Depois de passar por todas as ansiedades da gravidez, seu bebezinho veio ao mundo enchendo seu lar de amor e alegria. Agora é hora de começar a nova rotina e novas preocupações! Obviamente você está doido para pôr em prática seus sonhos e levar seu filho para vários passeios. Mas como será e quando deve ser o passeio no primeiro mês de vida do bebê?

O bebê no primeiro mês de vida é muito frágil e sua imunidade não está desenvolvida por completo. Por isso, os riscos de contaminação ou de contrair alguma doença são muito grandes e perigosas para essa fase da vida.

Pode Sair no Primeiro Mês de Vida do Bebê?

É importante e ideal evitar as saídas no primeiro mês do bebê, para diminuir o contato com os vírus e bactérias existentes em todos os ambientes com grande circulação de pessoas. Vírus e bactérias estes, que podem ser inofensivos para os adultos e até crianças já maiores, mas que são uma grande ameaça para os bebes recém-nascidos que ainda não foram vacinados e tem a imunidade ainda muito baixa.

Quando Começar os Passeios do Bebê?

O mais indicado é começar os passeios a partir do segundo mês de vida do bebê. As vacinas estarão certinhas e o aleitamento materno por um tempo será suficiente para produzir anticorpos contra as principais doenças infectocontagiosas neste período.

Mas mesmo neste período opte sempre por passeios leves e tranquilos como por exemplo, ir visitar a família (se ninguém estiver doente, é claro) ou ir a uma pracinha tomar um solzinho (lembrando sempre do horário indicado para bebês).

Respeite a temperatura ideal para o dia, nem muito calor e nem muito frio e sempre com roupas adequadas no recém-nascido. As pessoas têm o costume de achar que os recémnascidos sentem mais frio que adultos e estão enganados.

Grávida após 3 anos!
"Após 3 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." Lidyane, grávida de 3 meses
Saiba mais!

No carro, o bebê conforto deve ser posicionado no banco traseiro, de costas para o painel do carro, até seu bebê ter 10 quilos ou até completar 1 aninho. Caso queira colocar o bebê conforto no carrinho, posicione-o virado para você, facilitando ver como está o pequeno. Quando o bebê estiver maiorzinho, pode já ser posicionado para apreciar a paisagem durante todo o percurso do passeio.

Mala de Passeio do Bebê

Quando for sair com o seu bebê, jamais esqueça de arrumar sua malinha. O indicado é levar uma mala com vários compartilhamentos para carregar todos os itens necessários para cuidados do bebê. Dentro da malinha os itens que nunca podem faltar são:

  • Saco plástico para colocar roupa suja;
  • Agasalho com capuz;
  • Brinquedo preferido para distrai-lo;
  • Manta leve;
  • Troca de roupa completa (body, macacão ou calça e blusa e meias);
  • Chupeta caso o bebê utilize;
  • Lencinhos umedecidos e fraldas;
  • Pomada de assaduras.
  • Mamadeira caso não amamente;

Não esqueça de levar os medicamentos que ele esteja usando e que vá precisar enquanto estiver fora de casa. Não esqueça de tirá-los da bolsa ao chegar em casa também para evitar certos acidentes.

Durabilidade dos Passeios

O ideal são passeios que durem entre 15 a 30 minutos e sempre a partir da segunda semana do bebê. Mas não se esqueça passeios leves até o terceiro mês do pequeno já que não é qualquer lugar que devem ser levados devido à baixa imunidade.

O recém-nascido necessita de 17 a 20 horas de sono por dia, em ambiente silencioso, calmo e tranquilo. Esse período de repouso do pequeno é fundamental para garantir o seu desenvolvimento e criar uma rotina saudável.

Com o tempo e bem aos poucos a duração do passeio pode ser ampliada, mas claro, sempre com os cuidados para não estabelecer quebras durante a rotina do bebê. Quando o pequeno passa dos dois meses, e os papais começam a passar mais de 3 horas fora de casa toda sua rotina é alterada e o bebê sofre esse impacto.

Caso esses passeios longos e que atinjam sua rotina aconteçam com grande frequência, é normal o bebê parecer mais irritado e com dificuldade em dormir nos horários habituais.

Onde Não ir Com o Bebê Recém-Nascido ?

Como já citamos anteriormente, devido à baixa imunidade do bebê recém-nascido é necessária muita cautela ao sair e frequentar certos ambientes. O ideal é evitar ao máximo e se possível durar o menos possível.

O problema não é sair de casa, o problema está no bebê ter contato com diversas infecções transmitidas pelo ar e por outras pessoas. Por isso o recomendado é esperar até o 4° mês de vida do bebê, até que as primeiras e principais vacinas tenham já sido dadas.

Se for necessário sair com o bebê ao shopping, supermercados ou lugares mais movimentados, procure ir em horários de menor movimento e aglomeração de pessoas. Tome cuidado e evite que pessoas o peguem, principalmente toquem em suas mãozinhas sem higienizar as mãos.

Em festas ou encontros familiares, mantenha o seu bebê em um lugar tranquilo, se possível mais afastado em um carrinho. O carrinho ou canguru servem para evitar o tumulto em cima do bebê também.

Veja Também: Cuidados na Casa Após a Chegada do Bebê
Foto: ullakaren