O momento do parto é único e especial. É um momento que todos esperam com extrema ansiedade, algo que vem sendo sonhado há nove meses. Algo que precisa ser o melhor tanto para a mãe quanto para o bebê.

E é de conhecimento geral que existem diversos tipos de partos que podem ser feitos em diversos lugares. E no meio dessas opções, uma que tem se tornado bastante popular é o parto em casa. Mas ele pode ser controverso e gerar muitas dúvidas e questionamentos, por isso hoje vamos falar sobre todos os riscos e benefícios que o parto em casa oferece.

Todas as Mães Podem Fazer Parto em Casa?

A primeira pergunta que muitas fazem ao pensar na possibilidade de um parto em casa é se todas as mães podem fazer. A resposta é não. Existem algumas exceções que devem ser levadas em conta, principalmente para não colocar a saúde da mãe nem a do bebê em risco.

Apenas as mães que não apresentam nenhum tipo de risco na gravidez podem ter um parto em casa. Isso porque o parto em casa obviamente não há nenhum tipo de aparelho que possa garantir a segurança da mulher e do bebê caso ocorra qualquer tipo de problema. O parto em casa não é recomendado para:

Riscos e Benefícios do Parto Domiciliar

Fazer um parto em casa é uma experiência única e inesquecível, mas ao mesmo tempo em que há diversos benefícios, é necessário ter a consciência de que também existem riscos sendo corridos. Como tudo na vida, há pontos positivos e negativos e é necessário que cada caso seja avaliado separadamente para que o parto o parto em casa seja feito com segurança e tranquilidade. Vamos falar um pouco mais sobre cada um desses lados para esclarecer melhor esses pontos.

Grávida após 3 anos!
"Após 3 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." Lidyane, grávida de 3 meses
Saiba mais!

Riscos do Parto Domiciliar

É necessário, primeiramente, ter a consciência de que a maior causa de mortes maternas é a hemorragia, o que torna também esse o maior risco do parto em casa. O fato de não terem equipamentos médicos prontos para ajudar em qualquer problema maior faz com que muitos médicos se mostrem resistentes ao parto domiciliar, mesmo com a ajuda de profissionais no local. Além disso, se for necessário que uma cesariana seja feita, o parto irá demorar muito mais para acontecer.

Benefícios do Parto Domiciliar

As maiores vantagens de se fazer um parto em casa são de caráter emocional. O bebê nascer em um ambiente tranquilo, feliz e cercado de pessoas de confiança da mãe, faz toda a diferença, principalmente para a mãe que vai ter um pós-parto muito mais confortável por se sentir mais segura e confiante.

A saúde emocional da mulher é de extrema importância durante e após a gravidez e pode afetar diretamente o bebê, por isso um parto em casa pode ser muito positivo.

No final das contas, é necessário avaliar os riscos e benefícios do parto domiciliar para a mulher decidir se isso é ou não algo que pode ser benéfico para ela. Porém, ao aceitar os riscos, a mulher também tem que ter consciência das consequências que isso pode trazer.

Saiba o Que Pode Dar Errado

É sempre importante ter um plano B, uma segunda opção caso o parto em casa não esteja dando certo. Mesmo com uma gravidez sem nenhum risco e com um planejamento feito de maneira correta, é preciso levar em conta que imprevistos acontecem.

Nesse caso, é necessário que haja um segundo plano para que a mulher seja levada com rapidez para um hospital, para que assim o parto não prejudique nem a ela e nem ao bebê.

Ainda assim, a maioria dos partos normais acontecem de maneira tranquila e sem grandes complicações. É claro que é necessário levar em conta tudo o que pode acontecer para evitar imprevistos, mas isso não quer dizer que o parto em casa não é seguro, muito pelo contrário. Como já dissemos anteriormente, ele pode ser muito benéfico para a mulher e, consequentemente, para o bebê também.

Como é o Pós-Parto?

Se tudo ocorrer naturalmente, o processo do pós-parto vai ocorrer assim como qualquer outro parto, de maneira natural. Todos os sintomas como pés inchados, febre baixa, pequenas dores nos seios e muita sede são coisas comuns que vão acontecer tanto com as mulheres que fazem o parto no hospital quanto com mulheres que fazem o parto em casa. É uma questão de escolha, de onde a mulher se sente mais confortável e mais confiante para dar à luz.

Quanto Custa um Parto em Casa?

Os preços de um parto em casa são, naturalmente, maiores do que um parto no hospital e não existe a opção de parto em casa gratuito. O principal fator é a equipe que precisa ser contratada para estar lá com a mulher e acompanhar o parto para que ele seja feito da melhor maneira possível.

O preço com todas as consultas e uma equipe completa para o parto pode variar entre R$ 12 mil e R$ 20 mil, dependendo dos profissionais que estão sendo contratados. Há também a possibilidade de realizar o parto com uma equipe reduzida, que fica entre R$ 3 mil e R$ 8 mil, também dependendo dos profissionais.

São diversos os motivos que levam uma mãe a fazer o parto em casa. É um lugar onde ela se sente confortável, confiante e com pessoa que ela mesma escolheu, muitas também acreditam que seja o lugar ideal pela tranquilidade do ambiente, enquanto também existem aquelas que preferem estar longe dos hospitais de qualquer maneira.

Não importa qual seja o motivo, é importante saber que é possível fazer um parto seguro em casa, mesmo que as coisas não saiam totalmente como planejado. Uma mãe precisa ter o poder de escolher onde quer ter seu filho, pois esse é o primeiro passo para uma nova e maravilhosa fase de sua vida.

Veja Também: Primeiro Banho na Maternidade e em Casa – Cuidados a Tomar
Foto: Tom Adriaenssen