E descobrir que será mãe de gêmeas idênticas? Leia o relato da leitora Thais Ujvari que é mamãe super orgulhosa das gêmeas idênticas Laura e Alicia, duas delicias de bebês!

gravidez gelemar 1

“Quando fiz 13 anos descobri que tinha síndrome do ovário policístico e comecei a tomar anticoncepcional para tentar amenizar as cólicas e espinhas que começaram a surgir na mesma época. Quando casei procurei minha médica para fazer exames em geral pois estava com 26 anos, e nunca parei com a pílula. Ela foi bem clara em me dizer que quando eu quisesse engravidar teria que ter muita paciência, pois a síndrome, dificulta na maioria dos casos a mulher de engravidar, tem umas que não conseguem, mesmo com tratamentos, e ela ate citou que eu teria que fazer uma contagem de óvulos, algo assim… Apos um ano de casada eu e meu esposo decidimos que íamos começar as tentativas para engravidar. Eu fiquei morrendo de medo, fui à medica, ela me passou ômega 3 e acido fólico e falou pra mim tentar uns 6 meses e se acaso eu não conseguisse iríamos começar a bateria de exames.

A ultima pílula ingeri dia 23 de dezembro de 2012, e então eu e meu marido ficamos pensando positivo cada vez que namorávamos… Dia 23 de janeiro veio minha primeira menstruação, claro que em um mês eu não engravidaria, mas no fundo me chateou, e assim se foi mais um mês no dia 23 de fevereiro acordei, tinha tido muita cólica no dia anterior, já tinha ate dormido de absorvente, quando fui ao banheiro pela manha, não tinha sangue, resolvi que iria tentar fazer o teste de gravidez de farmácia e lá estavam duas linhas (o que indicava positivo). Após uma semana fiz o primeiro ultra o que apresentou apenas um saco gestacional, e não tinha feto, o médico alertou dizendo que podia ser uma gravidez embrionária, sem embrião, indicou que eu voltasse dali umas semanas, e dia 22 de março lá estava eu de novo com o coração na mão… e para a nossa surpresa tinha sim um feto, alias dois…Minha reação??? a primeira foi um ataque de riso, depois um ataque de choro, não entrava na minha cabeça que existiam duas crianças dentro de mim… Escutei os dois corações, e quase parei de escutar o meu tamanho foi o susto!!!

Durante a gravidez tudo ocorreu muito bem, os fetos sempre estavam acima da média de tamanho, com 14 semanas descobri que seriam duas meninas e ali já comecei a chama-las pelo nome Alicia e Laura, também descobrimos que iriam ser idênticas. Com 23 semanas fiz a ultrassom morfológica e ela alertou que meu colo do útero havia encurtado, o que colocava tudo em risco, as nenês podiam nascer a qualquer momento, então passei a ter repouso absoluto, levantava apenas para comer, ir no banheiro e ir pra cama.

Sempre quis que as nenês nascessem dia 15/10, pois foi o dia que meu esposo me pediu em namoro e depois me pediu em casamento no mesmo dia… e achei que a data seria especial… mas no dia 18/07 a medica me colocou de repouso absoluto e foi bem clara que as nenês não ficariam mais um mês dentro de mim, faltava tanto ainda, eu tive tanto medo, mas tive fé, agradecia a Deus quando ia deitar todos os dias, porque mais um dia tinha ido e elas não tinham nascido…Chegamos em outubro nem nenhuma ameaça de trabalho de parto, em todas consultas a medica falava que não passava mais uma semana, mas passaram várias, e com 38 semanas exata fui para o hospital, e adivinham que dia era? Dia 15/10/2013… Nasceram cheias de saúde, a Alicia com 2,280gr e a Laura 2,160gr. Tive todas as dificuldades de mãe de primeira viagem, as amamentei ate um mês e meio, meu leite acabou secando, foi muito cansativo, era 40 minutos cada uma em cada seio, e dai complementava com 30ml de leite artificial. Mesmo cansativo foi totalmente gratificante, é um momento seu e do bebe, então era muito especial, agora elas só mamam o leite artificial na mamadeira, e agora entrando no terceiro mês, já começaram tomar agua de coco e suco de laranja lima, cenoura e beterraba.

Não sei como é ser mãe de um bebe só. Cuido das minhas filhas sozinhas desde que elas tinham 20 dias. Se estou cansada? Muito! Porém, quando acordo de manha e vou pro berço pegar elas e recebo aquele sorriso banguelo tanto de uma quanto da outra percebo o quanto Deus foi maravilhoso comigo, pra quem achou que nem poderia engravidar, e tenho aqui duas princesas, elas são super quietinhas, tem horário pra tudo, so tenho a agradecer a Deus, por ter me dado esse presente, e essa missão de ser mãe de gemelar, e agradecer muito as amigas que fiz no youtube onde contei toda semana sobre minha gravidez, e fiz amiga que me deram e dão ate hoje muita força.”

Canal da Thais o Youtube onde ela conta mais da vida de mãe de gêmeos: https://www.youtube.com/user/Thaismoda

Veja também: Profissão mãe: Mãe em tempo integral sim senhor!

Foto: Acervo Pessoal