O útero bicorno também nomeado como útero bicorne é uma má formação congênita no útero que se caracteriza por conter uma membrana que divide o útero em dois. Essa membrana pode ser pequena ou considerada completa dividindo totalmente o útero se tornando dois.

Essa má formação ocorre no útero ainda no seu processo de desenvolvimento e formação de órgãos do feto, ainda dentro da barriga da mãe. O útero considerado normal possui formato de uma pera de ponta cabeça e mede em torno de 7,5 cm X 5,0 cm e 2,5 cm de espessura, porém algumas mulheres possuem o útero em formatos diferentes.  São muitos os casos que mulheres passam a vida toda sem descobrir o fato, em outros até tiveram filhos sem saber que possuem certa anomalia. Por isso, o útero bicorno não necessariamente impossibilita a gravidez, ele pode oferecer certa dificuldade inclusive se segurar o bebê até os 9 meses de gestação, mas existe casos que é possível sim ter filhos, aliás, a grande maioria dos casos.

O útero bicorno ou o nome mais popular, útero com dois chifres devido a sua aparência dividida, é uma das anomalias mais comuns uterinas. Sua aparência é de um coração com uma fenda superior o que diminui o espaço uterino e para o crescimento de um bebê em desenvolvimento, por isso grande são os riscos de parto prematuro neste caso. Devido à sobrecarga do útero, o colo do útero pode começar a se abrir muito cedo e ser necessária uma cerclagem para segurar o bebê. O útero bicorno pode ter graus. A repartição das fendas podem ser mais ou menos invasiva. Também é possível que as partes divididas tenham tamanhos distintos, isso quer dizer, nem sempre são repartidos ao meio com 100% de precisão.

Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! Conheça minha história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Saiba mais!
Grávida após 4 anos!
"Após 4 anos encontrei a solução e engravidei! No vídeo conto a história e meu segredo." (Alyne, grávida de 4 meses)
Assistir agora!
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo
Dra. Andrea: Engravidar com FamiGel
"Secura vaginal complica a vida de quem quer engravidar. FamiGel solve esse problema" (Dra. Andrea Gomes - Ginecologista e Obstetra)
Saiba mais no vídeo

Existe Tratamento Para Útero Bicorno?

Para as tentantes que estão com dificuldade em engravidar, uma serie de exames pode ser solicitado por seu ginecologista para detectar qual o real problema e confirmar a anomalia no útero, inclusive através de um simples ultrassom pode ser determinado o problema. Mas exames específicos como a histerossalpingografia que é um exame de raio x com o uso de contraste pode determinar com mais precisão o problema. Nele também é possível determinar em qual parte do útero seria mais viável uma gestação acontecer e quais os riscos de acontecer aborto caso o embrião se aloje na parte menor do útero.

Outra forma de tratamento é através da laparoscopia, que através de um mínimo corte na cavidade abdominal é inserido um instrumento com nome laparoscopio que consegue transmitir a imagem para um monitor. Durante o procedimento é possível do medico já fazer a retirada de um septo que esteja impossibilitando a passagem. A retirada do septo deixará o útero com aspecto habitual e então, as chances de acontecer um aborto é muito menor.

O tratamento para útero bicorno só tem indicação cirúrgica quando impossibilita ou dificulta a gravidez. No entanto, como são casos isolados, o médico irá fazer uma análise profunda para saber qual caso deve ter maior atenção, ou aqueles que nem sempre precisarão de uma cirurgia. Já vi diversas mulheres portadoras de útero bicorno serem mães sem problema algum, basta um pouco de sorte e muita fé.

Veja Também: Gravidez com Útero Bicorno é Possivel

Foto: Servier Medical Art