Ser mãe é incrível mas o momento de entrar nesse mundo deve partir de dentro da mulher.

Ser mãe, nem sempre é um sonho de toda mulher, mas quando a vontade de gerar uma vida ou cuidar de alguém  bate, muitas dúvidas e medos surgem junto. Como saber que na hora de ser mãe a mulher está preparada? Surgem diversas dúvidas de como engravidar, como fazer depois que o bebê nascer, como o relacionamento com o marido ou companheiro fica depois do nascimento do bebê… São tantos fatores que mudam na vida que a maternidade pode ser adiada em decorrência dessas mudanças.

Para uma mulher a maternidade se inicia ainda na infância, somos estimuladas a brincar de boneca, casinha e afins para despertar o lado materno. Desde pequenas, as brincadeiras de mamãe e filhinho são as favoritas de algumas meninas e aí que podemos perceber que o instinto de maternidade já nasceu com aquela menina e que a escolher o momento de ser mãe não será tão complicado. Mas para algumas mulheres não é bem assim, saber que o momento de ser mãe se aproxima ainda é um mistério. Ainda mais nos dias de hoje em que a prioridade se volta cada dia mais para a carreira profissional e a maternidade é deixada para cada vez mais tarde. A dúvida de muitas mulheres é como vai se sair como mãe: será que vou dar conta? Será que serei uma boa mãe? Como será a gravidez, o parto e depois disso tudo, como vou dar conta da maternidade e também do trabalho, casa e tudo mais ao redor? Indagações mais que naturais para um momento tão importante na vida que é ter um ou mais filhos.

Quero Ser Mãe, o Que Preciso Saber?

Ser mãe ainda envolve não só a parte psicológica, mas também a parte estrutural da vida, estar preparada para todas as mudanças e despesas que uma criança traz juntamente com a responsabilidade de cuidar de um ser indefeso que depende totalmente de nós mães e pais. Falando em pais… Dúvidas e mais dúvidas aparecem para a mulher e em várias vezes para o casal. O homem é mais passível de duvidas em relação à paternidade do que a mulher em relação à maternidade. A verdade é que o pai nasce junto com a criança e para alguns a surpresa da noticia da gravidez pode abalar um pouco o psicológico. Há homens que não aceitam a gravidez imediatamente pelo peso que a responsabilidade de ter um filho tem, mas em outros casos são homens que realmente nunca pensaram em ter um filho.

Existem casos em que ambos são loucos para ter filhos e outros que o casal não tem vontade alguma, mas o desejo de engravidar aparece com o tempo, é o tal do relógio biológico! Por isso, o ideal é um casal aproveitar bastante o que tiver que aproveitar para viajar, passear e se divertir, pois a partir do momento em que uma família é formada o mundo se volta para os pequenos que chegaram. Claro que a vida de quem tem filhos não para, a pessoa não morre para o mundo social depois dos filhos! Ainda há possibilidades de passeio e se divertir mas garanto que as prioridades são totalmente diferentes do que as de um casal sem filhos.

Para mulheres como eu que não tive contato com crianças, não no dia a dia cuidando de uma antes de ser mãe, a maternidade pode assustar um pouco, mas sabe? A maternidade muda a mulher, é como se uma nova pessoa nascesse na sala de parto junto com o bebê. A mulher tem a incrível capacidade de aprender a cuidar dos filhos assim que dá a luz. Pegar, a trocar e até dar o banho com destreza! Realmente eu me surpreendi apesar de ter pago uns micos bem hilários como mamãe de primeira viagem. Entre mortos e feridos salvaram-se todos!

Ser mãe é abrir mão como já disse neste post e determinar o momento de ingressar na maternidade é uma decisão interna e não deve ser tomada por impulso ou por simples pressão familiar. Ser mãe traz ao mundo da mulher uma perspectiva diferenciada de tudo que a vida te dá, todas as preocupações são voltadas para a nova vida que chegou. Costumo dizer que até mesmo mulheres que tem um sono pesado, após ser mãe passam a acordar a qualquer suspiro do bebê.

Adoção é uma das formas de ser mãe, a única diferença é que a criança já vem pronta! O amor é o mesmo, as preocupações de uma mãe adotiva são iguais as mães biológicas. Para mães adotivas a gestação é a fase dos tramites e procedimentos, a ansiedade é a mesma que a da gravidez. Escolher o momento certo e saber se está preparada é um tanto fácil, basta olhar para dentro de si e se perguntar: Quero Ser Mãe? Se a resposta for SIM então se joga! A maternidade é o ponto alto da vida de uma mulher.

Veja também: O Que é Ser Mãe – Confissões Que Toda Mulher Precisa Saber

Foto:  JerryLai0208