Se existe um local de extrema sensibilidade no corpo feminino são os seios. Isso ocorre porque os seios possuem muitas terminações nervosas, glândulas e músculos e por essa razão podem ficar inchados e doloridos por diversos motivos. Pelo menos uma vez na vida todas as mulheres sentirão algum incomodo ou a sensação de seios doloridos e inchados, com uma maior sensibilidade na área.

Causas de Seios Inchados e Doloridos

As dores nas mamas também denominadas mastalgia, podem ocorrer por variados motivos, desde um sutiã muito apertado como por sintoma da TPM e caso seja um sintoma muito incômodo os seios doloridos e fora da normalidade, um medico deve ser procurado para verificação do quadro.

Os seios inchados e doloridos podem começar a ocorrer logo no início da puberdade devido as grandes variações e mudanças hormonais que ocorre nessa fase da vida, principalmente pelo crescimento dos seios que proporciona sensibilidade intensa.

Principais Motivos Para a Dor e o Inchaço nos Seios

Menstruação – Durante o período menstrual e o que antecede a ele, o corpo da mulher já sofre com alguns sintomas. Os seios doloridos e inchados com extrema sensibilidade é um deles. Costuma surgir duas semanas antes da menstruação, acompanhado de cólicas, inchaço do abdômen, espinhas no rosto e variação do humor. Esse fato ocorre devido à variação dos hormônios durante a fase da ovulação e menstrual. Medicamentos anti-inflamatórios podem auxiliar na diminuição da dor, além da ingestão de muito líquido que diminuirá a retenção de líquidos, que agrava ainda mais o incômodo.

Gravidez – Um dos primeiros sintomas a alarmar a mulher de uma gravidez, claro que junto de um atraso menstrual, a sensibilidade e seios doloridos acontecem como sintoma gestacional. A dor e o inchaço acontecem devido aos hormônios da gravidez e pode ser acompanhado de maior visibilidade das veias da mama também que acabam ficando mais saltadas que o normal.

Anticoncepcional – O uso de medicamentos ou anticoncepcionais a base de estrogênio podem ter como sintoma o inchaço e dor nos seios, acompanhado de cefaleias e escapes de sangue, náuseas e maus estares. Caso o sintoma persista por muito tempo, o ginecologista deve ser informado para a mudança do medicamento.

Amamentação- Durante a amamentação a alta produção de leite pode causar certo incômodo ou sensibilidade nas mamas. Costuma ocorrer principalmente nos primeiros meses após o nascimento do bebê e volta ao normal assim que a produção de leite materno se estabelece.

Auto Exame nas Mamas

É de extrema importância o autoexame nas mamas em todas as fases da vida. O procedimento não deve ser realizado somente pelo medico em consultas de rotina e sim de forma que seja constatada a saúde dos seios diariamente.

O procedimento é simples e pode ser realizado durante o banho ou a troca de roupas e caso constatado alguma glândula, nódulos ou inchaço maior que o normal um especialista deve ser procurado, assim como alguma dor incomum e sensibilidade maior que o normal.

Secreções no Bico e Mudanças na Pele da Mama

Nos casos onde os seios inchados e doloridos acompanham secreção no bico, endurecimento da pele ou alteração no tecido mamário, o ginecologista poderá indicar exames complementares para avaliação do quadro caso não constatados através do exame palpável.

Quando Fazer Mamografia

Vale lembrar que todas as mulheres a partir dos 40 anos de idade devem fazer exames clínicos da mama, incluindo o exame de mamografia. Os médicos competentes e responsáveis pelos cuidados das mamas são ginecologistas, clinico geral e mastologista.

Caso descartado todos os possíveis motivos citados acima como gravidez e menstruação, os sintomas podem ser evidências de outros problemas que geram o sintoma. Através dos exames solicitados pelo especialista poderá ser diagnosticado e o tratamento adequado ser iniciado para sanar a situação.

Os seios doloridos e inchados são sintomas comuns da vida de qualquer mulher, mas também ocorrem em quadros de algumas doenças como infecção na mama, infecções linfáticas, dilatação do duto mamário, mastite, nódulos mamários e também o câncer de mama. Por isso não hesite em procurar ajuda médica caso constatado algo anormal em seus seios. O diagnóstico precoce de todos os problemas ajudam e muito no tratamento e no seu sucesso!

Veja também: TPM ou Gravidez – Como Diferenciar?

Fotos: Mari Jares