Muitas mulheres passam por algumas dificuldades em busca da segunda gravidez. Apesar de ter tido uma gravidez anterior, algumas vezes a segunda gravidez dá certo trabalho para acontecer. Uma infertilidade ocasional sem motivo aparente, afinal, essa mulher ou casal já tem um filho. Alguns casais tem o primeiro filho e, após algum tempo, retomam as tentativas de engravidar imaginando que tudo será mais fácil, mas nem sempre é assim.

O problema da segunda gravidez é justamente a previsão da facilidade com que a mulher vai engravidar. Ainda mais se, para a primeira gravidez, o processo foi relativamente rápido, as preocupações podem começar a acontecer depois de um tempo de tentativas para a segunda gravidez. Para um casal saudável em idade reprodutiva, um tempo considerado normal, seguro e recomendado paratentativas da nova gravidez são de um ano. 

Os fatores preocupantes para a demora da segunda gravidez podem ser diversos e as situações em que essa dificuldade acontece também são as mais variadas. O casal que pretende ter mais um filho e cujas tentativas ultrapassem um ano devem procurar um médico, assim como casais que estão em busca da primeira gravidez. Exames são fundamentais para se descobrir a razão da espera sem resultados. Em busca da razão da demora do positivo para a segunda gravidez o médico que irá tratar o casal deve levar em conta se:

  • A primeira gravidez é do mesmo homem das tentativas atuais
  • Se há algum novo fator físico que esteja impedindo a segunda gravidez
  • Modo de vida (saúde, alimentação e vícios)
  • Fatores externos (vestuário, acidentes etc)

Para quem busca a primeira ou até mesmo a segunda gravidez, deve ter em mente que a saúde deve ser a melhor possível. Deixar de lado cigarros, drogas e bebidas nas tentativas para engravidar pode colaborar para que a gravidez aconteça com maior tranquilidade. Motivos físicos que podem impedir casais férteis (que já engravidaram) devem ser sim investigados. Exames hormonais para homem e mulher, ultrassom uterino e espermograma são alguns dos exames básicos para quem busca a segunda gravidez.

Algumas doenças podem ser desenvolvidas após a primeira gravidez, principalmente se o tempo de espera para a segunda gravidez é muito longo. O tempo pode trazer uma infecção uterina, anovulação e alterações hormonais para a mulher. Também podem trazer uma infecção testicular para o homem que pode desenvolver baixa quantidade de espermas ou mesmo baixa de qualidade.

Tratamentos Para Casais que Buscam a Segunda Gravidez

Normalmente, casos de segunda gravidez são mais fáceis sob o olhar médico. O importante é que o casal tenha essa disponibilidade em buscar o motivo da infertilidade atual. Após um ano de tentativas, um bom profissional deve ser consultado e esse pedir alguns exames complementares para verificar a saúde do casal. Casais com histórico de infertilidade para a primeira gravidez podem ou não apresentar dificuldades para a segunda gravidez. Nesses casos específicos deve-se fazer novos exames para diagnosticar o que esta impedindo. Em casos mais específicos com doenças como endometriose, ovários policísticos ou mesmo varicocele, já pode ser introduzida o tratamento para amenizar o tempo de espera do casal.

Outro fator que pode contar muito e até causar mais espera para uma segunda gravidez, é a idade. Mulheres acima de 35 anos podem ter maiores dificuldades do que uma mulher mais jovem, em torno dos 25 anos, por exemplo. Quando mais avançada a idade, mais tempo leva-se a engravidar devido à qualidade dos óvulos. O diferencial em tentantes para a segunda gravidez que estejam com um pouco mais de idade, em torno dos 40 anos, é que deve-se reduzir o tempo de espera de um ano para seis meses. Alinhado a isso, uma boa recomendação é a ingestão de vitaminas apropriadas para a fertilidade, como é o caso da FamiFerti, que além de suprir as necessidades vitamínicas do corpo feminino, estimulam e fortalecem o útero e óvulos, melhorando as possibilidades de se engravidar mais rapidamente. Você pode adquirir a sua vitamina FamiFerti aqui na nossa loja virtual.

Caso a gravidez não aconteça, a investigação do casal deve ser iniciada pelo médico. Os problemas mais corriqueiros que dificultam a segunda gravidez podem ser os mesmos que já existiam antes mesmo da primeira gravidez. Lembrando que o tempo pode levar a doença a um estágio mais avançado e, por isso, engravidar ficaria mais difícil. Exames a serem feitos para investigar uma infertilidade secundária:

  • Hormonais: detectaria alguma alteração que esteja impedindo a ovulação
  • Ultrassom: verifica a existência de problemas como ovários policísticos, endometriose, miomas, cistos ou aderência nas trompas que dificultaria a gravidez
  • Espermograma: verifica se há alteração no líquido seminal, presença de infecção

Descartadas as doenças que impedem a gravidez, um novo passo pode ser tomado. O médico pode aconselhar procedimentos e medicações como indutores e vitaminas da fertilidade para a mulher, como a FamiFerti.

Ter a paciência de esperar pela segunda gravidez pode não ser mais fácil do que para mulheres que tentam a primeira gravidez. A espera nunca é agradável para o casal que quer engravidar, e as incertezas sobre o que está ocorrendo no corpo, já que houve uma primeira gravidez anteriormente, tornam o processo doloroso. São expectativas e situações diferentes, e que não devem ser minimizadas apenas pelo fato de já ter tido um filho antes.

Casos de casais em que a primeira gravidez não foi adiante, deve-se fazer uma investigação mais profunda com o médico responsável pelo tratamento. Buscar problemas genéticos, hormonais e até mesmo fatores possíveis de acontecer como trombofilia é muito importante para o sucesso da segunda gravidez.

Nota da autora: A busca pela segunda gravidez foi um processo bem longo para nós. Logo depois do primeiro ano da Joana, começamos as tentativas que perduraram por 3 longos anos. Apesar de já termos filhos, cada ciclo negativo era uma frustração maior do que a primeira vez que estávamos tentando engravidar. Fomos a diversos médicos e 90% deles diziam que era questão de tempo, que não éramos inférteis por já termos uma filha. Mas sabe quando só essa explicação não te basta? Eu sentia que tinha que fazer mais alguma coisa por nós.

Foi então em uma conversa com o marido que decidimos fazer exames para saber o que estava acontecendo. Procuramos médicos especialistas, um ginecologista para mim e urologista para ele. Após todos os exames, foi constatada a varicocele. O médico disse que ela sempre esteve lá, mas em conjunto com uma infecção recente, o estado piorou a saúde do esperma. O tratamento foi relativamente fácil e curto, e após 3 meses com Vitergan e tribulus, eu engravidei no susto! Nem esperávamos mais por essa notícia tão rapidamente. Você pode conferir mais dessa jornada em busca da segunda gravidez no meu relato de parto do Dudu.

Esse relato nos deixa claro que as dificuldades para engravidar não são somente por parte das mulheres. Os homens também podem apresentar problemas que dificultem a concepção e, pensando nisso, a empresa Famivita desenvolveu a vitamina ViriFerti, que além de suprir todas as necessidades vitamínicas do corpo, ainda atua no fortalecimento dos espermatozoides e do DNA, melhorando a mobilidade dos espermatozoides. Você pode adquirí-la aqui na nossa loja virtual.

Faça do seu médico o seu melhor amigo, pois somente ele poderá te indicar as melhores alternativas ao avaliar o seu caso.

Veja também: Endométrio e Gravidez – Casamento Perfeito

Foto: Beat Küng, Jack Fussell