Menstruação Precoce Atrapalha a Fertilidade?

Para quem menstrua cedo, uma das dúvidas que surgem ao longo da vida reprodutiva, é se a menstruação precoce atrapalha a fertilidade. Muitas vezes a primeira menstruação da menina vem em torno de 12 a 15 anos de idade e a menstruação precoce, em torno de 9 a 11 anos. Porém o que afetaria a fertilidade menstruar tão cedo? Quais fatores são relevantes para uma mulher adulta que menstruou muito cedo?

Qual a Ligação Entre Menstruação e a Fertilidade

A fertilidade é diretamente ligada à menstruação. Isso porque uma série de hormônios fazem com que os ovários comecem a funcionar e desencadeiam a ovulação e, posteriormente a menstruação.

O FSH que é o hormônio principal liberado pela glândula hipófise (que fica no cérebro) dá o ponta pé inicial no ciclo. Embora a menina tenha em seu corpo os sinais da puberdade, apenas após a liberação do FSH que irá estimular outros hormônios como o LH, progesterona, estrogênio e outros, é que realmente começa o ciclo ovulatório.

Os folículos que já estão armazenados nos ovários desde a formação intra útero, ainda durante a gravidez, irão começar a ser estimulados. Após a maturação a ovulação acontece e se não for fecundado, após alguns dias a menstruação virá. Contudo, podemos dizer que a menstruação precoce irá prejudicar a vida fértil da mulher caso não sejam tomados alguns cuidados durante a vida.

Mas Qual é o Problema que a Menstruação Precoce Causa Para a Fertilidade?

Os óvulos são limitados. Embora uma menina em formação na gravidez, ainda intrauterina tenha por volta de 6 ou 7 milhões de óvulos, ela chegará na fase de puberdade com uma reserva ovariana de 300 a 500 mil óvulos e até a os 35 a 40 anos, a mulher terá apenas entre 400 a 500 óvulos liberados e estimulados para que possam amadurecer e engravidar.

Mas por que com tantos óvulos a fertilidade é comprometida? Nem sempre a qualidade dos óvulos éideal, nem todos os óvulos chegam á fase madura, nem todos chegam a ser estimulados… uma série de fatores. O importante a dizer é que quanto mais ciclos menstruais a mulher têm, mais óvulos irão ser "desperdiçados".

Importante: O fato é, quanto mais a mulher menstrua, mais ela perde seus óvulos saudáveis. Quanto mais jovem, melhor a qualidade dos óvulos e, já nos últimos anos de idade reprodutiva, a qualidade dos óvulos não será a mesma do que a do começo da idade reprodutiva.

Quais os Fatores Que Influenciam Na Aceleração da Perda de Óvulos?

Mulheres que menstruam cedo tendem a ter a vida reprodutiva mais curta. Uma mulher que menstruou aos 10 anos, terá uma vida fértil adulta muito menor do que uma mulher que menstruou aos 13, 14 anos, isso porque o fator idade influenciará na decisão de ter um filho.

Se ela decidir engravidar aos 35 anos, terá menor quantidade de reserva ovariana para uma gravidez saudável, sem riscos de má formação e doenças cromossômicas. A genética familiar também é um dos fatores que implicará na fertilidade.

Isso porque há cromossomos, genética de algumas famílias que aceleram o amadurecimento dos óvulos. Enquanto uma mulher normalmente estimula de 7 a 10 óvulos, com 1 folículo maduro em seu ciclo, há organismos que podem dobrar essa quantidade, por isso a incidência gemelar em alguns núcleos. Devemos lembrar que não ha como recuperar a reserva ovariana.

Como Evitar a Perda Ovulatória e Amenizar o Problema

Embora meninas que menstruem cedo estejam bem, seus óvulos estejam fortes e saudáveis, deve-se consultar um médico para verificar a possibilidade de fazer com que esta menina não ovule para resguardar os seus óvulos.

Casos extremos de família com históricos de anovulação, problemas de fertilidade femininos, são passiveis de fazer com que esta menina pare de menstruar por um período para resguardar sua fertilidade. Esse procedimento será indicado pelo médico, escolhendo a melhor forma de manter a reserva ovariana quase intacta.

Quanto menos ciclos menstruais uma mulher tiver, maior a qualidade de seus óvulos, isso porque os ovários irão parar no tempo, como se não estivessem sendo usados, consequentemente ficarão extremamente funcionais no momento adequado.

Por isso é importante frisar, que mulheres que tomam anticoncepcional por muitos anos, não terão problemas extremos por conta disso, no máximo os ovários demorarão mais tempo para terem suas atividades retomadas e então, retomar a ovulação normalmente.

Se você menstruou bastante cedo, vale à pena consultar um médico para fazer uma dosagem da reserva ovariana. Este exame é simples e custa muito pouco. Na verdade, algumas empresas até fornecem o exame de FSH e LH para reserva ovariana.

Na dúvida vale à pena consultar um especialista em fertilidade e verificar o prazo, de acordo com sua vontade de ser mãe naquele momento ou esperar um pouco mais, mas resguardar seus óvulos será importante para o momento certo.

Veja Também:Menopausa Precoce – Como Descobrir?

Foto:cuncon