A maternidade é algo tão natural, tão aflorado na vida feminina que desde pequena a menina já passa horas brincando e fantasiando sua vida como mãe. Trocar fraldas, alimentar, dar mamadeira, ensinar e chamar atenção fazem partes das brincadeiras e da vida real também quando chega a hora.

Na teoria tudo parece maravilhoso e encantador, um verdadeiro conto de fadas. Mas e o que muda na vida da uma mulher após a chegada de um filho? Será que é só de encantos e realizações que mulheres provam na sua jornada materna?

Mesmo para aquelas mais preparadas, que engravidam exatamente quando decidem que chegou a hora de ser mãe precisam abdicar de diversas coisas para ser mãe. Por isso a velha frase “ser mãe não é para qualquer uma não” e realmente não é. Quando se pensa em ter filhos obviamente que vem a cena linda da maternidade na mente e o lado ruim é melhor não pensar rs.

Para ser mãe a mulher precisa abdicar de sua vida própria, colocar a vaidade muitas das vezes no bolso, descer do salto literalmente e deixar “aquele egoísmo” natural do ser humano dar lugar a um amor inexplicável. Quem nunca viu aquela moça solteira taxada como metida e egoísta se transformar após a maternidade? Realmente é isso que acontece, a maternidade transforma a vida de uma mulher completamente.

Existem aquelas que dizem que quando for mãe fará diferente, não deixarão sua vida ser tomada pela maternidade, mas essa teoria é seguida até o dia que seu primeiro filho nasce. É impossível não se entregar completamente, não se doar o máximo e de se privar do que você vivia antes. Ainda mais quando sua antiga rotina não se adequa a rotina de uma criança.

Antes e Depois

Não é uma, nem duas, nem três mudanças que a mulher tem que encarar após a chegada de um filho são MUITAS. Para aquelas que amam sua liberdade, gostam de sair sem ter hora pra chegar, odeiam rotina e não abrem mão de estar sempre impecável e em dia com o salão de beleza e o guarda roupa repense se realmente quer ser mãe agora.

Talvez chegue a hora que seu relógio biológico toque o alarme e diga que chegou a hora e todos os prazeres que você não abria mão por nada deixem de ter importância e deem lugar para um novo momento. Por isso sempre escutamos que para ser mãe tem que desejar muito, ter muita certeza da escolha que esta tomando e ter preparo psicológico para isso, porque realmente não é fácil abrir mão de praticamente tudo que gosta para dar lugar a maternidade.

Como qualquer decisão tomada, existem as consequências. Pode parecer radical aos olhos de quem esta de fora, mas natural para quem vivência. Uma coisa é verdade: se prepare para vivenciar a maior aventura da sua vida!

Passeios e Diversão

Antes sem filhos qualquer programa de ultima hora é bem vindo. Virar a noite e sair de domingo a domingo sem se preocupar quantas horas vai dormir faz parte da diversão. Os almoços e principalmente os jantares com amigos em lugares exóticos e em horários bem diferenciados são uma delicia. Receber os amigos em casa para jogar conversa fora ou virar um cassino são sempre esperados.

Após os filhos sair sem ter hora pra voltar não esta na programação, exceto se você se programar alguns dias antes e contratar uma babá de confiança ou deixar com a vovó para assegurar que seu filho ficará bem cuidado. Sair de domingo a domingo? Esta fora de cogitação, afinal você tem um bebê que precisa de você e o cansaço físico da sua nova rotina não suportaria.

Os passeios, almoços e jantares em lugares e horários inusitados agora precisam ser minuciosamente programados. Afinal seu bebê precisa dormir no horário certo e só poderá ir se for um lugar adequado para crianças. Sem contar se o espaço tem acomodação adequada para você trocar uma fralda, aquecer uma mamadeira ou solicitar que aqueçam a papinha na hora de alimenta-lo.

Compras do Supermercado

Antes na casa de um casal sem filhos tudo é mais prático. Na dispensa e na geladeira muita comida rápida, congelada, enlatados ou simplesmente vazios, pois preferem comer fora só os dois. Mesmo que os gastos em restaurantes e lanchonetes sejam altíssimos o baixo gasto em supermercado acaba equilibrando. Se achava que gastava muito com almoços e jantares na rua, espere para ter um filho.

Após os filhos, supermercado vira passeio semanal isso quando não diário, afinal sempre nos esquecemos de comprar um item. A pequena lista de compras mensal do casal virá uma enorme sulfite contendo fraldas, sabonete infantil, itens de higiene essenciais, Danone, frutinhas, papinhas e todas as coisas deliciosas e indispensáveis na vida de uma criança.

Com o crescimento da lista, cresce também o valor a ser pago e com isso os gastos da família. E o supermercado que era só visitado uma vez no mês quando precisasse se torna passeio essencial da família. Se prepare para ficar ninja em marcas, preços e ficar ligado em promoções principalmente de fraldas.

Livros de Cabeceira

Antes dos filhos o livro de cabeceira era trocado mensalmente, quinzenalmente ou em alguns casos até semanalmente. Adorava receber dicas de novos livros e já até programava as próximas leituras. Passava horas na livraria procurando novas sugestões e sentia sede de terminar o livro do momento.

Após os filhos, o livro começa a ficar mais tempo ser aberto. As sugestões de leitura começam a ser adiadas e aquele livro que você devoraria em alguns dias não consegue ser finalizado. A prática de deitar a noite e abrir seu livro pra leitura deixa de se tornar prazeroso porque esta tão cansada que quando deita só quer dormir rs.

As idas na livraria dão lugar a uma nova sessão. Invés dos antigos interesses a sua procura esta nos livros infantis e de contos de fada. Livros musicais, iluminados, para colorir e que proporcionem a maior interação ao seu filho serão os mais interessantes.

As Viagens

Antes dos filhos, uma viagem poderia ser detalhadamente programada por meses ou ser decidida em cima da hora para um acampamento na praia. Ao receber um convite em uma sexta feira à tarde, a mala estaria pronta para tomar o destino no mesmo dia à noite. Poucas peças de roupa, biquíni, chinelo e acessórios de higiene bastavam para ter um fim de semana maravilhoso com o amor. Sem importar o destino, quantas horas iriam demorar a chegar e muito menos as acomodações que ficariam. O suficiente era a companhia um do outro!

Após os filhos, cada detalhe precisa ser pensado, acomodações, quantas horas de viagem, lugar adequado para refeições? E as malas? As malas viram uma verdadeira extensão da casa, desde itens de higiene, roupas, sapatos, até utensílios de cozinha e lanches para a viagem. Se a viagem for para a praia então, brinquedos para brincar na areia, guarda sol, água, protetor solar. Para os cuidados na casa o tablet, o leite, o achocolatado, os biscoitos, o travesseiro e o cobertor. Ah e acredite, sempre vai esquecer um dos itens essenciais para manter a paz na viagem.

Essas são algumas das mudanças mais bruscas, porém existem milhões de outras que todas as mães podem listar sem pensar duas vezes. Cada uma ou cada família encara as mudanças e sente as diferenças de forma individual já que suas prioridades antes de ter filhos são diferentes uns dos outros. Com certeza a que irá mais escutar das mudanças é em relação às noites de sono e a vida sexual do casal.

O importante é encarar essas mudanças com alegria, viver a nova fase com amor e prazer e conseguir enxergar que não é porque tudo mudou que não será bom. Novas histórias serão vividas, novos sorrisos (e quantos sorrisos dará e receberá nessa fase) e muitas experiências serão vivenciados deliciosamente. Deixe de comparar o antes pro depois e viva o momento, seja feliz com sua família!

Veja Também: Quero Ser Mãe, Estou Preparada?

Foto: ImageBG