Primeiras Semanas de Gravidez – 1ª a 3ª

Vamos acompanhar nessa série as fases do desenvolvimento fetal desse ser que passa a ser amado em tão pouco tempo. Dentro de nós mulheres, começa o desenvolvimento do bebê com ele vêm as primeiras emoções, as primeiras experiências, as descoberta dos pezinhos e mãozinhas. É um mundo totalmente aparte do nosso, que, embora seja possível ver e acompanhar, ainda é motivo de muita curiosidade das futuras mamães. O desenvolvimento fetal é uma das muitas curiosidades da gestante.

Então como já passei por essa fase maravilhosa, vou colocar aqui tudo que eu aprendi ao longo das minhas experiências e também tudo que eu já pesquisei e estudei. Vamos começar! Para entender melhor o desenvolvimento fetal, temos que levar em conta que uma gestação leva aproximadamente 40 semanas ou 280 dias e pode se estender até a 42ª semana com tranquilidade. O parto a termo pode ocorrer entre as 38 a 42 semanas, sem que maiores problemas possam ocorrer para mãe e filho.

Desenvolvimento Fetal da 1º a 3º Semana

1ª semana de gravidez:

A semana 1 de gravidez, se inicia no dia que sua menstruação aparece. Normalmente, os médicos contam a gravidez a partir desse dia, a fim de obter maior precisão para a data prevista do parto (DPP). Daí em diante, o corpo se prepara para a segunda semana que é a semana que provavelmente ocorrerá a fecundação. Se você for do tipo que têm o ciclo regulado, pode ter mais chances de descobrir a gravidez com antecedência. Caso não seja, pode começar agora a perceber melhor seu corpo e os sinais que ele dá. Os hormônios estão em queda nessa fase, mas logo eles se elevarão a fim de dar seguimento no ciclo.

2ª semana de gravidez:

Por volta do 12º a 18º dia do ciclo, a ovulação ocorre, ou quando o óvulo foi amadurecido pelo ovário. Nele cresceu e amadureceu até que o folículo se rompeu e expeliu o óvulo para as trompas e, de lá, ele permanece até a chegada dos espermatozoides. Porém o prazo de validade do óvulo é curto, cerca de 24 horas na trompa à espera pela fecundação.

Não pense que é fácil a jornada dos “peixinhos” até o óvulo. Eles travam uma verdadeira batalha até chegar ao destino. Apenas os mais fortes e mais saudáveis sobrevivem. Ao chegar à trompa onde está o óvulo (ou óvulos) os poucos que restaram, tentam penetrar seu interior, mas apenas um consegue. Logo após a entrada do espermatozoide no óvulo ocorre uma mudança na superfície que impede que mais algum deles consiga entrar. Agora os núcleos se fundem dando origem a uma nova combinação de DNA do pai e da mãe formando agora uma nova vida! Está iniciada a 2ª semana de gravidez!

zigoto em direção ao útero

Foto aumentada de um zigoto em direção ao útero

3ª semana de gravidez:

Após a fecundação, um zigoto é formado pelo óvulo e pelo esperma fazendo uma combinação de DNA com as características físicas desse novo ser que acaba de ser criado. Na 3ª semana de gestação, as duas células que se encontraram começam a se multiplicar, dividindo-se muito rapidamente conforme avança no caminho rumo ao útero. Finalmente, de 7 a 17 dias depois da fecundação, o novo ser chega ao útero, e ali procura um local macio e de grossa espessura para se fixar no endométrio, então, dá se início à nidação!

Esse processo de implantação pode levar um tempo e só depois disso, o HCG é identificável no organismo. Após a implantação, o zigoto se divide em 2 partes. Uma delas se tornará a estrutura que o bebê terá para se formar adequadamente, como a bolsa amniótica e a outra parte se desenvolverá como bebê. A 3ª semana de gravidez é a decisiva para o feto.

Como a mamãe está se sentindo…

A chamada nidação pode acarretar sangramento em pequena quantidade ou um corrimento rosa em certas mulheres, digamos que é uma baixa porcentagem delas que tem esse sinal sanguinolento. Comigo aconteceu de uma forma discreta, mas me fez confundir com um início de menstruação, se houver um sangramento mínimo e sem fluxo, então, faça um teste assim que possível. Essa é uma das razões para as mulheres terem sempre a dúvida: “Minha menstruação só veio dois dias, posso estar grávida?”

Ainda pode não haver sintomas aparentes, porém é comum que algumas mulheres tenham cólicas nesta fase. Após fixar-se no fofinho útero começa de fato a gravidez de verdade! Metades dessas células formaram o bebê e a outra parte a placenta e a bolsa amniótica que abrigará, alimentará e sustentará de oxigênio e nutrientes esse (s) embrião(ões) por toda a gestação.

Dúvidas das Leitoras:

Como fica o útero nas primeiras semanas de gravidez?

O útero já nas primeiras semanas fica inchado, sensível e macio e por já começar com suas transformações é possível sentir cólicas neste período.  Sintoma bem comum no primeiro trimestre, onde o corpo está em plena transformação.

Como fica a pele da mulher nas primeiras semanas de gravidez?

Embora o tal brilho da gravidez realmente seja um fato para muitas mulheres, já outras não tem a mesma sorte. Devido o aumento do volume de sangue na circulação sanguínea as mulheres tendem a ficar mais coradas nessa fase mas também com a pele do rosto mais oleosa. Por isso muitas mulheres podem sofrer com acnes e manchas na fase gestacional e precisam redobrar os cuidados com a hidratação e proteção da pele.

Como se alimentar nas primeiras semanas de gravidez?

A boa alimentação é fundamental em qualquer fase do ser humano, mas na gravidez principalmente nas primeiras semanas ela tem uma maior responsabilidade. É nas primeiras semanas que todos os nutrientes e vitaminas ingeridos garantirão o desenvolvimento ideal da placenta que será responsável pela nutrição e oxigenação do feto durante toda a gestação. Seguir um cardápio rico em vitaminas como ácido fólico,  ferro, vitamina B6 e omega 3 são essenciais.

Fotos: Reprodução

Veja Também: Primeiros Dias de Gravidez – Quais São os Sintomas do Início?