Pílula do dia seguinte, um mal necessário ou uma mãozinha na hora de evitar a gravidez indesejada? O problema não é a pílula do dia seguinte e sim como ela é usada, se o uso for indiscriminado e em ocasiões recorrentes é bem provável que você tenha algum tipo de problema hormonal referente a esse uso, sabe o porque disso?

Pílula do Dia Seguinte – Tomar ou Não, Eis a Questão 1

Porque Usar Só em Casos de Emergência

A pílula do dia seguinte costuma ter uma dose hormonal na quantidade equivalente a 1 cartela completa de anticoncepcional! Sim amiga, tudo isso! Costumo dizer que é uma verdadeira bomba hormonal. No entanto ela foi desenvolvida para trazer benefícios e não malefícios, poderia ficar grávida em alguma situação como não uso de preservativo, ou caso ele estoure.

Mas a pílula do dia seguinte é uma forma de prevenção na hora do aperto e não, repito, não é para ter um uso constante, para isso existem os anticoncepcionais tradicionais que são muito mais eficazes e até mesmo o uso de camisinha (uso correto claro).

Com várias opções de contraceptivos no mercado, vale escolher o que mais se encaixa no perfil, isso é uma decisão sua em conjunto com o médico ginecologista. Mas esqueci a camisinha na hora H ou não tomo nada e transamos sem camisinha, não posso tomar a pílula do dia seguinte?

Pode! Porém as recomendações de diversos médicos se não todos é o não uso seguido e como forma de contraceptivo, se você tem uma vida sexual ativa deve mesmo usar outro tipo de método.
Veja o que o Dr fala a seguir no Vídeo

Quanto Custa a Pílula do Dia Seguinte e Quais as Marcas

Gente, a pílula do dia seguinte custa por volta a partir de R$3,00 até R$ 72,00, são vendidas doses únicas ou doses para dois dias. As marcas que eu conheço são Dia D, Postinor, Pozato, Pilem e Poslove.

Como Tomar a pílula do dia seguinte

Tomar até 48 horas da relação sexual, e caso seja de dose dupla com 2 comprimidos tem que tomar um após a relação desprotegida e outro 12 horas depois. Mas lembre-se deve-se tomar o mais rápido possível pois com o passar do tempo fica menos eficiente, o prazo máximo é de 72 horas.

Como todo método ela não é 100% garantido, mas o índice de gravidez com essa pílula é relativamente alto em relação aos métodos tradicionais , são 15% de índice de gravidez contra 0,1% dos outros métodos, anticoncepcional, camisinha, Diu e outros.

Uso Excessivo

O uso excessivo da pílula do dia seguinte pode trazer descontrole hormonais e até mesmo causar problemas mais difíceis de serem resolvidos como amenorreia (falta da menstruação) por durante muito tempo, menstruação bem escura, vômitos, enfim todos os sintomas de excesso de progesterona. Falando nisso a pílula do dia seguinte é feita basicamente por progesterona, que é a matéria prima de todas as pílula de anticoncepcional. Ela não deixa que o óvulo seja fecundado, ou mesmo evita que a mulher ovule.

Por fim amiga, se você não quer engravidar seja qual for o seu motivo, o melhor é usar algum outro método para que não tenha problemas decorrentes dessa pílula que serve apenas para um socorro eventual. Lembrando que esse texto é apenas um alerta e se for o caso de precisar tomar uma orientação, lembre-se que o mais eficaz é se prevenir contra a gravidez com anticoncepcionais e uso de camisinha para evitar doenças.

Dúvidas das Leitoras:

Tem como engravidar tomando pílula do Dia Seguinte?

Sim, como qualquer método não é 100% confiável. A pílula pode ter uma eficacia de até 80% tomada dentro do prazo indicado, esse é um dos motivos que deve ser tomado somente em caso de urgência, além claro do fato de ser uma “bomba hormonal”.

Como saber se a pilula do Dia Seguinte funcionou?

Só é possível saber se a pílula do dia seguinte funcionou após constatar um atraso menstrual superior a 15 dias e realizar um teste de gravidez para confirmação. Lembrando que o uso da pílula do dia seguinte pode alterar completamente o ciclo menstrual, portanto é muito comum ocorrer atrasos.

Veja também: Anticoncepcional Contínuo e Seus Benefícios

Foto: Morgan