O corpo feminino funciona com uma verdadeira máquina, cada engrenagem tem sua importância para que seu funcionamento tenha o sucesso almejado. E uma das peças de extrema importância para o sistema reprodutor feminino, por oferecer proteção e principalmente como um auxiliar para as mulheres que desejam engravidar é o muco cervical.

O muco cervical não é tão comentado, a não ser que a mulher se torne uma tentante e descubra da sua importância para alcançar seu positivo de forma mais ágil. Por isso, vamos explicar como tudo funciona e da qual a sua importância neste momento.

O que é o Muco Cervical?

O muco cervical é uma secreção natural líquida produzida no colo do útero que tem o foco de impedir bactérias localizadas na área vaginal de chegar até o útero. Essa secreção é produzida internamente, mas secretada através da vagina. Sua produção é estimulada por influência dos níveis hormonais.

Nem todas as mulheres conseguem detectar a presença do seu muco cervical, ainda mais se não tem conhecimento da sua funcionalidade, ou quando notam, podem até se confundir com um corrimento. Mas ele é produzido de forma constante, com maior vigor na fase do período fértil.

IMPORTANTE: Muco cervical não é corrimento! Ele não tem cheiro, cor e não causa coceira

Qual a Função do Muco Cervical?

A principal função do muco cervical é o de proteger o útero da invasão das bactérias existentes na área da vagina, que podem ocasionar infecções graves. Mas também serve como uma forcinha extra para os espermatozoides a chegar até o útero durante o período fértil, já que sua textura e consistência aumentam nessa fase.

Por isso, é muito fácil identificar o período fértil através do muco cervical, porque suas características mudam, se apresentando de forma elástica e espessa, que pode ser notado com o toque, entre os dedos.

Fases do Muco Cervical

Como já citamos, o muco cervical é produzido constantemente ao longo do ciclo feminino. Mas, devido as alterações dos níveis hormonais ele vai mudando suas características para que se adeque as suas funções daquela fase.

Na primeira fase do ciclo, logo no início, o muco cervical se apresenta de forma mais grossa, e por isso é mais difícil de ser notado principalmente como umidade na calcinha, já que sua consistência fica mais evidente internamente.

Nesta fase, o colo uterino está fechado e o muco cervical tem como função ser uma barreira para os espermatozoides, para não chegarem até o útero. Então sua textura impede que cheguem muito longe.

Com a mudança dos hormônios, sua textura vai modificando, e o muco cervical fica mais fino, liquido e com aparência elástica, semelhante a clara de ovo. Por isso, ganha o nome entre as tentantes de muco clara de ovo.

Nesta fase, o colo do útero está aberto e o corpo feminino está preparado para ser fecundado, pois está no período fértil. Essa textura elástica do muco cervical neste momento, facilita a chegada dos espermatozoides até o útero.

Muco Cervical Hostil

Entre as mudanças que as mulheres podem sofrer ao longo do seu ciclo, pode-se ocorrer também alterações no muco cervical. Por alguns fatores, o muco que deveria ser o auxiliar na fertilidade, se torna um empecilho para que a gravidez ocorra. Quando isso ocorre, o muco cervical ganha o nome dos especialistas de muco hostil.

O muco hostil é quando o muco se apresenta de forma ácida e com textura mais densa, o que impossibilita não só a chegada dos espermatozoides até a cavidade uterina, mas da sobrevivência deles.
Para confirmar se tem muco hostil é necessário realizar um exame chamado pós-coital, e nele é verificado se existem espermatozoides vivos dentro da vagina. Mas vale alertar, que alguns especialistas não acreditam que essa acidez possa ser um empecilho para que a gravidez ocorra, já que muitas conseguiram engravidar naturalmente mesmo com a confirmação do muco hostil.

Como Confirmar a Presença do Muco Cervical?

Como a textura do muco cervical consegue ajudar as mulheres que desejam engravidar, saber identifica-o indicará quando é a hora ideal de caprichar nos treinos. Esse método de verificação do muco é conhecido como método Billings.

A constatação da elasticidade do muco cervical é um ótimo método de comprovar que a ovulação vai acontecer não só para quem deseja engravidar, mas também para as mulheres que desejam evitar.
Para confirmar a presença do muco cervical, se coloque em uma posição confortável, logo após higienizar as mãos, introduza um dos seus dedos dentro da vagina. Normalmente, quando a produção do muco está elevada próximo a fase ovulatória, não é necessário introduzir muito fundo. Porém, o quanto mais próximo do colo do útero você alcançar, mais garantido será.

Retire o dedo e esfregue um dedo ao outro, fazendo com que a secreção encoste no outro dedo. Assim, abra os dedos lentamente para observar a secreção.

Como Fazer a Leitura do Muco Cervical?

Após fazer a constatação da presença do muco cervical, é necessário fazer a leitura da secreção para entender em qual fase do ciclo você está.

  • Se a secreção está com aparência pegajosa, você ainda não está ovulando;
  • Se a secreção tem aparência cremosa, a ovulação está se aproximando;
  • Se a secreção é líquida, bem úmida e com aparência elástica, a ovulação pode estar acontecendo;
  • Se a secreção é bem úmida e se parece com a clara de ovo, o muco confirma que você ovulando ou prestes a acontecer.

Quando Não Devo Verificar o Muco Cervical?

Mesmo que a verificação do muco cervical já faça parte da sua rotina para acompanhamento do seu ciclo, é essencial saber quando NÃO verificar, para não confundir ou obter um resultado incorreto.

Não verifique o muco cervical após relações sexuais, o sêmen ou a lubrificação vaginal provocada pela excitação podem confundir na leitura.

Se a mulher não se sente confortável em fazer a conferencia manual, através da introdução do dedo, pode ser feita a leitura através da secreção que fica na calcinha ou até mesmo no papel higiênico ao se higienizar.

IMPORTANTE: A falta de muco cervical com consistência pode ser uma indicação de descontrole hormonal.

É possível Ovular e Não Ver o Muco?

A ausência do muco cervical pode indicar que algo esteja fora da normalidade. Pode ser devido a um descontrole dos níveis hormonais ou até mesmo a presença de alguma questão que esteja causando a infertilidade, mesmo que momentânea.

Mas também, existem os casos, de mulheres que produzem pouco muco cervical e por isso, nem sempre conseguem detecta-lo ou conferir para acompanhar a fase do ciclo. E isso é considerado comum e pode ser melhorado, ingerindo bastante água.

Se mesmo assim não ver melhora, e quiser dar uma forcinha extra para conseguir engravidar, existem produtos que fazem o papel do muco cervical e além de melhorar a lubrificação vaginal, melhoraram a mobilidade dos espermatozoides para chegar até o útero.

São considerados os gels amigos da fertilidade, como o FamiGel. Que fazem toda diferença para auxiliar na concepção e aumentar o prazer da mulher. Mas se notar que tem algo de diferente no seu corpo, além da ausência do muco cervical, converse com seu ginecologista para realizar exames que verificarão seus níveis hormonais.

Foto: Almondineverything