A gravidez da Mariana foi normal. Trabalhando, sentia sono e enjoos no início, mas nada sério. Na ultrassom morfológica, a médica percebeu que a placenta estava no grau II mas deveria estar no grau zero. Era como se estivesse pronta para o bebê nascer e poderia acarretar parto prematuro ou sofrimento fetal.

A médica me avisou com cuidado, me acalmando e dizendo que faríamos vários ultrassons extras para monitorar o crescimento dela. Se começasse a perder peso, teríamos que tirar. A mala estava pronta para a maternidade desde os 6 meses, mas graças a Deus ela foi firme até as 38 semanas. Na 38ª semana, eu tinha muitas contrações, mas nenhum sinal de dilatação. E ela estava sentada. A médica achou melhor marcar a cesárea, pois, com a placenta daquele jeito ela poderia entrar em sofrimento.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel resolve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Na noite anterior ao dia marcado, eu não dormi. Estava tão ansiosa, tentando imaginar o rostinho dela, em como eu seria como mãe, como seria a nossa vida à partir de agora. O casamento de 7 anos era muito feliz, mas faltava algo… Era ela! E ela estava chegando, como eu conseguiria dormir? Fui para o hospital e são tantos procedimentos para a internação, demora e espera… Cheguei bem antes e fiquei no quarto esperando. Enfermeiras vieram colocar soro, trazer a roupa (se é que aquilo pode ser chamado de roupa rsrsrs) para trocar, e chegaram com a maca para me levar ao Centro Cirúrgico.

Aquele momento foi único. Me lembro da maca indo, eu virada de barriga para cima, vendo o centro cirúrgico se aproximando numa ansiedade enorme! Sim, faltavam poucos minutos para eu conhecer minha filha! Cheguei lá chorando. A enfermeira veio me perguntar se eu estava bem. Eu disse: Sim estou bem, estou muito feliz!!! Estou chorando de alegria, vou conhecer minha filha!!!

Ela nasceu as 18:30h do dia 10 de setembro de 2010, escutei aquele chorinho doce e parece que minha vida se resume em antes e depois daquele choro! Tudo mudou e mudou para melhor! Tanto que, quando ela completou 1 ano, engravidamos de novo… Dessa vez, veio o Gabriel para novamente mudar nossa vida… Novamente para melhor! Ser mãe é o que de melhor me aconteceu!

Meu nome é Daniela, a mãe da Mariana e do Gabriel! Sou uma mãe curiosa e dedicada, esposa amorosa, relações públicas, secretária executiva, escritora e blogueira. O que eu mais gosto de fazer? Estar com meus filhos, aprender com eles e partilhar!

http://www.aprendendoasermaehoje.com/

Todos os Posts do Concurso
Concurso Cultural Seu Cantinho, Seu Post