Muitas mamães sonham em amamenta! Mas há momentos em que retirar o leite é necessário, seja para armazenar, ou seja, para doação aos bancos de leite. Aprender a ordenha de leite materno é fundamental então que tal fazer um curso intensivo através deste post? Os bancos de leite materno têm como principal atividade coletar leite de doação de mulheres que retiram, ordenham o seu leite excedente para doação, mas os bancos e postos de coleta também fazem uma orientação à mamãe iniciante na amamentação para que ela possa amamentar corretamente e ordenhar o leite para o seu próprio bebê.

Armazenar o leite materno em casa é uma excelente opção. Mamães que precisam deixar o bebê em casa podem fazer a ordenha de leite materno, congelar e deixar para que seja dado a quem ficar com o bebê em casa. Lembrando que o leite materno ao natural dura cerca de 15 dias no freezer em potes de vidro esterilizados e com tampa de plástico, para durar mais tempo, o leite deve ser pasteurizado pelo banco de leite materno. Muitas mulheres tem ainda dúvida de como retirar o leite da mama sem perder o leite e também sem sentir dor. A forma correta da ordenha de leite materno pode ajudar e muito a economizar tempo e esforço da mamãe.

Ordenha manual de leite materno

É muito simples fazer a ordenha de leite materno manualmente. Com as mãos e mamas bem lavadas com água de sabão neutro, cabelos presos e preferencialmente uso de máscara. Uma massagem inicialmente é fundamental para desfazer os nós do leite nos alvéolos da mama, a massagem em formato circular em torno da mama. Para fazer a ordenha do leite materno, a pega da mão deve ser em formato de “C” com o dedão na parte superior a auréola e os demais dedos na parte inferior a mama. Com os dedos polegar e indicador, fazer uma leve pressão contra o peito e em seguida levar um dedo em encontro levemente sem encostar um no outro. Fazer esse movimento em todas as direções a fim de fazer a ordenha de leite materno de toda a mama.

A mão direita deve fazer a ordenha do seio direito e a mão esquerda do seio esquerdo e não deve haver dor nesse movimento. Com esse movimento do “C” o leite sairá com facilidade, se não estiver saindo após alguns movimentos ou se você estiver sentindo dor então a pega da mama para a ordenha do leite materno está incorreta. O leite inicialmente costuma precisar de alguns movimentos para acontecer a saída do leite, mas se o seio já tiver uma demanda de leite estabelecida então o jato acontece instantaneamente em seios cheios.

A compressão do bico também é uma prática que deve ser evitada, com a compressão os ductos de leite materno ficam estreitos e o leite não sairá corretamente. A ordenha do leite materno deve ser feita de 3 a 5 minutos em cada mama alternadamente até que se completem 20 a 30 minutos em cada mama. O mesmo frasco pode ser usado para aparar o leite da mama, mas em casos de mulheres com bastante leite podem usar dois frascos, um para cada mama.

Bombinhas para ordenha de leite materno

Bomba tradicional de extração de leite custa em torno de R$ 25

A ordenha de leite materno também pode ser feita por bombinhas vendidas em vários locais inclusive em farmácias. As mais simples podem custar em torno de R$25, essas costumam ser mais dolorosas na hora da extração pela força que fazem ao puxar o leite, são eficazes mas o inconveniente delas realmente é a dor.

Bomba de leite manual confortável, custa em torno de R$80

Atualmente novos modelos de bombas para ordenha de leite materno estão disponíveis no mercado, elas são mais práticas pelo seu formato e pela sucção que fazem reduzem a dor ou até mesmo extinguem aquela sensação estranha. As bombinhas manuais possuem formato de gatilho que facilita bastante a ordenha do leite, elas custam em média R$80 depende da marca se nacional ou importada.

Uma outra opção é a bombinha de leite elétrica é outra opção satisfatória, ela é muito mais rápida e indolor, o único inconveniente dela é o valor. Os preços para compra chegam a ser de até R$ 400 com opções mais em conta em torno de R$ 160 para marcas nacionais. Existem bombas maiores em que a extração do leite pode acontecer nas duas mamas simultaneamente porém o valor é proporcional as facilidades. Essas compensam se uma viagem ao exterior para compra do enxoval do bebê for feita, pois ficam muito mais acessíveis financeiramente falando. Com a prática, a ordenha do leite materno manual acaba sendo cada vez mais rápida. Seja como for a ordenha o importante é oferecer o melhor de si para o seu bebê ou os bebês que recebem a doação, o leite materno. Saber como retirar é muito importante e se houver alguma dificuldade maior, basta entrar em contato com o banco de leite mais próximo da sua casa, certamente eles irão orientar como fazer a coleta do leite. Encontre o banco de leite aqui no LOBALE, tire as suas dúvidas ou seja doadora de leite materno.

Veja também: Banco de Leite – Da Coleta a Pasteurização

Fotos: 50 mais saúde, NUK, Geoffrey Wiseman