A varicela é uma das doenças consideradas bem comuns da infância e tem o nome popular de catapora. Causada por um vírus totalmente contagioso, ela pode ser contraída por qualquer pessoa que não tenha adquirido ainda a doença ou que não tenha recebido a vacinação.

Transmissão da Doença

Transmitida por gotículas de saliva ou de secreções nasais, tosses e espirros ou até mesmo pelo contato direto com outra pessoa infectada. O vírus pode entrar no organismo da criança atrás da conjuntiva dos olhos ou mucosa do trato respiratório.

O vírus se multiplica e se espalha através do sangue até chegar na pele e o período de encubação do vírus é de 10 a 21 dias. A época em que mais se multiplica a doença nas crianças é nos períodos frios de inverno. Devido a maior concentração de crianças em ambientes fechados e com pouca circulação de ar, permitindo a proliferação mais rápida da varicela.

Tratamento da Varicela

Ainda não foi desenvolvido nenhum tratamento que acaba definitivamente com a varicela. Os tratamentos indicados pelos especialistas são apenas para aliviar os sintomas e incômodos causados tão intensamente pela doença.

Após o diagnóstico da doença evite levar a criança em locais públicos evitando a proliferação da doença. É recomendado que a criança fique afastada da escola até que todos os sintomas desapareçam.

Normalmente os tratamentos indicados para controlar os sintomas são bem simples:

  • Antitérmico (dipirona ou paracetamol) para controlar a febre e a dor;
  • Anti alérgico oral e pomada antialérgica para aliviar a coceira;
  • Banhos com água morna;

Uma dica que deve ser levada em questão da alimentação, é evitar comer comidas muito salgadas e alimentos muito quentes para não aumentar o desconforto ocasionados pelas feridas que surgem também na parte interna da boca.

Não medique a criança sem prescrição medica e muito menos faça tratamentos por conta própria. O Ideal é após o diagnóstico do médico, ser seguido o tratamento correto evitando maiores complicações.

A coceira intensa se não controlada, pode permitir que o corpo fique completamente manchado e com cicatrizes onde estouraram as feridas. Evite que a criança arranque as casquinhas ou que coce com tanta intensidade.

Como Prevenir a Varicela?

A única forma de prevenção da varicela é através da vacina. A vacina é fornecida em duas doses e todas as crianças a partir de 1 ano de idade devem ser vacinadas e recebem essa vacina gratuitamente nos postos de saúde de todo Brasil.

A segunda dose da vacina de varicela não é indicada para gestantes, pessoas imunossupressoras ou que tenham recebido outro tipo de vacina nos últimos dias.

A vacina da varicela protege os casos mais graves da doença, mas pode acontecer de uma pessoa vacinada pegar o vírus. Normalmente pessoas já vacinadas que pegam a doença, apresentam sintomas mais leves e em poucas regiões, assim como a inexistência de quadro febril.

Familiares que convivem com a criança ou o adulto infectado, mesmo que já tenha tomado a vacina, tem 90% de chances de ser infectado se nunca teve a doença. A transmissão é iniciada após 48 horas da pessoa sentir os primeiros sintomas.

Sintomas Da Varicela

Normalmente os sintomas começam a surgir depois de 20 dias após o contato com a pessoa infectada. Inicialmente começam como uma irritação, coceira e cansaço intenso do corpo. Outros sintomas que podem ocorrer tanto com crianças como adultos são:

  • Falta de apetite;
  • Febre alta;
  • Manchas vermelhas por todo corpo;
  • Bolinhas com água de até 1cm que causam coceira intensa.

Geralmente essas bolinhas começam pelo abdômen e começam a se espalhar pelo corpo, rosto demais partes do corpo. O couro cabeludo é um dos alvos das manchas também, mas ocorerm com menor intensidade do que o restante do corpo.

Tudo é iniciado através de pequenas manchas, que em uma segunda etapa se transformam em bolhas cheias de líquido. As bolhas começam a estourar e criar pequenas feridas que viram casquinhas e somente após desaparecerem por completo, estará curado da varicela.

A duração da varicela é entre 1 a 2 semanas, porém depende da intensidade que cada pessoa adquire o vírus. Algumas pessoas têm lesões intensas e outras podem ser bem leves. Em casos mais graves, a varicela pode atingir as mucosas e área da genital.

Veja Também: Por Que Dar a Vacina Varicela?
Foto: ILJR