Oh fase cheia de mudanças! A gravidez é momento de total transformação no corpo, nos cabelos, no humor e também na pele da mulher. Algumas são privilegiadas e durante esse período ficam com a pele mais vistosa do que nunca, já outras acabam premiadas com as tãos temidas manchas de gravidez, isso quando não com muitas estrias e em alguns casos muitas espinhas.

Devido a grande alteração hormonal que ocorre no organismo da mulher ao longo dos 9 meses de gestação, incluindo principalmente o aumento do estrógeno, a sensibilidade à luz solar também é alterada. Esse é o principal fator responsável pelas marcas e manchas de gravidez também conhecidas pela medicina como cloasmas ou melasmas gravídicos. O aumento dos níveis hormonais estimula a melanogênese que é a responsável pela formação da melanina no corpo, e onde surgem manchas escuras em locais isolados do corpo. O fator exposição solar é o principal motivo porem a predisposição genética da mulher juntamente da variação hormonal também são motivos levados em consideração para o problema. Por esse motivo é impossível prever o surgimento das manchas de gravidez e sendo a melhor saída cuidar e muito da pele, redobrando os cuidados neste período. Sabe aqueles cuidados que sempre são alertados pelos dermatologistas em relação aos cuidados da pele?? Então, coloque-os em pratica e redobre ainda mais os cuidados, como em relação à exposição ao sol.

Evite a exposição solar entre as 10:00 hs da manha até as 16:00 da tarde, pois é neste período que os raios solares estão ainda mais fortes, sendo descartado como uma exposição saudável a pele. O uso de bonés e chapéus para caminhar sob a exposição do sol, também é uma orientação medica juntamente claro do uso de filtro solar especifico e indicado por dermatologista. O uso de filtro solar deve ser feito inclusive em dias nublados e devendo ser reaplicado a cada 2 horas para que a proteção seja mantida. As manchas de gravidez costumam surgir em torno dos 6 meses de gestação e aparecem como manchas escuras marrons. Os principais locais a surgir são rosto, barriga, axilas, colo, braços e virilha. O problema pode desaparecer normalmente após o nascimento do bebê, mas existem casos que elas duram por anos após o parto se não obtiverem o tratamento adequado. Por isso se esta sofrendo com as manchas da gravidez, procure um dermatologista um quanto antes e inicie o tratamento ideal para não sofrer com a situação por tempo prolongado.

As Manchas de Gravidez já Surgiram, e Agora o que Faço?

Se você não foi alertada aos cuidados com a pele para evitar o aparecimento das manchas de gravidez e agora já esta sofrendo com o problema saiba que existe tratamento para o desaparecimento delas, porém grande parte dos dermatologistas prefere iniciar o tratamento somente após o parto, ou melhor, após desmamar o bebê. Afinal o tratamento consiste em uma junção de produtos e métodos que podem ser prejudiciais ao desenvolvimento fetal e durante a amamentação, ao bebê. Os tratamentos indicados para remoção das manchas de gravidez são peelings a base de acido retinóico, licorice, arbutin, hidroquinona, fídico e kójico, cremes e pomadas de clareamento e sessões para retirada a laser. Devendo ser realizada a manutenção em casa posterior, com a ajuda de formulas desenvolvida para o clareamento de manchas da pele juntamente de um protetor solar que evitará que as manchas venham a surgir novamente. Vale lembrar que a pele uma vez manchada, se não tratada de forma correta pode vir a surgir a qualquer momento novas manchas, por isso a importância no tratamento realizado corretamente. Para as mulheres que já sofrem com o problema de manchas, é indicado o uso de sabonetes de PH ácido diariamente além de hidratar com cremes hidratantes com fator solar mais alto, nunca se esquecendo das áreas do colo e do pescoço também.

Se o caso esta se agravando e as manchas ficando cada vez mais escuras, procure seu dermatologista. Alguns indicam como tratamento algumas formula ou sabonetes mais suaves e com componentes que não oferecem risco a gravidez, porém não oferecem grande eficácia, mas sim uma suavidade nas manchas o que pode auxiliar para que o problema não se agrave e acentue ainda mais. Existe também uma receita caseira que algumas mulheres indicam como milagrosa, que é a junção do tomate com o leite. O método é simples e deve ser utilizado pelo menos 2x na semana para se obter o resultado esperado. Corte um tomate ao meio e coloque um pouco de leite em um recipiente. Mergulhe a metade do tomate no leite e passe pelas manchas do rosto e corpo, durante 10 minutos. Claro que a receita é caseira e não tem nenhuma comprovação medica do resultado, mas não custa tentar, não é? Ainda mais durante a gravidez que não se pode usar métodos mais fortes.

Veja também: Linha Nigra e Manchas da Pele na Gravidez

Foto: ROBERTO CARLOS PECI,  « м Ħ ж »