Quando uma mulher pretende ter um bebê, existem muitas questões que vem à sua mente. Muitas delas dizem respeito aos riscos à saúde que podem existir ao bebê e à mulher durante a gravidez, mas as primeiras normalmente são sobre o que ajuda ou atrapalhar uma mulher a engravidar.

Existem também aquelas questões que convergem entre esses dois assuntos, como quando uma mulher se questiona sobre se ser fumante atrapalha engravidar. Será que há alguma relação entre essas duas coisas? Quais são os cuidados que devem ser tomados? É exatamente esse o tema que abordaremos hoje.

A Relação entre Cigarro e Infertilidade

É de conhecimento geral que o cigarro afeta a sua saúde de diversas maneiras, mas o que muitas pessoas não sabem é que ele também pode interferir tanto na fertilidade do homem quanto na da mulher. Aliás, já existem pesquisas que apontam que nas mulheres os efeitos do tabagismo são mais fortes no que diz respeito à fertilidade. Para se ter uma ideia, uma mulher que fuma regularmente, tem cerca de 45% chances a menos de engravidar do que uma não fumante. Mas por que isso acontece?

Primeiramente, o cigarro pode diminuir consideravelmente os níveis de estrogênio do corpo de uma mulher, além de também poder causar sérias alterações na reserva ovariana. Além disso, a nicotina, uma das principais e mais perigosas substâncias que existente nos cigarros, pode causar uma série de outros danos, sobre os quais falaremos a seguir. Então quer engravidar? É hora de parar de fumar!

Quais os Problemas que o Cigarro Pode Trazer para o Sistema Reprodutor?

São diversos os problemas que o tabagismo pode trazer para dificultar a fertilização de diversas maneiras. Alguns desses problemas são:

  • Problemas nas reservas ovarianas;
  • Dificuldade de implantação do óvulo;
  • Menopausa precoce;
  • Diminuição da taxa de ovulação;
  • Infertilidade total;
  • Dificuldade de mobilização do embrião nas trompas, o que pode causar uma gravidez tubária;
  • Aborto espontâneo.

Como você pôde perceber, sim, ser fumante atrapalha engravidar, mas não apenas isso. O cigarro pode trazer diversas consequências mesmo para aquelas mães que são fumantes e conseguiram engravidar.

Os problemas que esse tipo de vício pode trazer para crianças também são muito graves, principalmente os respiratórios e os de coração, que também causam muita preocupação.

A Solução Para o Problema

Se ser fumante atrapalha engravidar, a solução para esse problema parece muito simples: Pare de fumar. Mas apesar de toda essa simplicidade, muitas vezes essa pode ser uma tarefa mais difícil do que se imagina.

Acontece que o tabagismo é categorizado como uma doença, um vício em tabaco. E para a pessoa se curar dessa doença não basta apenas ter força de vontade – ainda que essa faça muita diferença – mas também ajuda médica.

Por isso, é recomendado que você procure um médico explique sua situação, dizendo que é fumante, que quer tentar engravidar e que por isso quer parar de fumar. O médico irá realizar todos os exames necessários, te indicar quais são as melhores maneiras para você conseguir se livrar do tabagismo e te dizer quanto tempo você deve esperar para que possa ter uma gravidez completamente saudável.

Sem essas informações e agindo por conta própria, você colocará em risco não só a sua saúde, mas também a sua gravidez e a saúde do seu futuro bebê. A solução para esse problema é simples, mas nem sempre é um caminho tranquilo para se chegar nos resultados.

Não descarte a ajuda de um psicólogo se julgar necessário para o seu caso, essa é uma maneira saudável e inteligente de lidar com a situação.

mulher fumando

Fumar Durante a Gravidez

Outro ponto importante e que deve ser comentado quando o assunto é se ser fumante atrapalhar engravidar, são as consequências que fumar traz para a gravidez. Apesar de ser algo disseminado e de conhecimento geral, muitos não levam a sério ou acham que pode ser um exagero, mas a verdade é que o cigarro é uma das coisas mais letais para mulheres gravidas.

Estudos recentes apontam que cerca de 87% das mulheres fumantes não abandonam o cigarro durante a gestação. Isso é um perigo enorme para ela e para o bebê. Alguns dos principais problemas que podem acontecer são:

  • O aborto, já que a fertilidade fica seriamente comprometida por causa do cigarro
  • O bebê pode nascer com sérios problemas pulmonares que o acompanharão para o resto da vida;
  • Problemas cardíacos no bebê;
  • Risco de morte súbita do bebê;
  • Problemas de crescimento do feto;
  • Maior risco de desenvolvimento de câncer no bebê;
  • Na amamentação, você acaba passando substâncias tóxicas para o bebê.

São diversos os malefícios que o cigarro traz para uma mulher e para o seu bebê. Então, se por um lado ser fumante atrapalha engravidar, por outro, quando uma fumante consegue engravidar e continua fumando, isso pode ser muito mais prejudicial.

Alcoolismo Reduz a Fertilidade?

Sim, assim como o cigarro, o álcool também interfere tanto na fertilidade masculina quanto na feminina. O que acontece é que a ingestão de álcool nem sempre é um vício e existem muitas mulheres que ingerem esse tipo de substância moderadamente, ao contrário do que acontece com o cigarro.

Nas mulheres, o álcool pode causar certas alterações hormonais que a prejudicam na hora de tentar engravidar. Isso pode acontecer até mesmo com aquelas que bebem apenas socialmente, ainda que as chances de problemas acontecerem serem bem maiores com as que bebem regularmente.

As chances de uma mulher que consome bebidas alcoólicas de engravidar são menores do que as que levam uma vida saudável e maiores do que as que fumam. O recomendado então é que você não faça o uso de nenhuma dessas duas substâncias tanto para sua vida ser mais saudável quanto para ter mais chances de engravidar e oferecer menos riscos para o seu bebê.

O uso das chamadas drogas lícitas, em especial o cigarro, é geralmente letal para mulheres que pensam em engravidar. E por mais que existam casos de bebês que não sofreram com o fumo das mães durante a gravidez, esses casos devem ser tratados exatamente como são: Exceções.

É cientificamente provado que o uso do cigarro atrapalha não só a mulher a ter um filho, mas também pode prejudicar o bebê de diversas formas, causando até mesmo o aborto. Então sim, ser fumante atrapalha engravidar e o melhor que uma mulher que pensa em ter um filho tem a fazer é parar de fumar antes de começar a tentar.

Dessa forma, a mulher estará fazendo um bem para sua própria saúde, além de também estar dando seu primeiro passo para uma nova vida com seu futuro bebê.

Veja Também: Drogas na Gravidez – O que Fazem?
Foto: Free-Photos