Mônica Medeiros, a mamãe do Carlinhos! Carismática, uma simpatia pura e com um canal muito legal para quem deseja engravidar ou já é mamãe. A Mônica encanta com seus vídeos e conta um pouco das suas aventuras como mamãe de primeira viagem no canal de seu nome. Beleza, culinária, maternidade e dia a dia, esses assuntos você encontra no canal e participa do crescimento do seu lindo bebê! Bem vinda Mônica! 

Trocando Fraldas: Fala um pouco de você…
Mônica: Oiii Patricia, tudo bem? Primeiro, muito obrigada por entrar em contato comigo, eu sou inscrita no seu canal e amo seus vídeos, fiquei muito feliz com seu contato. Obrigada. Me chamo Mônica, casei cedo, aos 22 anos eu fui morar com meu namorado e noivamos, em cinco meses de noivado, já com o casamento marcado, eu engravidei e hoje temos nosso primogênito Carlinhos… Sou formada em Publicidade & Propaganda e trabalho em casa, no formato Home Office, assim posso me dedicar tanto ao lar quanto a minha carreira.

Trocando Fraldas Como surgiu o canal no Youtube?
Mônica: Há muito tempo eu queria ter um canal no YouTube, a primeira ideia era falar sobre relacionamento, já que na época eu era noiva e tínhamos acabado de nos mudar para o nosso apartamento, mas eu não tinha coragem hehe, até que quando casei comecei a dar dicas para casamento no civil, festa de casamento etc. E hoje falo sobre tudo, mas o foco é lar, saúde e maternagem.

Trocando Fraldas: Como conheceu o maridão e como foi a decisão de engravidar?
Mônica: Conheci meu esposo num restaurante onde eu era Relações Públicas, namoramos durante um ano e meio e decidimos morar juntos e noivar, já pensávamos em ter um filho quando ainda éramos apenas namorados (risos), então essa ideia sempre esteve presente e o nome já estava até decidido: Carlos – para homenagear meu falecido sogro. E não é que veio o Carlos mesmo?!

Trocando Fraldas: Como foi que desconfiou do seu positivo? (Como foi o seu positivo)
Mônica: Eu ficava controlando por um app de ovulação no celular… Foi engraçado, fizemos o teste de farmácia numa terça-feira de carnaval e não tinha nenhum laboratório aberto para fazer o exame de sangue, uma ansiedade só…

Trocando Fraldas: Qual foi a reação que o marido teve ao receber a grande noticia?

Mônica: Eu fiquei assustada com o teste e fui correndo contar para ele (era 6:00 am) e ele pulou da cama e gritou: “amooor, você está GRÁVIDA!” super feliz.

Trocando Fraldas: Teve algum problema referente a fertilidade?
Mônica: Eu tinha ovários policísticos, mas engravidei rápido, até antes do esperado… Pelos exames achávamos que ia demorar um ano ou mais para tratar e aí engravidar.

Trocando Fraldas: Você idealizou o parto por alguma via especifica? Como lidava com a possibilidade de uma cesariana?  O parto natural aconteceu “naturalmente” ou foi planejado?
Mônica: Eu me preparei para os dois, apesar de o meu sonho sempre ter sido o parto normal, eu estava preparada caso algo desse errado.  Eu me programei a gravidez toda com exercícios físicos, mas trabalhei muito meu psicológico ouvindo áudios da Monja Coen e foi a voz dela que eu mais ouvia durante o trabalho de parto, que foi exatamente como mentalizei…

Trocando Fraldas: Qual a sensação de dar a luz naturalmente?  (parto normal)
Mônica: Dar a luz de parto normal foi a sensação mais indescritível da minha vida. Uma mistura de sensações tomou conta de mim, eu estava muito feliz por ter entrado em trabalho de parto e saber que meu filho viria no tempo dele, e sabia que não era apenas eu que estava trabalhando ali, meu filho também estava fazendo esforço para nascer, meu esposo estava fazendo esforço para aguentar a me ver com dor e mentalizar que não era dor de sofrimento, a equipe médica estava fazendo esforço para que tudo ocorresse conforme o plano de parto e que desse tudo certo. Foi o trabalho em equipe mais lindo que já presenciei, a sensação foi ver a força da Mãe Natureza pairando sobre todos nós naquela sala de parto e uma alegria enorme ao ver meu filho tendo o primeiro minuto de vida sendo o primeiro minuto de ouro.

Trocando Fraldas: Qual a melhor coisa de ser mãe? O que nunca mudaria? O que mudaria?
Mônica: Eu ainda não sei a melhor parte, acho que me torno mãe todos os dias, é uma mistura de desejos e emoções.

Trocando Fraldas: Antes de ser mãe, como você imaginava a sua vida e qual a diferença da vida real da expectativa?   
Mônica: Eu imaginava que teria apenas um bebê e hoje eu tenho uma vida, uma continuação minha e do meu esposo, alguém para cuidar durante toda uma vida. Bem diferente da minha expectativa, eu não tinha ideia do quanto ser mãe era forte demais a ponto de não saber responder essa pergunta.

Trocando Fraldas: Tem alguma historia engraçada sobre troca de fraldas ou cuidados com o bebê? O que mais te assustou sobre os cuidados com bebês?
Mônica: Quem é mãe de menino entende que não pode dar bobeira durante a troca de fraldas, porque ele faz xixi muito rápido, então já fiquei na mira várias vezes e dancei (risos). Acho que o que mais assusta é o sono do bebê, nos primeiros meses eu tinha muito medo de morte súbita e não dormia para observar se ele estava respirando.

Trocando Fraldas: Um recado para quem está tentando ser mamãe como você e será mãe de primeira viagem.
Mônica: Acalme-se, quem é tentante normalmente é muito ansiosa pelo positivo, ele virá com certeza, mas quando você estiver tranquila. Aproveite sua casa, seu casamento, sua vida e viva o agora que tudo será encaminhado se você confiar.

Veja o canal da Mônica clicando aqui

Veja também: O Que Faz Sentido na Vida de Uma Tentante? Nádia Corsi