O que é Cranioestenose e Qual o Tratamento?

O que e Cranioestenose e Qual o Tratamento 2

Fontanela ou simplesmente moleira, essa fenda que é o espaço que o bebê tem entre os ossos da caixa craniana e que serve desde auxilio como função de mola na hora do parto, para facilitar a passagem pelo canal vaginal até quando o bebê ainda esta em desenvolvimento e permite o crescimento adequado do cérebro da criança. Porém a cranioestenose acontece quando acontece o fechamento prematuro da fontanela dando origem a problemas para o bebê.

Normalmente a cranioestenose começa a aparecer por volta dos 3, 4 meses de vida, período em que o cérebro ainda está em formação e expandindo dentro da caixa craniana. Os problemas que a cranioestenose trazem são todos ligados a essa expansão cerebral, como a fontanela fecha antes do tempo, precocemente esse espaço para o cérebro do bebê crescer fica restrito e então ele pode ter alguns problemas neurológicos com o desenvolvimento normal do cérebro. Além de comprometer a caixa craniana com más formações, a cranioestenose pode favorecer em casos mais graves a compressão do cérebro pode levar a lesões neurológicas e trazer muitos riscos para a criança.

A cranioestenose não tem um motivo concreto para acontecer, pode aparecer por diversos motivos, entre eles uso de algumas medicações na gravidez, fatores genéticos, má formação intra útero ou até mesmo uma infecção que a mãe e bebê possam ter durante o desenvolvimento fetal da criança. A doença pode ser diagnosticada através de exames de imagem como ressonância magnética e também um simples raio x, porém o tratamento só tem uma alternativa: A cirurgia.

A cirurgia de fontanela fechada

O que e Cranioestenose e Qual o Tratamento 1O procedimento consiste na reconstrução da caixa craniana do bebê. A cirurgia de fontanela abre espaço para que o cérebro cresça e é muito invasiva mas que traz resultados muito satisfatórios. A criança que passa pela cirurgia tem a cranioestenose resolvida, pois placas são colocadas na reconstrução da cabeça e a deformidade se houver passa a ser mínima e o mais importante, a compressão cerebral é extinta. A grande maioria dos casos é detectada no consultório em uma visita de rotina com o pediatra responsável pelo acompanhamento. Caso haja suspeita de fontanela fechada, a mãe será orientada a levar a criança ao especialista, neurologista pediátrico e assim fazer exames mais profundos para se ter um diagnostico preciso. João filho da Lorena está prestes a passar pela cirurgia, após receber o diagnóstico de cranioestenose, ele foi encaminhado para o procedimento, veja o depoimento da Lorena Lima.

“Desde seus 2 meses de vida a moleira veio se fechando aos poucos. Mas com 4 Meses veio o diagnóstico de que ele tinha se fechado completamente. Tivemos que marcar um neurologista e então ele fez o pedido de uma tomografia 3D e aí sim tivemos a confirmação. No caso do João ele vai ter que passar por uma cirurgia para reconstruir a caixa craniana para dar espaço para o cérebro se desenvolver. Não esta sendo nada fácil, saber que ele aparentemente esta perfeito, mas temos que fazer a cirurgia pra evitar maiores complicações no futuro. Toda vez que olho no rostinho dele e lembro que vai ter que abrir a cabecinha dele já me bate um desespero,mas Deus esta no controle de tudo pois ele é um escolhido!!”

A cranioestenose é facilmente diagnosticada e o tratamento é exclusivamente cirúrgico então vamos ajudar o João a ter uma vida normal e se recuperar totalmente da cranioestenose.

Canal da Lorena Lima no Youtube Aqui

Veja também: Moleira do Bebê e Bolinhas no Rosto

Foto: Travis Grathwell, PRO Kaushal Vaidya