Esse medicamento realmente é um dos melhores para alguns casos de descontrole hormonal. Não sou médica, mas sei que no meu caso foi muito mais que eficaz. Estava com muitas espinhas e os pelos grossos como espinho e a menstruação atrasada. Já nem sabia mais quantos dias pois parei de contar nos 74 dias de ciclo.

Já havia engordado horrores e andava me sentindo muito inchada. Fui a médica de costume, que me recomendou exercícios. Sim, exercícios, mas disso eu já sabia! Tinha que emagrecer mesmo, mas e o resto? Será que falta de exercícios deixam os pêlos grossos e a cara cheia de espinhas? Agora bem mais irritada com a situação, voltei lá e exigi que ele me encaminhasse para fazer alguns exames, e mesmo assim ela resistiu em dar as guias. Gente, não desmerecendo os bons profissionais, mas hoje em dia há uma limitação na quantidade de exames que o médico pode pedir? Fala sério!

Bom, voltemos ao mais importante. Fiz os exames (hemograma, TSH, progesterona, testosterona, estrogênio, mais alguns de sangue, urina e uma ultrassom). Demorou uns 10 dias pra ficar pronto, e quando eu peguei pela internet os resultados notei que todos estavam alterados, de certa forma fora do normal, alguns mais e outros menos.

evei os exames para a médica ver o resultado, e aí foi que realmente tomei um susto. Estava com a testosterona totalmente descontrolada, juntamente com a progesterona e estrogênio também, fora um cisto no ovário que estava impedindo a ovulação.

Haviam duas saídas: ou tomava anticoncepcional, ou esse tal de regulador. Em conjunto com a médica optamos pelo lovorgestrel+estradiol 2mg (estradiol), Isso porque o anticoncepcional junto com medicamentos como o para pressão, por exemplo (sim, na ocasião estava tomando hipertensivo), poderia ser prejudicial a minha saúde. Então comecei a tomar, e inicialmente seriam por 3 ciclos. O medicamento realmente muda a sensação vaginal, e a temperatura também sobe devido aos hormônios. Já no primeiro ciclo eu menstruei certinho no intervalo do remédio.

Para algumas mulheres, é possível corrigir esses desequilíbrios hormonais com mudanças alimentares. O inhame, por exemplo, possui um fito-hormônio chamado diosgenina. Essa substância é capaz de estimular os níveis hormonais no cérebro, ajudando a regular o ciclo. Sabemos que não é fácil consumir inhame todos os dias, portanto uma dica são ascápsulas de inhame, que ajudam a obter estes benefícios de forma mais prática. Você pode adquirir suas cápsulas de inhame em nossa loja virtual.

Para que Serve o Regulador de Menstruação

O indutor serve para reorganizar os hormônios. Como o próprio nome diz, serve para regular os hormônios.Você pode se perguntar: para que serve essa medicação e será que vai resolver o meu problema?

Sim, se o seu problema for hormonal, ele tende a deixar todos em ordem. Ele age mais efetivamente no estrógeno e também complementa a progesterona, fazendo com que todos os hormônios entrem nos eixos. Agora, cada caso exige uma atenção especial e pode ser que para o seu caso não seja a ideal. Então a opinião do seu ginecologista é fundamental. Além do estrogênio e da progesterona existem outros hormônios no corpo e, se por acaso não for o tratamento ideal, não será receitado.

O regulador também pode ser usado para tratar ovários policísticos, mas nem toda mulher com SOP pode usar a medicação. Neste caso, uma saída pode ser a vitamina mio-inositol, um sinalizador para hormônios que pode ajudar a aliviar estes desequilíbrios. O mio-inositol é o ingrediente principal do FamiSop, que você encontra em nossa loja virtual.

Regulador Menstrual Evita Gravidez?

É possível engravidar sim. O regulador não é anticoncepcional, ele somente ajuda o ciclo a entrar no lugar por repor hormônios que podem estar em desequilíbrio. Ele é feito de hormônios como o anticoncepcional, porém pode facilitar a gravidez ao invés de a evitar.

Ele não previne a gravidez, então se você está tomando o regulador e não quer engravidar deve adotar outros métodos como camisinha ou DIU. Nenhum outro anticoncepcional deve ser usado junto com o indutor e qualquer outra interação medicamentosa deve ser acompanhada e indicada pelo ginecologista que prescreveu o tratamento.

Como Tomar o Regulador de Menstruação?

A medicação é uma ótima opção, porém só deve ser usado sob supervisão, como qualquer outro medicamento de tarja vermelha. Tomar medicação sem o conhecimento do seu médico pode ser perigoso e até mesmo piorar o seu caso ao invés de ajudar.

A dose a ser tomada varia de mulher para mulher, portanto não siga as instruções medicas indicadas para uma amiga ou familiar. No post da segunda parte sobre a medicação, coloquei algumas perguntas mais frequentes e assim poder esclarecer o seu caso, porém se houver duvidas ainda, basta entrar em contato.

Veja Também: Este Regulador Me Ajudou a Engravidar Parte 2