Ter um filho é uma das experiências mais fascinantes que alguém pode ter. É uma parte de você tomando forma e ganhando vida. Por isso, muitas mulheres consideram o momento do parto um dos mais intensos de suas vidas. Mas apesar de toda essa mágica e desses sentimentos que acabamos de falar, o parto é um momento que também pode gerar problemas, principalmente quando se trata do nó verdadeiro de cordão umbilical.

Apesar de não ser conhecido ou muito comentado, é um problema que pode gerar diversas consequências, e exatamente por isso, precisa ser analisado profundamente. É verdade que problemas como o nó circular ou nó verdadeiro de cordão umbilical não aparecem somente na hora do parto e podem complicar a gravidez de uma mulher desde o início da gestação.

Precaução

Apesar disso, um bom acompanhamento médico pode evitar que consequências graves ocorram, podendo realizar procedimentos que vão desde a aplicação de medicamentos até mesmo a um parto induzido, se o médico achar que é necessário, é claro.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Mas para saber por que exatamente esses problemas como o nó verdadeiro de cordão umbilical surgem durante a gestação de tantas mulheres, primeiro precisamos entender o que é esse cordão tão importante para o surgimento da vida.

Qual a Função do Cordão Umbilical?

O cordão umbilical aparece normalmente após a 8ª semana de gravidez, ainda que de forma primitiva. Ele é composto por um material gelatinoso, chamado geleia de Wharton, que contém dentro de si duas artérias e uma veia.

Ele é o elo entre a mãe e o filho durante toda a gravidez, é o cordão umbilical o responsável por toda a nutrição do bebê durante a gestação, o alimentando com todos os nutrientes necessários que partem do organismo da mãe.

A respiração do bebê dentro da mãe é feita através do cordão umbilical, com a veia e as artérias da placenta ligadas ao útero. Por essa razão, quando o cordão é cortado no momento do parto, artérias que até então quase não eram usadas, abrem-se servindo de via para a respiração pulmonar da criança.

A função do cordão umbilical é, basicamente, alimentar o bebê e garantir sua respiração dentro do útero da mãe até o momento de seu nascimento. E agora que já entendemos por que ele é tão importante para a formação da nossa vida, podemos falar mais profundamente sobre os problemas que ocorrem com o cordão umbilical.

Tipos de Nó no Cordão Umbilical

Existem basicamente dois tipos de nós que podem ocorrer com cordões umbilicais:

  • Nó circular de cordão umbilical
  • Nó verdadeiro de cordão umbilical

Nó Circular de Cordão Umbilical

No caso do nó circular, o cordão se enrola em membros ou partes específicas do corpo do bebê, o que não oferece muito risco ao bebê. Já o nó verdadeiro de cordão umbilical apresenta uma situação um pouco mais complicada.

Nó Verdadeiro de Cordão Umbilical

Ocorre quando o cordão dá um nó em si mesmo. Esse tipo de problema é raro, ocorrendo em cerca de 2% dos casos de gravidez apenas, mas gera muita preocupação, já que, dependendo de quão apertado o nó está, ele pode até mesmo interromper a troca de nutrientes entre a mãe e o bebê.

Ele pode interromper a circulação da veia e das artérias que compões o cordão. Através de uma ultrassonografia, um médico pode perceber que o problema está ocorrendo, apesar do diagnóstico, na maioria dos casos, ser dado apenas no momento do parto.

Como Evitar o Nó Verdadeiro de Cordão Umbilical?

Não existem formas de prevenção direta contra esse problema. Porém, como ele está muitas vezes associado à doenças como diabetes gestacional, as prevenções contra essa doença podem ajudar a gestante a não desenvolver o nó verdadeiro de cordão umbilical.

A ultrassonografia morfológica nos primeiros meses de gravidez e o uso de certos tipos de medicamentos podem ser úteis para que a mulher não desenvolva a diabetes gestacional.

ATENÇÃO: Procure sempre o auxílio de um médico quando tiver sinais de que pode estar com alguma doença. Nunca se auto medique, ainda mais quando estiver grávida, isso pode gerar consequências negativas tanto para você quanto para o bebê.

Causas dos Problemas com o Cordão Umbilical

Existem diversos outros tipos de problemas que podem ocorrer com o cordão umbilical e por diversas causas e que estão direta ou indiretamente relacionados com o nó verdadeiro de cordão umbilical. As principais delas são:

  • Cordão Umbilical Curto Demais
  • Obstrução de Veias ou Artérias
  • Problemas durante o Parto

Vamos falar um pouco mais profundamente sobre cada um deles para entendermos como ocorrem e quais são as melhores maneiras de lidar.

Cordão Umbilical Curto Demais

Esse tipo de problema pode trazer algumas consequências como a falta de oxigênio ou de nutrientes para o bebê, caso o cordão seja curto demais. Por outro lado, quando ele é demasiadamente comprido, há outros problemas que podem ocorrer, como os dois tipos nós, que já citamos anteriormente.

Obstrução de Veias

A obstrução de veias pode causar asfixia ou a perda total de nutrientes do bebê, causando a sua morte ou outras consequências também graves. Isso ocorre muitas vezes por causa do nó verdadeiro de cordão umbilical, mas também pode ocorrer por conta de um cordão umbilical curto demais.

Problemas Durante o Parto

Os problemas durante o parto que ocorrem com o cordão umbilical, como ele estar enrolado no pescoço da criança, por exemplo, normalmente podem ser corrigidos sem gerar grandes problemas.

Muitas vezes, alguns nós são identificados apenas nessa fase e corrigidos nesse instante, deixando o bebê sem nenhuma sequela. Quando isso acontece, o bebê normalmente fica no hospital por alguns dias em vigilância para verificar a sua situação e se está apto para sair sem nenhum problema.

Entender o que é e qual a função do cordão umbilical é essencial tanto para as mulheres que desejam ser mães quanto para aquelas que estão iniciando a gravidez ou já estão grávidas há um tempo. Saber dessas informações é importante porque nem sempre quando algum médico te examina, ele irá associar diretamente o seu problema com isso, mas você pode indicar alguns problemas que podem ocorrer com você.

Mas não se preocupe, apesar de existirem, problemas como o nó verdadeiro de cordão umbilical são solucionáveis, principalmente se você tiver um bom acompanhamento médico e estiver atenta ao que pode ocorrer com você durante a sua gravidez.

Como dissemos, ter um filho é um momento único e especial, por isso não deixe que esse tipo de percalço atrapalhe a sua experiência de gravidez e de se tornar uma mãe, afinal, não é todo dia que isso acontece.

Veja Também: Tudo Sobre Parto Normal – O Cordão Interfere?
Foto: sbtlneet