A gravidez ectópica ou tubária traz para a mulher que passa por essa situação, dúvidas referentes ao seu futuro. Será que uma mulher que acabou de perder uma das trompas poderá ainda engravidar? Qual a dificuldade para engravidar com uma trompa? Ela ainda poderá ainda ser mãe? Para ter respostas a todas essas perguntas, em primeiro lugar, tudo deve começar pela avaliação do médico após o ocorrido. Verificar o porquê da gravidez tubária é fundamental. Será que essa mulher tinha ainda antes dessa gravidez um problema, ou será que foi apenas uma fatalidade?

A gravidez nas trompas nada mais é que a implantação do embrião em lugar errado. Ao invés de implantar no útero, ele se fixa na tuba e isso pode acontecer por vários motivos. Um deles é a obstrução tubária. Esta por sua vez pode ter diversas causas e uma delas é a infecção das trompas por alguma doença contraída por via sexual ou ao longo dos anos por coleção de massas coaxiais provenientes de alguns procedimentos ou até mesmo de um parto anterior. Também causa a gravidez tubária, a aderência. Mas a grande maioria dos casos desse tipo é por mero acaso. Mesmo que a mulher não tenha problemas aparentes nas trompas, ela pode acontecer.

A dificuldade para engravidar com uma trompa pode existir sem nem mesmo a mulher saiba, já que mesmo que não tenha a gravidez tubária, essa dificuldade pode existir por estas doenças. A dificuldade para engravidar com uma trompa também existe, pois, a mulher ovula em um dos ovários por ciclos alternados. Então, ora ovário direito, ora ovário esquerdo. Dependendo do lado que tenha a trompa, ela deve ter relações sexuais mais intensamente naquele ciclo.

Quais Exames Podem Ser Feitos Para Verificar a Dificuldade de Engravidar?

O medo de não conseguir novamente uma gravidez, pode assombrar esta mulher. Mas para minimizar esse medo alguns exames podem ser feitos. Por exemplo,  a histerossalpingografia. Ela verifica as condições de permeabilidade das trompas ou da trompa que existe. Verifica se ainda está saudável. A trompa desobstruída, sem coleções é a condição correta e certamente um dos primeiros passos para a futura gravidez saudável.

Outro exame que a mulher que tem dificuldade para engravidar com uma trompa, é o ultrassom. Ele se feito no momento certo, pode verificar quando a mulher está ovulando. Verifica-se se o ovário está funcionando do lado da trompa saudável, nesse momento a mulher saberá que no ciclo presente ou no próximo tem a chance de engravidar. É importante fazer este exame ainda no período fértil. Um ultrassom seriado pode fazer toda a diferença, converse com seu médico sobre isso.

Há chances de ter uma nova gravidez ectópica apesar da dificuldade de engravidar com uma trompa? A maioria dos casos de gravidez nas trompas é fatalidade. Muitas vezes a mulher não tem nenhum problema com a tuba e ainda sim a gravidez acontece no lugar errado. Por isso é muito importante exames de rotina mesmo antes da intenção do casal de engravidar. Pode-se detectar ainda possíveis problemas antes de acontecer. Se você teve uma gravidez assim e teve que retirar a trompa, saiba que a dificuldade pra engravidar com uma trompa só está presente mas não impede que ela aconteça. Namore intensamente no ciclo onde a ovulação está acontecendo com a trompa saudável e boa sorte!

Aproveitando o espaço quero contar uma novidade para nossas leitoras. Em parceria com a empresa Famivita, desenvolvemos alguns produtos que ajudam na fertilidade de homens e mulheres, entre eles vitaminas da fertilidade que potencializa a ovulação FamiFerti e no caso dos homens melhora a qualidade dos espermatozoides, o ViriFerti, assim como o teste de ovulação, teste de gravidez e o gel lubrificante FamiGel. Você pode adquiri-los aqui em nossa loja virtual.

Veja também: Gravidez Ectópica – Como Acontece e os Sinais

Foto: Hey Paul Studios, Lau Sew