Sabe quando você tem um sangramento de surpresa, completamente fora da data que sua menstruação deveria vir? Normalmente é um sangramento mais leve, que dura poucos dias e parece que vem só para sujar a calcinha, não é? Esses podem ser os sangramentos de escapes, e na verdade eles podem te dizer muito sobre o seu corpo!

Sangramento de escape é o nome que se dá a um sangramento mínimo que pode ocorrer durante o ciclo menstrual. Tende a ser menor do que o sangramento menstrual e às vezes apresenta uma cor diferenciada da menstruação com sangue vivo. Sabe quando no meio da cartela do anticoncepcional o sangue aparece do nada? Isso é considerado um sangramento de escape bem característico.

Causas do Escape Menstrual

Mas você sabe o que causa e o que fazer quando o escape menstrual acontece? Também chamado de sangramento inter menstrual, o sangramento de escape pode ser causado por vários motivos e não só por uso da pílula anticoncepcional. É algo possível de ocorrer ao longo da gestação, por exemplo, porém, na gravidez a luz amarela deve-se acender, já que pode apresentar alguns riscos à gestação. Mas como identificar um sangramento de escape sem estar grávida?

O sangramento de escape menstrual é bastante comum quando se usa anticoncepcionais. No meio da cartela de anticoncepcional o sangramento aparece gerando preocupação e isso acontece porque algumas pílulas têm maiores chances de oferecer esse risco de sangramento dependendo do organismo da usuária e de como reage à formula.

Se a quantidade hormonal da pílula for menor do que o organismo da mulher necessita, o escape menstrual pode acontecer com frequência e nesses casos é preciso recorrer ao médico para ajustar a medicação e cessar o sangramento de escape.

Um sangramento de escape com aspecto de borra de café menstrual amarronzado pode também acontecer devido aos hormônios da pílula. Algumas pílulas de baixa dosagem hormonal são campeãs de escape e ficar alerta é muito importante. Além disso, vale destacar que o sangramento de escape pode ser equivalente a 2 colheres de sangue enquanto que a menstruação equivale a até 8 colheres de sangue.





Outros Fatores Para Acontecer o Sangramento de Escape

Mulheres que tomam anticoncepcionais há muito tempo também podem ter sangramento de escape menstrual quando o organismo se “acostuma” com a pílula, e quando isso passa a acontecer com frequência, é hora de conversar com o médico ginecologista para aumentar a dose ou mesmo trocar o medicamento.

A pílula do dia seguinte é a vilã dos escapes e ela proporciona o mesmo escape menstrual para mostrar a sua eficácia. Portanto, se você tomou a pílula do dia seguinte e teve um escape marrom ou avermelhado é sinal de que a pílula funcionou como previsto para evitar a gravidez.

Se virar rotina em mais de 2 ciclos, o sangramento deve ser investigado por um médico para serem descartados problemas tais como endometriose, síndrome dos ovários policísticos e até mesmo gravidez, já que o escape pode ser o sangramento da nidação.

IMPORTANTE: Mesmo com sangramento de escape a mulher pode engravidar, já que o ciclo menstrual continua naturalmente. Um fator que pode desencadear um pequeno escape também é a ovulação! Durante o período fértil, algumas mulheres podem apresentar pequenos sangramentos amarronzados ou vermelho claro. Isso não apresenta nenhum risco para a mulher.

Sangramento de Escape na Gravidez

O sangramento de escape menstrual mais perigoso é o que acontece na gravidez. Esse pode acontecer por deficiência hormonal ou mesmo por outros fatores como descolamento da placenta, ruptura prematura ou não da bolsa e até mesmo infecção urinária ou placenta prévia. Em gestações de risco também pode haver sangramento de escape, principalmente quando a mulher faz esforços ou tem relação sexual.

Sangramento de Escape Repetitivo

O importante é investigar o sangramento de escape menstrual persistente, já que um simples sangramento pode se tornar uma dor de cabeça e algo muito inconveniente, pois se torna repetitivo e em diversos dias do mesmo ciclo, fazendo a mulher sangrar por um tempo além do que de costume. Descartar a hipótese do sangramento ser da uretra ou ânus é muito importante e com um exame simples o médico consegue detectar o local exato do sangramento.

Uma medicação apropriada e tratamentos simples podem ajudar a conter esses sangramentos de escape menstrual e tornar a vida muito mais fácil sem os inconvenientes sangramentos de escape. Então resumindo: sangramento de escape pode acontecer por conta da pílula anticoncepcional e da pílula do dia seguinte, por exemplo. E se você está grávida tem que ficar alerta a esses sangramentos e em qualquer um dos casos uma visita ao ginecologista fará muito bem.

Dúvidas das Leitoras:

Como parar o sangramento de escape menstrual?

Normalmente, o sangramento de escape para naturalmente com o passar dos dias, mas se for algo recorrente o ginecologista pode recomendar a troca do anticoncepcional utilizado ou até mesmo a mudança de certos hábitos como o tabagismo. O cigarro aumenta as chances de sangramentos de escapes e o problema pode ser sanado deixando o uso de lado.

Como diferenciar menstruação do sangramento de escape?

A grande diferença da menstruação para o sangramento de escape menstrual está na quantidade do sangue. O sangramento de escape normalmente não é prolongado e quase sempre vem somente para sujar a calcinha, muitas vezes nem precisando de absorvente para conter.

Tem como engravidar tendo sangramento de escape?

Se você usa anticoncepcional corretamente e o sangramento de escape menstrual ocorre, as chances de você engravidar são quase nulas, mas se não usa nenhum contraceptivo com certeza existem chances.

Há outras causas para sangramento de escape?

Apesar do sangramento de escape ser mais comum entre as usuárias de anticoncepcionais, ele também pode ser sinal de problemas de saúde. Algumas condições que podem causar sangramentos incluem pólipos no colo do útero, miomas no útero e síndrome do ovário policístico. Se você não costuma ter sangramentos de escape e começar a apresentar sangramentos de escape repetitivos, converse com seu médico.

Qual é a cor do sangramento de escape?

Normalmente, o sangramento de escape tem cor marrom escura, podendo ser comparada com a borra de café. Mas algumas vezes pode parecer um vermelho clarinho e raras vezes são na cor vermelho vivo, com fluxo.

Veja também: Como Funciona o Ciclo Menstrual e Fases do Ciclo

Foto: Liza Lagman Sperl