Amo, amo ver vídeos de partos e um dos que me chamam mais a atenção são os de parto natural. A natureza fez a mulher para que ela possa dar a luz e uma forma mágica. Acho que todas as fêmeas tem esse dom… Fugindo um pouco do que é mais convencional, parto cesárea e parto normal, vamos falar desse parto que era tão comum anterior a era “cesariana” e agora está tomando força novamente. Parto natural é o parto que acontecem sem nenhum tipo de intervenção. Na maioria das vezes realizada por uma doula, parteira, ou mesmo desassistido. Parto natural domiciliar em sua grande maioria é sem o uso de qualquer droga para dor, para dilatação e tem que ser bem planejado e bem estruturado para qualquer intercorrência possa surpreender e atrapalhar de alguma forma. Claro o parto natural é também um parto humanizado, mas esse tem suas particularidades.

ATENÇÃO CENAS REAIS DE UM PARTO NATURAL DOMICILIAR, CENAS FORTES MAS INCRÍVEIS!

Admiro a força dessas mulheres que tem um parto natural sem a intervenção que já se tornou tão corriqueira nos dias de hoje. A gente se acostuma a ter um parto onde os médicos tomam conta da paciente e em alguns casos não raros, a forma com que o parto acontece pode se tornar um pouco agressiva. Nesse momento tão bonito a gente quer pegar o bebê, acarinhar, ninar, dar o peito e na maioria dos nascimentos atualmente, o bebê é afastado da mamãe imediatamente. Como aconteceu comigo em todas as vezes, levaram meus filhos e só retornaram horas depois. Claro, esse é o procedimento adotado por várias maternidades e não há o que fazer. Alguns até aceitam um plano de parto como nos Estados Unidos, mas são raridades! Por lá a gestante pode traçar especificar o que pode ou não acontecer durante o parto, então é muito comum os bebês nascerem sem intervenção de drogas. O parto natural pode ser da forma que a mulher se sentir melhor, há parto na penumbra (escuro), parto na água, parto domiciliar assistido apenas pelos pais e tantos outros que são os mais diversos.

Há quem diga que tem que ter uma estrutura para esses tipos de parto, como a contratação de uma ambulância para casos de emergência e até mesmo médicos que possam ficar presentes mas sem participação, apenas para casos extremos. Muitas gestantes de baixo risco fazem acompanhamento com doulas e essas preparam o melhor possível a mamãe para um trabalho de parto ativo com resultados satisfatórios e partos absolutamente lindos! Se seu desejo é ter um parto natural ou parto natural domiciliar, converse com seu médico. Se sua saúde e a saúde do bebê estiver em 100% as chances são altíssimas! Lembre-se que cordão enrolado no pescoço, e diversos empecilhos que são colocados para a gestante muitas vezes (quase todas) não impedem do bebê nascer por vias naturais. Vale á pena conversar com um profissional habilitado para partos humanizados e tirar todas as suas dúvidas para ficar o mais segura e tranquila possível. O parto natural é exatamente isso. Alguns médicos querem impor a forma mais fácil para eles, mas essas mulheres sabem o que querem e essa foi a forma que escolheram para “parir” o maior amor de sua vida.

Até a próxima!

Veja também: Dores na Gravidez o que é normal?

Foto: Kenny Louie