O corpo feminino trabalha de forma impressionante, a cada mudança de fase, sinais são dados dessas alterações. Assim acontece também quando é iniciada uma gestação e o corpo começa a demonstrar os primeiros sintomas de gravidez.

Obviamente existem os casos onde os sinais são imperceptíveis, ou até mesmo a mulher não costuma controlar ou prestar atenção nas alterações do seu corpo. Ou também, confundir a presença de alguns sinais, com outras questões externas ou até hormonais.

Mas a grande verdade é que, mesmo que quase que imperceptível os sinais e primeiros sintomas de gravidez acontecem. Basta confirmar a gestação, que tudo fica mais claro!

Quais São os Principais Sintomas de Gravidez?

Os principais sintomas de gravidez são bem conhecidos, mas existem alguns outros que não costumam ser observados e podem indicar o início de uma gestação, os primeiros sintomas.

Quando falamos de suspeita de gravidez, o primeiro sintoma a vir na cabeça é o atraso menstrual. Os enjoos, vômitos e aversão a cheiros e perfumes fortes também está na lista dos primeiros indicativos e suspeita. Porém, algumas outras alterações do corpo também são sinais, vamos lista-las:

  • Mamilos inchados e sensíveis;
  • Variações intensas de humor;
  • Tonturas;
  • Aumento na vontade de urinar;
  • Salivação excessiva;

Alterações no cabelo e principalmente na pele também podem ser observados. A pele pode se apresentar mais oleosa e com a presença de muita acne e espinhas. Muito cansaço e inchaços abdominais também podem ser notados.

Quando Surgem os Primeiros Sinais de Gravidez?

Normalmente escutamos, inclusive de alguns médicos que os sinais de gravidez só podem ocorrer ou serem observados após 2 ou 3 semanas do ato sexual. Mas alguns outros especialistas e estudos apontam que é possível verificar sinais que a gravidez aconteceu, apenas alguns dias após a relação sexual, pelo sangramento de nidação.

Como a fecundação pode não ocorrer no mesmo dia do ato sexual e levar de 2 a 3 dias para acontecer, o sangramento de nidação ocorre no dia da implantação do espermatozoide no óvulo.

Com a aparência de um corrimento rosado, o sangramento de nidação nada mais é do que o muco natural da vagina com vestígios de sangue, que é ocasionado no exato momento da fecundação. Muitas vezes imperceptível, o sangramento de nidação pode ser notado ao se limpar com papel higiênico após urinar ou ao sujar a calcinha.

Juntamente do sangramento de nidação, algumas mulheres relatam sentir uma leve cólica ou pontada abdominal no momento da fecundação. Outro sintoma que pode ser notado já nos primeiros dias é o inchaço abdominal.

Quando o óvulo é fecundado, ocorre um aumento intenso no fluxo sanguíneo e com isso os níveis hormonais também se alteram afim de preservar e garantir o desenvolvimento do embrião. Com isso, a região do abdômen costuma ficar mais inchada que o normal.

Esse inchaço abdominal e cólicas, podem ser facilmente confundidos com sintomas da TPM e por isso não costumam ser levados em consideração como primeiros sintomas de gravidez. Passam despercebidos até que o atraso menstrual ocorra para confirmação no teste de gravidez.

Quando Realizar o Teste de Gravidez Para Confirmar?

O ideal para se realizar o teste de gravidez e confirmar a suspeita é aguardar até constatar o atraso menstrual. Porém, atualmente encontramos testes de farmácia com uma maior sensibilidade ao hormônio HCG e que consegue detectar a elevação dos níveis hormonais mesmo sem atraso.

IMPORTANTE: O ideal é aguardar o mais próximo possível da data menstrual para garantir que os níveis de HCG estejam bem altos.

Caso realize o teste de gravidez de farmácia, dê negativo e os sintomas de gravidez persistirem, aguarde de 2 a 5 dias e repita o teste. Os níveis de HCG dobram a cada 24 horas e o negativo pode ser recorrente a baixa do hormônio naquele dia.

Se não sentir confiança no teste de gravidez de farmácia, a opção mais segura para garantir um resultado objeto e confiável é através do exame de sangue. Além do resultado, o exame de sangue informará minuciosamente a quantidade do hormônio Beta HCG no seu sangue, que é produzido somente se estiver realmente grávida.

Aliás, através da quantidade de hormônio HCG, é possível ter uma ideia de quantas semanas de gestação você está, conforme demonstrativo abaixo:

  • Até 25 mUI/ml – 7 dias após a fertilização;
  • 1.000 mUI/ml – 4 semanas de gestação;
  • 3.000 mUI/ml – 5 semanas de gestação;
  • 6.000 mUI/ml – 6 semanas de gestação;
  • 20.000 mUI/ml – 7 semanas de gestação;
  • 100.000 mUI/ml – de 8 a 10 semanas de gestação

Obviamente, esses são números estimados e cada laboratório pode fazer a verificação com referências diferentes. No resultado de exame de sangue, ao lado do resultado, o laboratório sempre fornece as referências a serem consideradas.

O Resultado Deu Positivo, e Agora?

Seja uma gravidez desejada ou inesperada, após a confirmação da gravidez através do teste, é hora de iniciar os cuidados de pré-natal. Se você confirmou a gravidez através de teste de farmácia, o ideal é realizar o de sangue para confirmar as referências, mas se procurar seu ginecologista, ele mesmo te dará a solicitação.

Na primeira consulta após a confirmação do beta HCG, deverá ser iniciado o acompanhamento pré-natal. Nesta consulta, suas informações serão coletadas para cadastro e acompanhamento e também para fazer o seu cartão de gestante onde serão anotadas a cada consulta o seu desenvolvimento gestacional, assim como sobre sua saúde.

Os primeiros dados solicitados serão da DUM (data da última menstruação), assim como seu peso e sua pressão arterial que serão acompanhadas minuciosamente ao longo da gestação.

Nesta primeira consulta também será solicitada o primeiro ultrassom. O ginecologista fará os cálculos através da sua DUM, para recomendar quando será melhor fazer. A partir de 5 semanas gestacionais já pode ser realizado a ultrassonografia transvaginal para ser observado o desenvolvimento do saco gestacional e se está adequadamente dentro do útero.

A partir da 7º semana gestacional, também é possível não só observar o saco gestacional, como ser premiado com o melhor som do mundo dos pais, o coração do bebê.

Quando realizado o ultrassom da 8º semana até a 13º semana gestacional, é possível através das medidas do embrião confirmar a idade gestacional e a DPP (data prevista do parto), que será quando completará 40 semanas gestacionais.

Ainda será necessário aguardar um pouco a ansiedade para descobrir o sexo do bebê. Nessa fase, o embrião ainda é muito pequeno e suas genitálias ainda em desenvolvimento. Somente por volta das 20 semanas será possível confirmar com precisão.

Quando Procurar o Ginecologista / Obstetra?

A visita ao ginecologista deve ser regular, pelo menos visitas anuais para garantir exames de rotina em dia. Mas caso note alguma diferença no seu corpo ou observe algum sinal diferente ou sintoma de gravidez que te cause dúvidas, procure seu médico para confirmação.

Caso você realizou o teste de farmácia e deu positivo, você deve procurar o seu médico imediatamente para início do pré-natal. Quanto antes der início, melhor será o acompanhamento gestacional e também os cuidados, incluindo o uso de suplementos vitamínicos que garantirão um bom desenvolvimento do bebê.
Foto: silviarita