Primeiro precisamos nos lembrar do velho conselheiro: Bom senso. Quando o assunto é musculação na gravidez, temos que pensar que não é agora que você está grávida que vai querer se tornar uma mega atleta de alta performance né?

E mesmo que já tenha um ritmo de exercícios acelerado na musculação, precisa entender que o momento pede cautela e deve respeitar os limites do seu corpo ainda mais agora que está sobrecarregado, afinal está gerando uma nova vida, que não é pouca coisa não!

Tenho que Parar a Musculação?

Mas calma, não significa que precisa se manter sedentária e passar os 9 meses da gestação apenas curtindo o barrigão crescendo e os quilos a mais se aglomerando na balança. Muito pelo contrário! Exercícios físicos, incluindo a musculação na gravidez, são bem-vindos sempre, mesmo durante a gestação.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Liberação do Obstetra

A regra prioritária é, antes de mais nada pedir a liberação do seu médico. Só ele quem poderá avaliar se está apta ou não para fazer exercícios, quais os tipos de exercícios recomendados e te orientar sobre alguma restrição, quando houver.

Se você já frequentava a academia antes mesmo de engravidar, com certeza seu corpo estará mais preparado para continuar com as atividades de musculação na gravidez, mas mesmo assim com alguns cuidados.

Agora se a barriga saliente da gestação te motivou a cuidar da forma e da saúde, não é um problema. Nunca é tarde para incluir hábitos saudáveis em sua vida. Grávida pode e deve frequentar a academia e pode sim fazer musculação na gravidez.

Saiba quais os exercícios mais indicados durante a gestação e os que deve evitar para não comprometer o seu bem-estar e o do bebê.

Musculação para Gestantes – Pode ou Não Pode?

A musculação para gestantes, é um assunto que já rendeu muitas discussões. Muito se ouvia sobre o fato da musculação ser muito agressiva para a gestação, já que está associada a peso, séries de repetição extensa e alto grau de esforço físico.

Mas tudo pode ser adaptado, claro, sem excessos e com algumas restrições, a grávida pode sim fazer musculação durante a gravidez.

Antes de mais nada vale reforçar que somente o médico obstetra é quem poderá de fato te liberar para este tipo de exercício, principalmente se você ainda não o praticava antes de ficar grávida. Além disso é importante que escolha uma academia que tenha profissionais especializados em musculação para gestantes e que poderão te acompanhar na execução das atividades.

A musculação para gestantes realizada de forma adequada e sob a supervisão de um profissional capacitado, traz inúmeros benefícios para a gravidez como:

  • Melhora da circulação sanguínea e linfática;
  • Redução dos inchaços das pernas (problema comum que a maioria das grávidas enfrentam)
  • Redução de dores lombares
  • Fortalecimento das articulações

Os médicos recomendam esperar o primeiro trimestre da gestação para iniciar as atividades físicas, por ser um período mais delicado, onde o bebê ainda está se fixando no útero. Depois deste período, estando liberada pelo médico pode se permitir encarar este desafio com determinação e coragem e aproveitar todos os benefícios que a musculação na gravidez proporciona, inclusive para o fortalecimento dos músculos inferiores, o que ajuda a gravidinha a sustentar o peso do bebê com mais conforto.

Se você já fazia musculação antes de engravidar com certeza será mais fácil do seu corpo reagir aos exercícios, basta seguir as orientações do médico e do instrutor e adaptar a série respeitando às limitações para preservar uma gravidez saudável e sem riscos.

Quais os Exercícios Indicados e os Que a Grávida Deve Evitar

No geral todos os exercícios devem ser adaptados, se não a forma de executar, o tempo contínuo deve ser menor e as pausas para descanso com maior frequência, mas tudo isso o instrutor deve te orientar.

Alguns exercícios devem ser abortados durante a gestação, principalmente os que tem potencial para quedas e de confronto corpo a corpo, como lutas, e os de bola com batidas fortes, como vôlei, basquete e futebol.

Vale ressaltar se você já é uma atleta profissional a situação é outra, ainda que possa manter a prática da musculação na gravidez é necessário seguir as recomendações médicas.

O que sempre gera dúvidas nas grávidas é com relação à abdominal. Fazer abdominais durante a gestação deve ter alguns cuidados, como o uso da prancha de inclinação. Este exercício na musculação para gestantes ajuda no fortalecimento dos músculos abdominais, o que contribui no processo de parto, principalmente o parto normal.

Importante: Sempre sob o acompanhamento do profissional e com a liberação do seu médico. Um exercício realizado de forma errada pode ser sim muito prejudicial para sua gestação e até para o bebê.

Exercícios mais leves são super recomendados para as grávidas como caminhadas, bicicleta ergométrica, natação e hidroginástica, ainda mais se vai iniciar agora a prática de atividade física.

Lembre-se de confirmar com o seu médico se a sua gestação não está restrita a nenhum tipo de exercício, principalmente a musculação na gravidez. Nenhuma gestação é igual a outra, em alguns casos existem mais limitações para evitar qualquer tipo de risco para você e para o bebê.

Cuidados Especiais Durante a Musculação

Durante a realização da musculação na gravidez uma grande preocupação é com relação ao aumento da temperatura corporal que pode aumentar a temperatura do feto, causando a hipertermia.

O instrutor capacitado para musculação para gestantes deve ser preparado para ficar atento e monitorar sempre a sua temperatura, inclusive a ajuda de um frequencímetro, que é um aparelho que mede a frequência cardíaca, é bem útil.

Veja abaixo algumas situações que requer mais cautela para a prática da musculação na gravidez e que devem ser avaliadas em conjunto com o seu obstetra:

É comprovado que gestantes fisicamente ativas e que praticam a musculação na gravidez tem menos desconfortos físicos, ajudam na hora do parto, além de ser mais fácil de recuperar a forma física no pós-parto.

Mas quer saber mesmo qual o maior ganho? Está no bem que faz para a sua autoestima e qualidade de vida. Afinal, mesmo desfilando o barrigão é super prazeroso frequentar academias e se sentir bem com o próprio corpo. Portanto, prepare o look de malhação e seguindo todas as recomendações, aventure-se com prazer na categoria “gestante fitness”!.

Veja Também: Atividades Físicas Para Grávidas: O que é Recomendado ou Não
Foto: Public Health Image Library (Website)