É muito comum ouvirmos falar de problemas nos dentes como cáries, tártaro, tratamento de canal, extrações, entre diversos outros termos bastante conhecidos. Porém, se engana quem pensa que esses são os únicos problemas com os quais os dentistas se preocupam. Além da gengivite, que pode causar sérias consequências, a retração gengival é também uma condição que atinge milhões de pessoas em todo o mundo. Mas o que será que ela é de verdade e como trata-la? Vamos falar exatamente sobre esse assunto no texto de hoje. Leia até o fim e confira!

O que é Retração Gengival?

É importante entendermos o que é a retração gengival e por que essa condição pode se tornar algo tão sério. Como o próprio nome sugere, a retração gengival ocorre quando a gengiva diminui, fazendo com que os dentes fiquem à mostra. Isso pode acontecer com apenas um dente, o seja, com apenas uma parte da gengiva, ou com todos os dentes. Estima-se que pelo menos metade das pessoas do mundo entre 18 e 63 sofra com esse problema em algum nível.

A retração gengival ocorre por conta da perda de tecido periodontal e pode estar associado a alguns tipos de causas específicas, que vamos falar logo a seguir.

Causas da Retração Gengival

Antes de mais nada, é necessário explicitar que existem alguns casos em que as causas da retração gengival não podem ser identificadas, ou pelo menos não facilmente. Porém, na maioria dos casos, é possível que a causa seja identificada, fazendo com o que o tratamento seja mais fácil também. Algumas das principais causas da retração gengival são:

  • Bruxismo
  • Idade
  • Mau Posicionamento dos Dentes
  • Doença Periodontal

Vamos falar mais profundamente sobre cada uma delas.

Bruxismo

O bruxismo é uma doença caracterizada pelo ranger involuntário dos dentes, o que acaba gerando o desgaste deles. Por conta disso, é possível que a gengiva também seja afetada, gerando assim sua retração. É importante que esse problema seja tratado antes que se inicie o tratamento para retração em si.

Idade

É natural que o tamanho de nossas gengivas diminua com o passar dos anos. Devido a certos fatores genéticos, isso pode ocorrer mais rapidamente para um do que para outros. Ainda assim, a idade é um fator que pode influenciar muito na retração gengival.

Mau Posicionamento dos Dentes

Pessoas com mordida cruzada ou apinhamento podem acabar exigindo muito do tecido periodontal, o que acaba fazendo com que a gengiva se retraia naturalmente. Esse problema pode ser facilmente corrigido com o uso de um aparelho ortodôntico, mas é importante que seja identificado antes de gerar efeitos colaterais como a retração gengival.

Doença Periodontal

A doença periodontal nada mais é do que uma evolução da gengivite, caracterizada principalmente pela perda de tal tecido, ou seja, a própria retração gengival.

Como você pôde perceber, muitas das causas da retração gengival estão diretamente relacionadas com maus hábitos de higiene bucal. Portanto, é importante estar sempre atento a isso para evitar que esse problema ocorra. Outra causa dessa condição são traumas causados por uma escovação incorreta.

Tratamentos para Retração Gengival

O tratamento para a retração gengival pode variar de acordo com a causa do problema e também de sua gravidade. Antes de mais nada, um dentista irá indicar um tratamento para a possível causa. Para um paciente que possui bruxismo, por exemplo, é importante usar uma placa dentária para evitar que o problema piore. Já o paciente que possui doença periodontal, é importante que o tratamento correto seja feito afim de evitar sérias consequências.

De modo geral, o tratamento da retração gengival consiste na limpeza e no alisamento da gengiva para que você possa ter um sorriso esteticamente agradável e saudável ao mesmo tempo.

dentes curtos

Possíveis Complicações

A complicação mais simples que você pode ter com uma retração gengival tem a ver com o aspecto do seu sorriso, ou seja, trata-se de uma simples questão estética. Porém, não tratar da doença pode causar problemas muito mais sérios, como problemas para mastigar determinados alimentos e até a perda total dos dentes, em casos mais graves.

Por essa razão, é extremamente importante procurar um dentista assim que você perceber que sua gengiva está se retraindo, pois apenas um profissional pode indicar qual é o melhor tratamento e evitar que problemas como esse surjam.

Como evitar a Retração Gengival?

Como já dissemos anteriormente, muitos dos problemas que causam a retração gengival tem a ver diretamente com a higiene bucal. Por isso, a melhor forma de se prevenir é exatamente adotando hábitos como escovar os dentes após todas as refeições, antes de dormir e ao acordar; fazer o uso do fio dental; usar enxaguante bucal e visitar uma dentista pelo menos uma vez a cada 6 meses. Tomando essas atitudes simples, é possível evitar grandes complicações e garantir que você tenha um sorriso saudável e bonito.

Muitos de nós podemos nem saber da existência da retração gengival, mas é fato que ela está presente em muitas pessoas no mundo todo. E entender que se trata de um problema grave é essencial para que você entenda também como se prevenir e evitar que isso te atinja. Quanto mais conhecimento sobre o seu próprio corpo você tem, mais você sabe como cuidar dele.