Você sabe que há diversos fármacos que são utilizados para aumentar as chances de concepção, não é mesmo? E assim como outros fármacos, a metformina foi desenvolvida com alguns fins específicos, como tratar a diabetes do tipo 2. Porém, o uso para outros problemas foram descobertos ao longo do tempo. A metformina para engravidar foi associada à resistência a insulina que algumas mulheres podem desenvolver mesmo se não houver diabetes. Mas você sabe como isso influencia na fertilidade? Vemos ver a seguir!

A metformina para engravidar é usada em pacientes com problemas de ovulação, mais especificamente para mulheres com problema de ovários policísticos. Alguns estudos feitos há alguns anos, descobriram que há a probabilidade de uma mulher que tenha ovários policísticos desenvolver diabetes, devido à resistência à insulina ser muito grande. Por isso, a metformina têm sido, desde então, adotada como auxiliar no combate aos ovários policísticos. Mas como e por que os ovários policísticos atrapalham a gravidez acontecer e como a metformina atua?

Os ovários policísticos são múltiplos óvulos de até 6mm presos nos ovários. Esses óvulos são pequenas estimulações iniciais que o corpo não conseguiu por si só processar e transformar em folículos viáveis para a gravidez, por motivos hormonais ou mesmo por uma condição do ovário naquele momento. Dentre as várias opções para o tratamento desta condição, existe a FamiSop, a vitamina indicada especialmente para mulheres com ovários policísticos. A FamiSop contém em sua composição a mio-inositol, uma vitamina que combate os ovários policísticos com eficiência, restaurando os ovários e, assim, a fertilidade. Você pode encontrar FamiSop aqui em nossa loja virtual.

Quem tem ovários policísticos não significa que realmente tenha a síndrome, mas pode apresentar uma única vez na vida. Já mulheres que possuem a síndrome (ovários com aspecto policístico constantemente) são sérias candidatas a terem a resistência à insulina produzida naturalmente pelo corpo. Não que sejam diabéticas, mas podem vir a ser no futuro. Por isso, podem já apresentar reflexos dessa possibilidade nos ovários. Os sintomas dos ovários policísticos são:

  • Ausência da menstruação por períodos longos
  • Crescimento de pelos corporais (inclusive no rosto)
  • Ganho de peso
  • Espinhas e acne
  • Falta de apetite sexual

Como Usar a Metformina Para Engravidar?

Como dito acima, a metformina para engravidar é usada apenas para tratar mulheres com ovários policísticos ou que estejam extremamente acima do peso e desejem engravidar. A metformina não é um indutor de ovulação, ela apenas ajuda a limpar os ovários repletos de pequenos cistos “encruados” que podem impedir a ovulação de acontecer. O uso da metformina, nesses casos, pode ser associada à outros medicamentos apropriados para tratar este tipo específico de problema, como anticoncepcionais à base de estrogênio combinado que ajudam a fazer essa limpeza dos ovários.

A eficiência apenas com a metformina como tratamento único para os ovários policísticos depende exclusivamente da resposta do corpo ao tratamento e pode levar cerca de 1 ano até limpar por completo os ovários dos cistos, mas é eficaz na grande maioria dos casos. A partir de cerca de 3 ciclos após o início do tratamento é possível ver os resultados.

Para mulheres obesas que desejam engravidar, o uso da metformina é combinado como um combatente do alto colesterol e regulador dos níveis hormonais e dos males que o colesterol causa. Isso porque que o LDL (colesterol ruim) pode atrapalhar na hora de engravidar, tanto pelo fato de ser um veneno para o corpo, como o ganho de peso vindo do excesso de consumo de gorduras.

Então, lembre-se: a metformina para engravidar ajuda, porém, apenas em casos específicos e sempre com orientação médica. Não vá por conta própria fazer uso de medicamentos que possam prejudicar a sua saúde. Além de arriscada, a metformina traz diversos efeitos colaterais como tonturas, náuseas, diarreia, ganho ou perda de peso e outros. A indicação é de, no mínimo 500mg por dia, e, se necessário, aumentar a dose gradativamente até chegar em um valor ideal para o corpo. Por isso, é necessário que um médico acompanhe de perto.

Veja também: Ovários Policísticos – Pode Engravidar com Essa Sindrome?

Foto:Marc Perkins,SimonQ????