A gestação é cercada de alegrias e é uma fase maravilhosa para a mulher. Esperar um bebê, gerar e nutri-lo em seu ventre pode se tornar uma verdadeira aventura! Mas o que esperar nas semanas de gestação? O que cada trimestre reserva para a futura mamãe? E o papai? Como fazê-lo interagir melhor com o decorrer das semanas de gestação? As primeiras semanas de gestação podem reservar muitas mudanças! Vamos lá!

Primeiro Trimestre – Fase de Descobertas

O primeiro trimestre de gravidez deve ser cercado de cuidados pela gestante. Embora as primeiras 12 semanas de gravidez tenham o fantasma da vulnerabilidade e tenha que ser levada com alguns cuidados especiais e atenção a qualquer sangramento ou dores demasiadas, essa também é uma ótima fase para a futura mamãe. Nas primeiras duas semanas de gestação a mulher ainda não sabe que está gravida, mas pode ter alguns sintomas como:

  • Dores abdominais (cólicas e fisgadas)
  • Inchaço
  • Dores de cabeça
  • Salivação
  • Falta ou excesso de apetite
  • Náuseas

A fecundação pode acontecer no 14º dia antes da data provável para a menstruação, porém só quando ocorre a falta da menstruação que a mulher pode suspeitar que esteja grávida. As mudanças no inicio da gravidez são sutis, acontecem devagar até que o positivo chegue pode ser apenas uma semelhança muito forte com os sintomas de TPM.

A partir da descoberta da gravidez, isso lá pela 5ª ou 6ª semanas de gestação, o corpo da mulher começa a se transformar com mais rapidez. Inchaço que faz a barriga parecer de mais tempo pode salientar devido ao aumento hormonal significativo dessa fase inicial.  Esse inchaço é um bom sinal, significa que o corpo está produzindo hormônio suficiente para manutenção da gravidez.

Por volta da 7ª semana de gestação a primeira ultrassom pode ser feita. Certamente se estiver correta a conta da DUM com a gravidez, o médico ultrassonografista pode conseguir ver e ouvir os batimentos cardíacos do pequeno que está crescendo saudável no útero da sua mãe. Na 8º semana de gestação a mamãe pode se sentir indisposta, o sono toma conta do corpo.

Uma vontade imensa de comer alguma coisa ou repulsa total pode aparecer repentinamente. Enquanto tudo isso acontece, os hormônios estão a todo vapor! O útero começa a crescer dentro da cavidade abdominal e alguns desconfortos podem aparecer. Algumas mulheres sentem esse desconforto desde o inicio da gravidez, mas algumas mulheres podem sentir mais intensidade das dores nessa fase, já que agora o útero começa a expansão mais significativa.

Ainda não aparenta estar grávida, mas a gestação pode transparecer nos seu corpo. Cabelos, unhas e o brilho do olhar podem ficar mais viçosos. Não se esqueça de iniciar os cuidados com a pele ainda nessa fase inicial. Cremes, hidratantes e óleos de amêndoas são uma boa pedida para manter a elasticidade da pele. Ás 12 semanas de gestação, o corpo da mulher tem mais mudanças significativas, nessa fase algumas mulheres já podem ter uma barriguinha mais saliente e até mesmo sentir algumas borboletas no ventre.

A partir daqui as náuseas e o sono podem acabar como um passe de mágica, pois se inicia o segundo trimestre de gravidez. As mudanças da coloração de certas partes do corpo também são comuns. A virilha, axila e a linha nigra acabam de dar sinal de vida. Tudo isso claro, movido pelos hormônios da gravidez.

Para o papai: As primeiras semanas de gravidez para o papai devem ser de muita paciência com a mamãe. Os hormônios podem transformá-la em uma pessoa completamente diferente! Hora chorona, ora super feliz. Uma verdadeira montanha russa de emoções devido ao aumento considerável de hormônios.

Importante: Todas as mudanças, principalmente as de ganho de peso e crescimento da barriga devem ser acompanhados pelo obstetra e anotados na carteirinha do pré-natal. 

Segundo Trimestre – As semanas de gravidez trazem mudanças intensas!

As mudanças do segundo trimestre são as consideradas mais significativas de toda a gestação! A barriga cresce a olhos vistos e a diferença de tamanho da barriga de uma semana para outra é impressionante! Ás 12 semanas de gestação o bebê deve ser submetido a uma ultrassom para medir a translucência nucal e claro, a ansiedade para detectar saber se vai tudo bem e para descobrir o sexo do bebê pode causar furor entre a família e claro, para os pais. Talvez consiga ter uma idéia do sexo se visualizado o tubérculo fetal.

No segundo trimestre também podem ser sentidos os primeiros movimentos do bebê, mais seguramente lá pelas 16, 17 até 20 semanas os movimentos do bebê podem ficar mais perceptíveis para a mamãe apenas. Das 12 até as 26 semanas de gestação as mudanças são maiores devido ao crescimento do útero e realocação dos órgãos internos da gestante. Tudo muda um pouco de lugar, inclusive estômago, coração e a coluna sofrem alterações significativas nessa fase.

Uma dica para as gestantes: quer melhorar o prazer do sexo durante a fase gestacional? Use gels lubrificantes a base de água que fazem o papel do muco cervical e ainda controlam o pH vaginal, reduzindo as chances de proliferação de fungos e bactérias responsáveis por infecções. A Famivita desenvolveu o lubrificante perfeito para as tentantes e gestantes, o FamiGel. Você pode compra-lo aqui em nossa loja virtual.

Principais Mudanças do Corpo na Gravidez

A mamãe pode começar a andar como uma “patinha” por conta do peso que já pode incomodar na hora de se deslocar e até mesmo para dormir. Se sentir pesada a partir da 20ª semanas de gestação é muito comum, mas não só pelo bebê e sim pelo conjunto da obra.

O humor pode continuar alterado, mas estará certamente mais sutil do que no primeiro trimestre. Cabelo, pele, tudo lindo mas o peso… Muito cuidado com a alimentação. Desejos são muito comuns e a moderação é essencial. Coma alimentos saudáveis para mandar mais nutrientes possíveis para o bebê e se manter em forma sem ganhar muito peso e essa fase é essencial que a mulher se cuide. As falsas contrações podem aparecer também por volta das 22 semanas de gestação e são perfeitamente normais.

Para o Papai: Se possível acompanhe a sua esposa em todas as consultas de pré natal e exames de ultrassom. Ver o que está acontecendo com a mamãe pode deixar você mais tranquilo e é gratificante depois de uma ultrassom que conseguiu ver o bebê com dedinho na boca, soluçando ou dando cambalhotas.

Terceiro Trimestre – Reta final!

Cansada, sem ar e noites mal dormidas… mas com toda a certeza de que cada desconforto vale a pena. A cada movimento do bebê a mamãe tem mais e mais certeza disso! As últimas semanas de gestação podem causar ansiedade e espera para a mamãe, mas nada melhor do que ajudar a passar o tempo preparando o enxoval e o quartinho. O corpo parece cada dia mais pesado e você cada dia mais lenta e realmente está.

Se levantar pode ser uma aventura e tanto já próximo ao final da gestação. As dores pélvicas são parte do dia a dia, pois nessa fase o bebê cresce a todo vapor. Normalmente eles ganham cerca de 40 a 60 gramas ao dia até o dia do nascimento. Cãibras, essas são as vilãs para muitas mulheres. Elas costumam aparecer no último trimestre ou nas últimas semanas de gestação tal como algumas doenças como a síndrome do túnel de carpo. Vale lembrar que qualquer desconforto deve ser reportado ao médico que acompanha a gestação. Um pré natal bem feito é sinônimo de uma gravidez sem saudável e sem sustos.

O ideal é a mulher ganhar cerca de 1kg por mês de gestação, exagerar na comida pode fazer com que ganhe até o triplo e assim recuperar depois se torna mais uma batalha. Se preparar para a amamentação durante as semanas de gestação é fundamental! Fazer uma preparação dos mamilos é uma boa idéia! Uma esponja vegetal pode fazer o serviço, basta esfregar nos mamilos durante o banho com uma intensidade que suporte sem forçar para machucar. Essa preparação faz uma espécie de calosidade que irá ajudar e muito nas primeiras semanas de amamentação.

As dores baixo ventre irão aparecer com certeza, cabe a gestante decidir se é hora de ir ao médico para verificar possibilidade de uma infecção urinária que é comum nas últimas semanas de gestação. Se houver um desconforto significativo para urinar ou andar é hora de falar com o médico. Urinar sem perceber também é uma das maravilhas da gravidez! Muitas mulheres se queixam de calcinha molhada constantemente nas semanas de reta final e é um evento perfeitamente normal que aconteça. Apenas se preocupe se a intensidade desse liquido for aumentado e se tiver sinal de cheiro de água sanitária.

Próximo ao parto a gestante pode ter sinal do tampão mucoso, uma secreção que cuida para que não entre nenhum tipo de bactérias ou infecção intra útero. Se a secreção vier acompanhada de dores ritmadas e de perda de liquido o médico deve ser consultado imediatamente.

Para o papai: sinta os movimentos do seu bebê o máximo que puder! Interagir com o seu filho pode trazer uma memória incrível depois do nascimento. O bebê ouve sim, ainda mais vozes graves como a de seus pais. Dê muito apoio a mamãe, nessa fase final ela estará muito cansada e pode não querer ter relações frequentes como no segundo trimestre. Paciência e amor são as duas palavras chave para essas últimas semanas de gestação.

Mamãe aproveite cada minuto da gestação! Apesar dos desconfortos tudo vale muito á pena! A gravidez é um estágio mágico da mulher, viva com intensidade!

Aproveitando o espaço, quero contar uma novidade para nossas leitoras. Em parceria com a empresa Famivita desenvolvemos uma linha de produtos focados na fertilidade do homem e mulher. Se conhece alguém que está tentando engravidar, vale a dica! Vitaminas da fertilidade da mulher FamiFerti, que potencializa a ovulação e fortalece o útero e o endométrio, teste de ovulação e gravidez. Você pode adquiri-los aqui em nossa loja.

Veja também: Calculadora da gravidez e Altura Uterina – O Que Significa na Gravidez

Fotos: Matthieu Luna, Christine