Psiu tentante! Conheça aqui a loja do Trocando Fraldas!

Sobre TF

Sobre Patricia

Meu nome é Patrícia Rodrigues
Amorim tenho 34 anos

Meu nome é Patrícia Rodrigues Amorim tenho 34 anos, sou mamãe de 3 crianças lindas! Idades diferentes, fases diferentes 13 anos, 8 anos e 3 anos.

Apaixonada por maternidade desde sempre, encontrei dificuldades para realização dos meus sonhos, e também algumas mais depois de já ser mamãe. Desde que me imaginava sendo mãe, em meus pensamentos tudo parecia ser muito mais fácil e simples do que realmente foi, esperava já engravidar assim que desejasse, mas não foi tão simples assim. A primeira gravidez foi tranquila, porém o nascimento da minha filha foi bem conturbado. Joana nasceu em 2002 com peso de 2930kg e 45cm, de um parto cesariana muito tranquilo porém ela já havia nascido com pneumonia congênita devido a uma bolsa rota não tratada com antibióticos ainda antes do parto.

Com o nascimento da primeira filha vieram as primeiras descobertas de todos os sentimentos possíveis como mãe e também as noites em claro, cuidados com o bebê. Erros e acertos que fazem parte de toda nova experiência e claro, tudo com muito amor, carinho e atrapalhadas que fazem parte da minha personalidade.

Exatamente 4 anos e meio depois nascia Dudu com 3800kg e 53cm ás 42 semanas de gestação, meu filho que já esta um rapaz super esperto, amoroso e tão distraído… uma figura de criança! Porém desta vez não foi tão simples assim conseguir a gravidez, aqui no blog conto também como foi a jornada até conseguir engravidar, pois foram praticamente 3 anos de tentativas. Nessa época foi que me tornei uma tentante de fato e ainda nem sabia!

Alguns anos depois a Melissa veio cheia de saúde após uma gravidez repleta de cuidados e riscos por conta de uma pressão alta que persistiu até o ultimo mês de gravidez. Enfim ela nasceu ás 40 semanas de gravidez com 3540kg e 47 cm, linda e muito calminha. Minha princesa é a mais doce das crianças…

Hoje mãe de 2 crianças e 1 adolescente, relato minhas experiências e historias de como engravidei e como é a minha rotina, os problemas que tive e outros que outras meninas possam vir a ter em uma gravidez ou mesmo se estão tentando engravidar, você pode encontrar aqui! Posts sobre assuntos diversos, todos relacionados com o universo que tanto amo, a maternidade. Quero dividir todas as dificuldades e também alegrias, lágrimas e sorrisos que ganhei e distribui durante essa jornada tão gratificante que é ser MÃE!

Sobre Rosane

Meu nome é Rosane Gonzalez
Santos

Meu nome é Rosane Gonzalez Santos, tenho 31 anos e sou mamãe de duas preciosidades Mel e Lunna. Aos 18 anos descobri que estava gravida, e a surpresa não foi só a gravidez em si e sim pelo fato de eu poder estar grávida. Aos 15 anos iniciei um tratamento após milhares de exames para descobrir porque minha menstruação ate aquela idade não aparecia e também a falta de desenvolvimento no meu corpo que não acontecia e foi descoberta uma baixa de hormônio consideravel que além de ser necessário o uso de anticoncepcionais para fazer acontecer o que deveria ocorrer naturalmente, os médicos informaram que seria quase impossível eu conseguir engravidar, pelo fato do meu útero ser também infantil.

Quando engravidei, mesmo sendo muito jovem e tudo ter acontecido no susto fiquei muito feliz e realizada, afinal para mim estava acontecendo um milagre. Meu milagre nasceu dia 20/06/2002 de parto normal pesando 3,525 kg e 50 cm de 42 semanas num parto bem sofrido, após 12 horas de trabalho de parto. Saindo dali iniciou-se meu processo de crescimento, não só na maturidade mas sim porque ali não nasceu somente um bebê, nasceu uma mãe junto, uma mulher.

Após o parto traumático decidi que não gostaria mais de ter filhos, a Mel me bastava em todos os sentidos ate ela chegar aos 7 anos e começar a pedir um irmãozinho. Pensamos muito, pela correria do dia-a-dia, pelo trabalho, pelos gastos mas tomamos uma decisão em família, estava na hora da família crescer. E após 7 anos tomando AC, decidi parar e para minha surpresa em 2 semanas descobri estar grávida novamente.

Foi uma gravidez tranquila, sem intercorrências e altos e baixos, tudo acontecendo conforme planejado ate chegar aos 7 meses de gestação. Em um US de rotina foi dado o laudo de sofrimento do bebê, pouco liquido na bolsa e 3 circulares de pescoço e um encaminhamento direto para a maternidade. Maternidade o qual suspeitou de erro e quis confirmar o exame, que ao verificar se deparou com outra situação, não havia nada dito no laudo informado anterior, estava tudo bem. Tudo se passava de um encaminhamento para cesárea desnecessária.

Mas perante o desespero passado, não consegui mais me tranquilizar ate o final da gestação que se resumiu em visitas a maternidade a cada 2 dias para ter certeza de que nada estava acontecendo. Deus colocou anjos em forma de médicos para me acompanhar e me acalmar durante todo esse processo, ate o chegado dia. No dia 01 de junho de 2010 com 39 semanas e 2 dias entrei em trabalho de parto e após 8 horas em trabalho de parto ativo, já cansada e se negando a receber ocitocina para ajudar, fizemos uma cesárea. Minha segunda joia nasceu pesando 3,270 kg e 49 cm e mais uma vez meu sonho se realizou.

Hoje mãe de uma adolescente de 12 anos e de uma pequena de 4 anos, vivo me redescobrindo e descobrindo o mundo através delas. E gostaria de compartilhar um pouco da minha experiência e vivencia com vocês.

Sobre Marilia

Meu nome é Marilia
Mesquita

Meu nome é Marilia Mesquita, tenho 29 anos e sou mãe de dois príncipes, o Miguel de 6 anos e Vicente de 1 ano. Aos 13 anos, logo após minha primeira menstruação realizei vários exames de rotina e minha medica descobriu cistos em meus dois ovários e me disse que teria milhares de complicações no futuro em relação a fertilidade . Na época eu não entendia muito sobre essas coisas , era muito novinha para esse tipo de assunto e por um ano da minha vida foi consultas, exames ( as vezes dolorosos),remédios até que tudo passou! Com 15 anos os cistos tinham sumido.

Com 23 anos engravidei do Miguel, muito jovem e sem muita experiência, porém o amor que crescia em meu peito era imensurável. A cada movimento, a cada mudança em meu corpo, eu só conseguia amar ainda mais meu menino. No dia 18/09/2009 Miguel nasceu em um parto cesariana lindo com 40 semanas, o menino mais lindo que já vi em toda minha vida, medindo 51cm e pesando 3050 kg.

Foi difícil a tarefa de ser mãe, eu e meu noivo não morávamos juntos então 100% da responsabilidade era minha na maioria do tempo. Choro, cólicas, angustia e o tempo foi passando e logo voltei a trabalhar. Com 4 meses me vi longe do meu menino, o dia todo, saia as 7 da manha e voltava só às 7 da noite e muitas vezes ele já estava dormindo. Foi uma época bem complicada, me culpava muito e perdi muitos momentos como aprender a andar, primeiras palavras e as papinhas.

O tempo passou me casei, Miguel cresceu e após 5 anos o meu segundo positivo. Confesso que Vicente foi um susto planejado, pois sabia que a qualquer hora iria acontecer, mais quando aconteceu não foi fácil, demorei um tempo para assimilar as coisas e encarar uma nova realidade.

Vicente nasceu no dia 28/01/2015 após 24 horas de trabalho de parto com 41 semanas e 2 dias não consegui tê-lo de parto normal. Eu estava esgotada e ele fez “coco” e corremos para uma cesariana e assim ele estreou no mundo medindo 53 cm e pesando 3895 kgs.

Vicente é doce, meigo e muito sorridente, e a peça que faltava em nossas vidas. Após o nascimento dele sou mãe em período integral, sai do meu emprego para cuidar deles e poder estar presente em todos os momentos, tanto dele como do Miguel. Eu amo esse mundo da maternidade, amo ser mãe em período integral mesmo sabendo que nem sempre é uma tarefa fácil. Quero junto com vocês dividir as alegrias e também as dificuldades da maternidade em que vivo.

Newsletter popup => 22 sec delay