É normal que a mamãe fique preocupada com seu bebê, ainda mais quando percebe alguma mudança acontecendo, principalmente quando nota que seu pequeno está perdendo cabelo. Mas a queda de cabelo do bebê é um processo biológico natural que acontece nos primeiros seis meses.

Muitas dúvidas e perguntas surgem neste momento: Por que isto acontece? Lavar e escovar os cabelos pode causar queda? Quando a queda de cabelo não é normal? Em qual momento devo me preocupar e procurar um médico? O importante neste caso é manter a calma e tomar conhecimento por que a queda de cabelo do bebê ocorre.

Perda dos Fios de Cabelo do Bebê

Este processo se dá devido ao hormônio materno que foi passado ao bebê antes de nascer, logo após o seu nascimento o nível hormonal tende a cair, por este motivo ocorre à queda de cabelo do bebê.

Grávida 4 anos depois do 1°!
"Lutei quase 4 anos para engravidar de novo! Saiba o que mudou a minha história." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Grávida após 4 anos! Faça como Alyne
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Clique no play e conheça meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Conhecer FamiGel!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!

Esta perda capilar acontece entre três a quatro meses de vida do bebê, chegando até os seis meses. Alguns chegam a perder praticamente todo cabelo, mas não há motivo de preocupação nesta fase, pois, os cabelos voltam a crescer.

Portanto todos os bebês perdem cabelo nos primeiros meses de vida, o processo de perda dos fios chega até os seis meses, todo este processo pode acontecer até os dois anos da criança, nesta idade onde os fios são substituídos.

Esta substituição acontece em várias partes da cabecinha do bebê, alguns apresentam a perda do cabelo na nuca, outros na lateral da cabeça, ou seja, onde houver falha do couro cabeludo. Nesta fase, a substituição dos fios de cabelo se apresenta com diversas texturas diferentes, o fio pode vir mais grosso, mais fino, liso enrolado, ou seja, vai depender da genética familiar.

Causas da Queda de Cabelo do Bebê

A queda de cabelo pode acontecer por diversas razões, uma delas é a fase onde a criança deixa de mamar e passa a se alimentar com outros nutrientes. Essa transição alimentar acaba prejudicando o bebê com a falta de algumas vitaminas importantes para sua saúde.

Outro problema muito sério é o uso de produtos que não são adequados a faixa etária da criança, nos primeiros meses de vida alguns shampoos não devem ser utilizados. O ideal é usar sabonete próprio para bebê e é sempre bom seguir a orientação do seu pediatra para a escolha correta do produto.

Até os três anos de idade, os produtos mais indicados são a linha para bebê, linha Baby, após três anos é recomendável a linha infantil kids. É importante que todos os produtos possuam PH neutro e sejam hipoalergênico ou seja, produtos que não causam alergia.

Outra causa e a tricotilomania, uma doença grave de queda de cabelo, que deve ser tratada, a criança tem mania de puxar os fios podendo chegar à calvície. O tratamento é à base de medicamento juntamente com consultas com o psicólogo.

Ciclo Capilar do Bebê

O cabelo se forma juntamente com o desenvolvimento fetal, sendo composto por cinco milhões de folículos pilosos que estão presentes em todo corpo da criança, mas apenas cem mil compõem o couro cabeludo e assim surge o cabelo.

A quantidade de folículos é a mesma durante a vida, mas novos fios vão surgindo todos os dias, de acordo com as fases do ciclo do crescimento. O ciclo capilar possui três fases: crescimento, repouso e queda.

É normal no recém-nascido que os fólicos capilares entrem em repouso todos juntos em um mesmo tempo, apresentando uma calvície gradativa. Outro problema que causa queda e provoca falhas na região de atrás ou do lado da cabeçinha do bebê é deixá-lo em uma mesma posição para dormir, assim é recomendado que a mamãe mude sempre a posição do bebê na hora de dormir.

Cuidados Com o Cabelo do Bebê

O recém-nascido apresenta uma penugem em sua cabecinha, neste momento é indicado não lavar com xampu. É importante que se tenha todo cuidado o xampu será indicado só quando o cabelo se apresentar mais denso.

Quanto a lavar e escovar o cabelo do seu bebê dependendo do procedimento pode sim acelerar ainda mais a queda, principalmente na fase de repouso onde a queda é mais acentuada. Faça movimentos leves na hora da lavagem e secagem o cabelo do bebê que é muito fininho.

Outro aspecto super importante para prevenir a queda de cabelo do bebê é evitar que ele durma com o cabelo molhado, este processo pode acarretar a quebra dos fios e também sua queda.

Quando a Queda de Cabelo Não é Normal?

A queda de cabelo acontece com muita intensidade até os seis meses, mas toda queda que continue excessiva após este período é importante que os pais fiquem em alerta e procure o pediatra, a criança pode estar com deficiência nutricional ou algum distúrbio endócrino.

A carência de algumas propriedades nutritivas acaba provocando à queda dos fios de cabelo, como, a falta de ferro, zinco, cobre e vitamina B12. Problemas na tireóide e a alopecia areata, (queda capilar), sua causa ainda não é conhecida e o sistema imunológico acaba atacando e destruindo a estrutura onde se formará o pelo.

Estas duas doenças apresentam fatores genéticos e costumam acontecer com qualquer pessoa, no caso da alopecia areata é uma doença de pele que está relacionada aos aspectos psicológicos, onde estresses ou trauma podem desencadear a doença e a perda de cabelo.

O tratamento indicado para o distúrbio da tireóide é a reposição hormonal, e para os aspectos nutricionais é indicado as vitaminas. E para o tratamento da alopecia, além da medicação e aconselhável o acompanhamento psicológico.

Veja Também: Como Saber se o Cabelo do Bebê Será Liso, Cacheado ou Crespo ?
Foto: pxhere