A dentição das crianças logo quando começam a cair e trocar pelos permanentes já se torna uma preocupação dos pais. Dentes tortos, encavalados, muito juntos ou espaçados, sempre vai surgir algum probleminha para incomodar o sorriso do seu filhote. Mas a maioria dos pais tem muitas dúvidas em relação ao tratamento ortodôntico em crianças e uma delas é quando é o mais indicado para iniciar o tratamento.

A maioria dos pais acredita que o momento certo é após trocar toda a dentição de leite, mas nem sempre é assim! O momento ideal para iniciar o tratamento ortodôntico em crianças é logo quando notado algum problema. As visitas regulares ao dentista iniciadas logo quando ocorrem o nascimento dos dentes faz com que o profissional acompanhe toda a evolução dentária e seu desenvolvimento, conseguindo detectar o inicio de problemas que podem já ser evitados e controlados no começo, antes que se agrave ainda mais.

O tratamento ortodôntico visa alinhar e endireitar os dentes e toda a arcada afim de não só proporcionar a beleza estética, mas dar qualidade de vida para o paciente. Já que problemas nos dentes podem gerar transtornos muito maiores assim como incômodos constantes como dores de cabeça devido a mastigação incorreta, noites mal dormidas e desgaste dos dentes. Ao contrário do que a maioria imagina, os dentes tortos não se trata de um problema hereditário e antes mesmo dos dentes iniciarem a troca já é possível observar o desenvolvimento deles.

Antes mesmo de a criança completar 6 anos de vida que é quando o desenvolvimento dentário esta a todo vapor já é possível examinar sua estrutura dental. Os dentes e seu crescimento são guiados pela língua, pelos lábios, pelas bochechas e também pela respiração, você sabia? E quando não funciona bem esse conjunto, a arcada acaba apresentando problemas inclusive no desenvolvimento ósseo da face e mandíbula.

Os Dentes do Meu Filho são Tortos – O que eu Faço?

Se seu filho já passa em consultas de rotina com um dentista, ele mesmo pode verificar o caso e se não for sua especialização indicar para um de sua confiança. O primeiro passo é procurar um especialista em ortodontia infantil que analisará a situação e indicará o melhor tratamento.

Vemos crianças cada vez menores utilizando aparelhos dentários e para que já utilizou sabe o quanto é desconfortante. Pensando nisso uma empresa australiana desenvolveu um corretor dental feito de silicone que permite crianças a partir dos 3 anos de idade utilizarem. O corretor dental visa impedir que o problema se agrave com o passar dos anos e a criança seja obrigada a usar o aparelho móvel ou fixo. O corretor dental de silicone é mais simples, não necessita de molde, são flexíveis e confortáveis e devem ser utilizados somente uma hora ao dia e durante o período do sono.

Para os maiores que não receberam o tratamento precocemente e já sofrem com o problema, será necessária após a consulta com o especialista fazer toda a documentação que indicará todos os problemas. Com a ajuda da documentação que consiste em raio x, fotos da parte interna da boca, exames de mordida e molde dentária, o ortodontista fará o acompanhamento e saberá o passo a passo do tratamento.

Se você já tem a ideia fixa de qual aparelho dentário seu filho irá utilizar, esqueça!! Cada tratamento é diferente do outro e cada quadro é necessário um tipo de acompanhamento. Algumas vezes o tratamento pode ser iniciado com o aparelho fixo em outras o aparelho móvel, e vice versa. Em outros casos será necessária a extração imediata ou somente contenções, por isso somente o especialista poderá avaliar e indicar o tratamento ideal. Antes de fechar com qualquer profissional, veja recomendações de outros pacientes e se possível passe com uma segunda opinião. Tratamentos ortodônticos são demorados, requer muita paciência e acima de tudo colaboração da criança para conseguir chegar ao final do trabalho com sucesso.

Veja Também: Dente Quebrado em Crianças – O que Fazer?

Fotos: Amanda Slater