Sinusite em Crianças 3

Infelizmente a infância não é só alegrias e diversão, doenças e infecções ocorrem sem dar aviso para o desespero dos pais. Crianças estão suscetíveis a contrair e encarar diversos problemas de saúde ao longo da infância devido a sua baixa imunidade. Infecções, bactérias e doenças em geral podem vir a surgir sem motivo aparente, como é o caso da sinusite em crianças.

A sinusite ocorre devido a uma inflamação da mucosa existente nas áreas ao redor do nariz, olhos e maça do rosto, sendo conhecida como seios da face. O problema pode ser decorrente de um quadro infeccioso ou de problemas alérgicos e são causados por fungos, vírus ou bactérias.

Normalmente quadros de sinusite se apresentam como complicações de gripe e resfriados, pelo ao grande acúmulo de secreções na área infeccionada. O problema é dividido em dois tipos, pode ser crônica ou aguda. A sinusite crônica é determinada quando a presença de inchaços e inflamações nos seios da face ocorre por mais de 12 semanas, persistindo mesmo após tratamento direcionado pelo médico. Já a aguda, é aquela que responde imediatamente aos tratamentos desaparecendo até as 12 semanas normalmente ocasionadas por outro problema de saúde.

Para desencadear a sinusite crônica em crianças, alguns fatores podem influenciar como é o caso das alergias, rinite e asma que normalmente bloqueiam as passagens do seio nasal causando infecções. O desvio do septo também é um dos principais fatores, devido ao seu desalinhamento nasal, a restrição na respiração pode afetar diretamente causando o problema. O crescimento de pólipos nasais também é outro problema comum, pois com o crescimento de tecidos nessa área afetam totalmente a passagem da respiração. Qualquer outro problema que venha afetar os seios da face impossibilitando a passagem do ar e da respiração pode vir desencadear um problema de sinusite crônica. É necessário tratamento adequado e acompanhamento médico para controlar os desconfortos causados pelo problema.

Sintomas e Tratamento da Sinusite Infantil

Seja a sinusite crônica ou a aguda, os sintomas costumam ser bem parecidos por isso a dificuldade em dar o diagnóstico logo no inicio. Normalmente é analisado além dos sintomas, o tempo em que a infecção permanece. Sintomas como dores na face principalmente na área da testa são uma das principais queixas de pacientes que sofrem com a sinusite. A perda do olfato ou a diminuição dessa sensibilidade também podem ocorrer, e são um dos sinais da sinusite crônica.

Raio X do seio da face

Raio X do seio da face

Dores de ouvido, no maxilar e mau hálito são sinais bem evidentes do problema, que podem vir seguidos com inflamações de garganta constantes, náuseas causadas pela secreção que desce dos seios da face e tosse. Como citado anteriormente todos esses sintomas podem ser recorrentes tanto da sinusite crônica como da aguda, sendo a única diferença no período que ela fica instalada no paciente. O diagnóstico deve ser realizado após análise médica dos olhos, ouvidos, nariz, garganta e seios nasais. Normalmente o exame solicitado para conclusão é o tomografia da face, onde detalhes do seio da face e área nasal são observados com precisão.

Caso o especialista ache necessários exames complementares como endoscopia nasal, culturas nasais e testes de alergia podem ser solicitados, além de exames de sangue para análise e detecção de possíveis doenças que afetem diretamente a imunidade. O tratamento será indicado conforme resultado dos exames, e é direcionado para a real necessidade, por isso o caso deverá ser estudado antes de ser iniciado. Alguns casos poderão ser solicitados somente o uso de medicamentos para alivio dos sintomas, já em outros um tratamento mais controlado e rígido para que o problema seja solucionado definitivamente.

Sinusite em Crianças 1

Nos casos mais comuns o uso da solução salina, o soro fisiológico, auxilia a dissolver as secreções nasais causadoras de fortes dores, podendo ser acompanhada da utilização de corticoides nasais, que atuarão no tratamento da infecção. Em casos considerados mais graves, o uso de corticoides e antibióticos é recomendado. Principalmente em caso de sinusite bacteriana, onde somente o antibiótico conseguirá combater e resolver a situação.

Em pacientes onde a sinusite resiste a todos os tratamentos indicados, a cirúrgia endoscópica pode ser indicada onde será retirado todo tecido ou material que estiver impossibilitando a passagem respiratória. O problema é incômodo e dolorido, porém existem diversos tipos de tratamento para aliviar e resolver o problema definitivamente. Para seguir um tratamento adequado, procure um otorrinolaringologista que avaliará e indicará o melhor tratamento.

Veja também: Tosse Infantil – Entenda Mais Sobre Esse Sintoma

Fotos: victor abellón, Jon May, Servier Medical Art