O Que Não Pode Comer na Gravidez?

Que durante a gestação deve-se seguir uma dieta saudável rica em proteínas, vitaminas e ferro todos já sabem.  Que frutas, legumes e verduras devem estar inclusos nas refeições diariamente. Mas e o que não pode comer na gravidez, todos sabem?

O que nao pode comer na gravidez 1Os cuidados durante esse período são essenciais para que a mulher chegue aos 9 meses com sua saúde em dia e o bebê bem desenvolvido, por isso a atenção deve ir além da diminuição de esforços físicos, do controle emocional e das consultas de pré-natal, pois a alimentação é o ponto principal para uma gravidez tranquila e saudável.

Normalmente o próprio obstetra informará como deve seguir com a alimentação, e os alimentos que não são indicados e que podem oferecer riscos. Como é o caso das carnes cruas e mal passadas, alguns tipos de peixes, frutos do mar e bebidas.

  • Carne Crua e mal passada – As carnes cruas e mal passadas devem ser evitadas durante o período gestacional por proporcionar riscos de contaminação com toxoplasmose e outras bactérias. Carnes defumadas como presunto, bacon, linguiça também apresentam risco de contaminação com a toxoplasmose, que pode trazer danos fatais ao bebê se ativa durante a gestação.
  • Ovo Cru – O ovo é um alimento rico em vitamina A, ferro, cálcio, vitamina B12 e vitamina E. Atua de forma poderosa no aumento da resistência contra infecções, além de fortalecer unhas, cabelos e dentes.  Porém se consumido de forma crua oferece riscos de contaminação com a salmonela. Por isso, é um dos alimentos que devem ser evitados durante a gravidez, principalmente em receitas como a maionese caseira.
  •  Peixes – O peixe é um alimento precioso que deve estar no cardápio semanal de todo ser humano.  Ele é rico em vitamina D e cálcio, além de fornecer ferro e vitamina B12 que são nutrientes importantes para a saúde do sangue. Porém durante a gravidez alguns tipos de peixes e frutos do mar devem ser riscados do cardápio, como é o caso do atum e os peixes de couro como o bagre e o pintado. Eles que oferecem maior risco de contaminação por metais pesados como mercúrio, que pode afetar diretamente o sistema nervoso do feto. Peixes crus devem ser também cortados nessa fase por oferecer risco de contaminação com a toxoplasmose e infecções alimentares.
  • Queijos – O queijo é um alimento rico em cálcio e diversos outros nutrientes muito importantes para a saúde e melhor desenvolvimento fetal. Mas alguns tipos de queijo não são indicados para consumo na gestação por oferecer risco de contaminação de brucelose, como é o caso de queijos frescos não pasteurizados, queijos camembert, philadelphia, brie e mozzarella.

Além dos alimentos que não pode comer na gravidez, existem as bebidas que devem ser eliminadas durante a gestação também e durante a fase de amamentação. As bebidas alcoólicas são alguns dos exemplos. O consumo de bebidas alcoólicas durante o período gestacional, está ligado diretamente a partos prematuros, bebês com baixo peso, com má formação fetal e retardo mental.

O consumo de cafeína não precisa necessariamente deve ser abolido, mas sua quantidade deve ser reduzida de forma considerável. A cafeína em excesso pode atingir o funcionamento cardíaco do feto e retardar seu desenvolvimento. além disso, também é responsável pelo aumento de estrias no corpo da mulher. Devemos lembrar também que a cafeína não se encontra somente nos cafezinhos diários, e sim em refrigerantes a base de cola e chás pretos.

Alimentação Saudável Durante a Gravidez

Durante a gravidez é necessário o aumento na ingestão de alimentos ricos em nutrientes e vitaminas, pois é através deles que o organismo materno receberá a quantidade necessária e transferirá para o desenvolvimento fetal adequado. A antiga frase de “comer por dois” deve ser esquecida. Não é através do aumento da quantia de comida que se tem uma alimentação saudável e sim na qualidade do que é ingerido. Uma alimentação balanceada e feita nos horários corretos é o suficiente para manter o consumo de nutrientes necessários. Além de se alimentar de 3 em 3 horas, a gestante deve escolher o que vai ingerir.

legumes e frutasFrutas, legumes e verduras devem ser consumidos, e não se esquecer de lavar muito bem antes de comer. A redução de sal e condimentos também é muito importante para reduzir os inchaços e retenção de liquido que aumentam ainda mais durante o período gestacional. Carnes gordas devem ser retiradas do consumo, frituras, doces e alimentos gordurosos devem ser eliminados. Essa prática além de controlar o ganho de peso, diminuirá as chances que o colesterol e a glicose aumentem.

Alimentar-se em pequenas porções varias vezes ao dia é a melhor forma de manter a alimentação de forma adequada. Assim se evita náuseas, enjoos e tonturas. A ingestão de água é também fundamental para manter o corpo hidratado, ajudar na digestão e auxilia na desintoxicação do corpo. Além de contribui para o melhor funcionamento de todo organismo.

Veja também: Dieta na Gravidez – Gerando com Saúde

Fotos: sean dreilinger, Toshihiro Gamo