A menstruação é o marco da vida de toda menina, é quando ultrapassa da fase de criança para mulher. É nela que se cerca o milagre da vida e a possibilidade de a mulher gerar uma vida dentro do seu ventre.

Quando nós pensamos em menstruação, pensamos no sangramento mensal que toda mulher em idade fértil possui. Mas como tudo acontece e como o corpo reage as alterações até chegar a esse sangramento? Como é o preparo do corpo para receber um embrião e poder gerar um bebê?

São dúvidas comuns e que são facilmente respondidas ao nos aprofundarmos na anatomia do sistema reprodutor feminino e toda a mágica da vida que acontece ao redor de todas as mulheres.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes (Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Conhecer FamiGel!

O que é Menstruação?

Menstruação é o sangue expelido pelo corpo feminino mensalmente, em cada ciclo menstrual. Na verdade, esse sangue é a escamação do endométrio que fica alojado nas paredes internas uterinas e se desprende quando não ocorre uma fecundação.

O fluxo menstrual é composto por sangue e resíduos do endométrio. Esse sangramento tem durabilidade de em média 3 a 7 dias e pode variar de mulher para mulher. A menstruação se inicia na vida de uma mulher por volta dos 12 anos de idade (menarca), em alguns casos considerado precoce, aos 8 anos e se encerra na fase da menopausa em torno dos 45 e 55 anos de idade.

Em alguns casos pode ser encerrada precocemente por conta de alguns problemas hormonais e até mesmo procedimentos cirúrgicos, como retirada de útero (histerectomia), onde é cessada a menstruação e os sintomas da menopausa podem ocorrer.

Enquanto existe a presença da menstruação, significa que a mulher está em idade fértil e pode engravidar a qualquer momento. Pois ela faz parte do ciclo menstrual e de toda a preparação do sistema reprodutor feminino para gerar um bebê.

Cor e Textura da Menstruação

Quando falamos de sangue menstrual automaticamente pensamos no sangue vermelho, de cor viva, mas nem sempre é esse aspecto que ela tem, mesmo sendo esse o considerado normal.

É comum mulheres terem fluxos com coloração diferenciada, como vermelho escuro ou em tom marrom conhecidas como borra marrom. Sua textura pode variar de liquida para gosmenta e isso pode ser sinal de alteração hormonal, no caso de estrogênio ou progesterona.

No caso da menstruação de sangue vivo, mesmo sendo considerada a saudável, se ocorrer a presença de pequenos coágulos, pode significar um pequeno descontrole hormonal. Se o sangue menstrual for reduzido e de coloração rosada, seu endométrio pode estar mais afinado que o normal e não ter ocorrido estimulação suficiente para o endométrio engrossar e revestir as paredes do útero.

Fluxo Menstrual Forte

A quantidade do fluxo menstrual varia de mulher para a mulher, não existe uma regra, assim como os dias de duração do ciclo. Algumas possuem fluxo menstrual intenso e com maior durabilidade, até 8 dias. Pode parecer assustador, principalmente para aquelas que precisam trocar de absorvente até 6 vezes por dia, mas acredite, não é!

O fator fluxo intenso não é preocupante, a não ser pelo desconforto da mulher obviamente. Mas o que pode desencadear a saúde da mulher devido o fluxo intenso fora da normalidade sim.

O excesso de sangramento menstrual pode desencadear quadros de anemia profunda, assim como deficiência de ferro que podem afetar profundamente a saúde. Por isso, se você possui um fluxo muito forte, converse com seu ginecologista para fazer exames regularmente para avaliar sua saúde e se for o caso utilizar de algum tratamento para controlar o fluxo.

Fluxo Menstrual Fraco

Existem também as consideradas mulheres sortudas, que além de menstruar por poucos dias (3, 4 dias), ainda possuem um fluxo fraco, sem tantas preocupações com vazamentos e até mesmo trocas de absorventes.

Normalmente o fluxo fraco ocorre em mulheres que utilizam o anticoncepcional, pois ele provoca uma redução na produção do endometrio, o que faz que o sangramento menstrual seja menor.

Sintomas da Menstruação

Não é muito difícil notarmos as diferenças do nosso corpo quando a menstruação está se aproximando. Já que os sintomas são bem incômodos e evidentes, como o inchaço abdominal e a sensibilidade dos seios, além das terríveis cólicas menstruais.

Alterações no humor, dores de cabeça, dores intensas nas costas e em alguns casos até alteração do apetite, náuseas e tonturas. Os sintomas podem variar de um ciclo para outro e cada mulher costuma sentir diferente de outras. Alguns ciclos, podem ficar mais intensos e em outros simplesmente não acontecer.

IMPORTANTE: Se os sintomas da TPM são muito intensos a ponto de atrapalhar a vida profissional e social, converse com seu ginecologista sobre um tratamento de controle.

Menstruar Mais que Uma Vez no Mês é Normal?

Como já relatamos, a menstruação faz parte do ciclo menstrual e é o comum que ela ocorra mensalmente, uma única vez ao mês. No entanto, algumas mulheres podem sofrer “com essa visita” além do esperado, ocorrendo duas vezes ou mais no mesmo mês. Mas será normal?

E a resposta é: depende. Considerando que um ciclo menstrual costuma ter a durabilidade de 28 dias, afirmamos que o normal é que a menstruação ocorra uma única vez por mês. Mas sabemos que algumas mulheres possuem o ciclo menstrual menor e dependendo do mês pode ocorrer “a visitinha” da menstruação duas vezes no mesmo mês.

Por exemplo, se o ciclo da mulher tem duração de 25 dias, será natural ocorrer a menstruação no início do mês e também no final, dando a impressão de ter menstruado duas vezes no mesmo mês.

Mas, se não é o seu caso e você possui um ciclo regular de 28 dias ou mais, e está acontecendo de a menstruação vir mais vezes ou até mesmo ter pequenos escapes durante o ciclo, recomendamos que seja investigado a causa.

Principais Causas do Descontrole do Ciclo Menstrual

Um dos principais responsáveis pelo descontrole dos níveis hormonais das mulheres hoje em dia é o anticoncepcional. Pode-se ocorrer pequenos escapes ao longo do ciclo ou até mesmo até o organismo acostumar com a dosagem hormonal do medicamento.

Se o problema persistir por muitos meses, é necessário conversar com o ginecologista e talvez mudar de anticoncepcional para que o organismo se adeque a nova dosagem.
Outra causa bem comum, é a presença de miomas no útero. Em alguns casos, o mioma pode se desenvolver dentro ou fora do útero, provocando alterações no ciclo e causando irregularidade, além de escapes entre uma menstruação e outra.

Ovários policísticos ou cistos ovarianos também estão na lista de causas de descontrole do ciclo. Com o tratamento adequado é possível controla-los e regular novamente o ciclo.

Outro fator importante é o da sensibilidade feminina. Como a mulher é totalmente sensível a fatores externos, isso também pode vir afetar ao ciclo menstrual. Fases de muito stress, ansiedade e até mesmo crises emocionais podem vir afetar o funcionamento adequado do ciclo menstrual.

Como Regular o Ciclo Menstrual?

Para regular o ciclo menstrual é essencial a visita ao seu ginecologista. Para receitar o tratamento adequado será necessário saber a causa do descontrole do ciclo e para isso, exames serão solicitados.

Exames de sangue para avaliar os níveis hormonais e ultrassons específicos serão essenciais para avaliação. Se seu médico achar necessário poderá solicitar exames mais detalhados, mas no geral são o suficiente para obter um diagnóstico preciso e oferecer o tratamento correto.

Normalmente o tratamento segue a base de anticoncepcionais a base de progesterona, testosterona e estrogênio. Seu ginecologista verá qual o método mais apropriado ao seu organismo.

Menstruação faz parte da vida de todas as mulheres, então nada melhor do que conhecer o funcionamento do nosso corpo e saber quando algo não está dentro do esperado. Reconhecer sintomas e saber quando procurar ajuda medica, além de claro manter a saúde intima em dia e as visitas ao ginecologista sempre regulares, é uma ótima maneira de ter uma vida saudável.