Toda mulher ao se ver tão responsável e tão importante por um serzinho tão pequeno, tão dependente e frágil faz nascer instantaneamente uma super mãe. Toda mulher tem uma força escondida dentro de si, que pode combater todos os males, curar todos os machucados com beijos e espantar todos os bichos papões e essa força aparece assim que se torna mãe.

Quantas mulheres que batalharam tanto para crescer profissionalmente lutaram tanto para conseguir sua formação acadêmica com tanto esforço e quando engravidam, simplesmente deixam de lado toda essa batalha para viver o seu melhor sonho, de ser uma super mãe. Existem aqueles que não valorizam ou simplesmente acham loucura abdicar da vida pessoal em nome dos filhos, ainda mais que eles crescem tão depressa. Pois é, crescem tão depressa que será que não vale a pena abrir mão de tudo para viver esse momento?

A vida profissional fica em segundo plano ou ate mesmo se encontra formas de se adaptar para poder vivenciar a vida dos filhos e dessa forma, poder estar presente em todos os minutos da vida do pequeno, será que vale a pena? Cada sorriso, cada nova conquista é uma alegria nossa e estar perto acompanhando, mais valioso ainda. Deixar de lado as roupas de marca, os sapatos caríssimos para ser frequentadora da sessão infantil, será que vale a pena?

Deixar de fazer a viagem dos sonhos e de conhecer o mundo porque decidiu que sua principal conquista no momento é de ser mãe, que tudo vale ficar em segundo plano em nome desse desejo, desse chamado. Sim, ser mãe vai além de gerar e de parir, ser mãe é sentir as dores do filho, conhece-lo pelos gestos, pelo olhar. É ter que se preocupar com a própria vida e também com uma extensão fora de si, que nem sempre temos controle.Ser mãe é deixar de lado certos cuidados que achávamos tão importantes, abrir mão de desejos pelo simples sorriso deles. A super mãe não se importa com as marcas que a gravidez deixou no seu corpo, afinal elas são marcas da chegada do verdadeiro amor. Se antes tinha tanto tempo para se cuidar, passar horas no cabelereiro e na academia. Hoje não terá mais e o tempo será doado para ver seu pequeno sorrindo e se divertindo num mero balanço, gargalhando e sendo feliz e essa será sua maior alegria. Aquela mulher tímida, fechada hoje viraria uma leoa pelo seu pequeno, para desperta-la basta alguém ousar mexer com sua cria. Muitas se assustam com seu comportamento em certas situações, mas esse é o instinto da super mãe de lutar e defender sua cria com unhas e dentes.

Já na gravidez, nos sentimos as mulheres mais especiais do mundo, e, muitas das coisas que achávamos fundamentais na nossa vida, acabam sendo deixadas de lado. Alguns projetos serão deixados em segundo plano, àquela viagem tão sonhada já não é mais tão especial como antes e os passeios radicais também já não te interessam mais. Ao contrário disso, uma simples ultrassonografia irá tirar o seu sono e se tornar um dos melhores eventos da sua vida, pois você verá por alguns minutos o grande amor da sua vida e, isso lhe basta.

Ser mãe é algo arrebatador, intenso, transformador e sublime no melhor sentido que todas essas palavras podem ter e viramos super mãe de forma natural. Ser mãe é muito mais do que um titulo, do que uma obrigação. É ser o mais lindo exemplo, a maior professora, a melhor amiga, o espelho, a heroína que salva de todos os bichos papões, a conselheira e também o colo que servira para afagar e acariciar nas horas de tristeza.

Ser mãe é ser amor, é ser grata pelo ensinamento que teve e pelo que pode proporcionar. É ser grata por ser canal de tantas emoções e sentimentos em uma só vida, é ser grata por ser uma super mãe e ser feliz por essa oportunidade de Deus. Só não podemos esquecer mamães, que além de sermos super mãe temos que ser super mulheres também, não deixando de lado nossa vaidade e nossos cuidados. Normalmente a correria e a rotina enlouquecedora toma todo nosso tempo, fazendo que seja esquecida e deixada de lado a nossa auto estima.Se ame, se cuide e se valorize também, você feliz fará seus filhos ainda mais felizes, pode acreditar!

Veja Também: O Que é Ser Mãe – Confissões Que Toda Mulher Precisa Saber

Foto: Ollgα Mαríα, sean dreilinger, Herald Post