A preocupação com o comportamento, com as relações sociais e com a forma como o filho lida com problemas desde cedo faz com que as mães se desesperem. Mas talvez a maior relação, ou a mais preocupada que ouvimos das mães de crianças é “meu filho não come nada”.

De fato, o problema da alimentação não é algo que deixa os pais tranquilos. Começando pelo desenvolvimento do paladar da criança, que muitas vezes rejeita o que consideramos saudável.

Apesar de sabermos que uma criança tende a ter preferências por coisas mais doces, também é fato que o gosto pode ser moldado a partir do que a criança está ou não acostumada a comer, ou seja, é também responsabilidade dos pais fazer com que a criança se acostume a ter alimentos saudáveis em seu dia a dia.

Importância da Alimentação

A alimentação tem um papel fundamental no desenvolvimento das crianças em diversos aspectos de sua vida, como:

  • Desenvolvimento intelectual
  • Desenvolvimento físico
  • Prevenção de problemas de saúde
  • Prevenção de problemas nos dentes

Como é possível perceber, a alimentação é importante para todo tipo de desenvolvimento que uma criança vai ter e a falta dela pode acarretar em problemas sérios e que irão ter consequências para o resto da vida. Por isso, quando você perceber que seu filho não come nada, fique atenta ao que isso pode significar e em como você pode resolver esse problema.

Meu Bebê Não Quer Comer, e Agora?

Existem muitos motivos para um bebê não querer comer. Pode ser que ele esteja querendo te desafiar e evite comer o que você quer dar para ele, mas o fato é que todos sentem fome e, em algum momento, ele vai acabar cedendo.

Se ele persistir sem comer, você pode começar a cogitar outras razões para isso estar acontecendo, como alguma dor interna que ele ainda não consegue expressar ou até mesmo uma doença no sistema digestivo.

É importante saber diferenciar o que é uma criança “enjoada” de uma criança que realmente está com algum problema. Por isso, se a dúvida surgir, o mais indicado é levar o bebê até uma pediatra e dizer que seu filho não come nada, ela fará uma avaliação e te indicará as melhores alternativas para lidar com o problema.

Importante: É importante entender que uma criança tem o estômago pequeno e que muitas vezes se saciam com pouca comida. Se esse for o caso, pense bem antes de tentar dar mais comida, você pode estar forçando a criança a comer mais do que ela pode aguentar.

Pode ser só uma fase

Dados afirmam que entre os 2 e 3 anos é a fase onde a criança insiste em não comer. Isso acontece exatamente por conta do desenvolvimento social, onde ela testa seus limites e vê “até onde pode ir” com os pais.

Apesar de ser algo normal, não se deve simplesmente deixar que a criança tome conta da situação, até porque você é quem sabe o que é mais importante para ela em termos de alimentação.

Essa fase costuma ser um desafio, mas ainda assim é só uma fase que acaba com o tempo e a bendita frase meu filho não come nada será deixada para trás, pode acreditar! Normalmente, não é algo que prejudica o desenvolvimento do seu filho em nenhum aspecto e é natural que aconteça em algum momento, com mais ou menos duração do que outras, mas acaba acontecendo com você também.

Dicas para a Alimentação de Crianças Difíceis de Comer

Para contornar situações onde seu filho não come nada, é importante você perceber alguns aspectos que podem fazer com que isso mude. Primeiramente, preste atenção nos hábitos alimentares durante todo o dia.

Será que a criança não come nada mesmo ou só não come na hora das refeições? Será que existe alguma forma de fazer com que elas gostem mais da comida mais saudável? Algumas dicas para a alimentação das crianças são:

  • Evite que ela coma besteiras durante o dia. Em algumas ocasiões, comer um lanchinho ou um doce no meio do dia pode ser prazeroso, mas tornar isso um hábito pode fazer com que a criança perca o apetite na hora das refeições.
  • Não dê sucos ou refrigerantes durante as refeições. O estômago de uma criança é pequeno, o que significa que isso pode a encher muito e fazer com que ela perca o apetite.
  • Tente descobrir do que o seu filho mais gosta. Muitas vezes você pode se surpreender com a quantidade de alimentos saudáveis que o seu filho come com prazer. Valorize esse tipo de alimento.
  • Mantenha verduras e legumes em todas as refeições. Isso mantém todos os nutrientes que as crianças precisam para ter um desenvolvimento saudável, além de criar o hábito de comer esse tipo de alimento, com o tempo, elas acabam pegando até gosto.

Observe os Hábitos Alimentares

Existem muitas formas de estimular o apetite da criança e fazer com que a frase meu filho não come nada comece a sumir do seu vocabulário. Além de seguir as dicas dadas neste artigo, é importante conhecer muito bem os hábitos alimentares de seu filho.

O que ele come quando está na escolinha, por exemplo, pois isso também pode estar afetando a sua alimentação dentro de casa. Em resumo, ter controle sobre o dia a dia da criança é a chave para resolver esse problema que é tão comum para muitas mães.

É muito comum ouvir de muitas mães a frase “meu filho não come nada”. Apesar de causar muitas preocupações e até desespero em algumas, isso pode não ser uma coisa tão grave quanto se pensa.

A formação de uma criança passa por fases e, algumas vezes, ela tenta testar os seus limites para saber até onde tem poder dentro de casa. É um momento complicado, mas que pode ser controlado facilmente pelos pais, principalmente se eles têm toda as informações e conhecimentos necessários para lidar com a situação.

Esse é o porquê de ser tão importante nos mantermos atentos sobre a criação de crianças e seus problemas, já que muitos deles podem ser mais normais do que se imagina. Mas principalmente, precisamos saber como e quando os casos que lemos se aplicam à nossa realidade, assim conseguimos saber exatamente como lidar com os problemas pelos quais nós estamos passando.

Veja Também: Como Dar Remédio para Criança
Foto: avitalchn